Connect with us

cinema

CRÍTICA – Alita: Anjo de Combate

Sob direção de Robert Rodriguez e produção de James Cameron, Alita tenta seguir o mangá e impressiona no visual.

Thalita Heiderich

Published

on

Em 2009 a computação no cinema deu um grande salto e chamou a atenção de todos com a estréia de Avatar, do diretor James Cameron (Titanic). Na época ele contou que já tinha o roteiro todo pronto, mas queria esperar a tecnologia se desenvolver para que o filme tivesse boa qualidade. Não contente com esse grande feito, James Cameron tinha outra carta na manga…

Alita é baseado em um mangá de 1993 que encantou o diretor, que logo comprou os direitos e deixou guardados até agora. Ele não foi responsável pela direção, ela fica por conta de Robert Rodriguez (Sin City, Planeta Terror, vários outros filmes maneiros), mas Cameron produz e o longa tem a cara dele.

Ele se passa num futuro distópico pós queda de civilização e conta a história de uma ciborgue encontrada em pedaços pelo Dr Dyson Ido (Christoph Waltz). Sem memórias de sua vida anterior… ela descobre na prática que tem habilidades raras de combate e tem instinto para batalhas.

O filme tem vários subplots que são carregados até quase o seu final mas o ponto principal é a formação da nova identidade de Alita, enquanto descobre segredos do Dr Ido, luta contra ladrões de peças robóticas, caçadores de recompensas e ainda pratica MotorBall.

Visualmente o filme é FANTÁSTICO. É possível ver cada poro do rosto da personagem e a atenção aos detalhes se destaca. Pra quem já conhecia a história, é ainda mais bonito. Existe um OVA (Original video animation – uma espécie de filme em animação que complementa ou reconta a história de mangás e animes) baseado na história do mangá e o filme tem MUITO do OVA e do mangá. Ele expande um pouco a história, mas se mantém preso aos pontos principais e ao design do universo.

É fato que o amante do universo oriental vai gostar muito mais do filme, ele tem cara de anime e não tenta disfarçar isso. Tem muita ação e por ter muita computação, as ações tem pouco corte.
Quanto ao roteiro, por ter muitos plots, parece que a história demora a andar de verdade, mas isso não chega a atrapalhar. Entra naquela questão de se parecer com um anime. Estamos falando de um filme que busca ser fiel ao conteúdo original.

O Elenco conta com nomes grandes como Mahershala Ali, Ed Skrein e Jennifer Connelly. Junto a eles temos Keean Johnson, par romântico da Alita. Mal apresentado, forçado e o personagem no Ova era mais interessante. Ouso dizer que a interação deles é a parte mais sem graça do filme. Last, but not least, Rosa Salazar dá voz e movimento para a personagem principal… e faz isso lindamente.

Sem mais delongas, Alita: Anjo de Combate merece seu ingresso, vai te animar e divertir. É uma boa pedida pra ver com amigos e te dá vontade de procurar o conteúdo original.

Alita: Anjo de Combate estréia dia 14 de fevereiro. Confira!

Alita: Anjo de Combate

8

Nota

8.0/10

Pros

  • Qualidade de Computação
  • Elenco conhecido e querido
  • Temática oriental bem utilizada

Cons

  • Muito plot ao mesmo tempo
  • Romance fraco

Carioca viciada em séries, filmes do drama ao terror gore. Rabiscadora de livros, nerd, míope e ouvinte de podcast com a cabeça na janela do ônibus.

Advertisement
Comments

cinema

Jim Carrey diz que só faria O Máskara 2 com um diretor “visionário”

Jim Carrey é um dos atores mais queridos dos últimos tempos, muito disso se deve ao seu icônico papel no filme O Mascara.

Edi

Published

on

By

Jim Carrey é um dos atores mais queridos dos últimos tempos, muito disso se deve ao seu icônico papel no filme O Máskara.

Agora, mais recentemente, Jim fará icônico vilão Robotnik no novo filme do Sonic e em uma entrevista ao site ComicBook.com o ator respondeu se voltaria a fazer o papel de Stanley Ipkiss.

“Eu não acho que em termos de sequências e coisas assim, quero dizer, este [ Sonic ] é meio certo para isso, porque ainda não desenvolvemos o personagem [Dr. Eggman] completamente”, admitiu Carrey. ” Acho que o máscara depende de um cineasta. Depende mesmo de um cineasta. Não quero fazer isso apenas para fazer. Mas só faria se fosse um visionário maluco cineasta. Claro.”

O O Máskara foi lançado originalmente nos cinemas há mais de 25 anos e fo o primeiro papel importante da co-estrela Cameron Diaz.

Ele acrescentou: “Gostaria que fosse outro filme de personagem sobre uma pessoa que lida com poder absoluto. Todo o tema O Máskara era que todos dizíamos o que faríamos se tivéssemos poder absoluto, assim como Stanley Ipkiss. Quando obtemos poder absoluto, geralmente recorremos aos esforços mais mesquinhos e isso supera nossa natureza humana de usar o poder para o bem”

O que acha de O Máskara 2?

Alita: Anjo de Combate

8

Nota

8.0/10

Pros

  • Qualidade de Computação
  • Elenco conhecido e querido
  • Temática oriental bem utilizada

Cons

  • Muito plot ao mesmo tempo
  • Romance fraco
Continue Reading

#OMG

Crítica: Modo Avião “passa uma mensagem de auto conhecimento “

Modo avião é um filme leve, romântico, engraçado, que tem seus momentos dramáticos, mas que acima de tudo passa uma mensagem de reconexão e auto conhecimento.

Mariana Franco

Published

on

Modo avião estrelado por Larissa Manoela estreou ontem (23) no catálogo da Netflix, o Cabana já assistiu e te conta tudo que você precisa saber antes de assistir.

A trama gira em torno de Ana e seu sério vício em celular e nas redes sociais. A garota é uma famosa Digital Influenciar que trabalha para Carola, dona de uma importante e influente empresa de moda e marketing digital, na qual Ana é a garota propaganda da marca juntamente com seu namorado Gil (Eike Duarte).

Ana posta tudo e cada coisa que ela faz, fala ou come durante 24 horas, 7 dias na semana, e depois da oitava batida de carro no mês por dirigir usando o celular, Ana é obrigada pela justiça a fazer um Detox digital total. Com isso, ela é enviada para a casa de seu avô Germano (Erasmo Carlos).

Um dos grandes pontos positivos do filme é sua ambientação, onde cada aspecto contribui para uma imersão muito bem feita: cenários, trilha sonora repleta de músicas nacionais e figurino deixam bem claro quando Ana está na cidade ou na fazenda. Você mergulha na história e se sente no corpo da protagonista.

Outro ponto bem explorado são os personagens secundários, que tem um bom tempo de tela e rapidamente conseguem o carinho do público, como Pedro (André Luis Franbach) que logo de cara se sente atraído pela garota vinda da cidade grande, ao contrário de sua irmã Júlia, a qual Ana tenta diversas vezes pegar o celular. Temos também Carola (Katiuscia Canoro) que se prova uma grande vilã.

Modo avião é um filme leve, romântico, engraçado, que tem seus momentos dramáticos, mas que acima de tudo passa uma mensagem de reconexão e auto conhecimento, nesses tempos onde nos preocupamos muito com a nossa aparência perante a sociedade quando deveríamos nos preocupar com a maneira que enxergamos a nós mesmos.

Modo Avião está disponível no catálogo da Netflix.

Alita: Anjo de Combate

8

Nota

8.0/10

Pros

  • Qualidade de Computação
  • Elenco conhecido e querido
  • Temática oriental bem utilizada

Cons

  • Muito plot ao mesmo tempo
  • Romance fraco
Continue Reading

cinema

DC e Puma criam um novo tênis inspirado no filme Aves de Rapina

Saem as primeiras imagens do novo tênis da Puma inspirado no filme Aves de Rapina.

Isadora Meneses

Published

on

Falta muito pouco para o lançamento do novo filme da DC e Warner, Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, e as empresas estão investindo fundo na divulgação do longa.

Com isso, a DC fechou uma parceria com a empresa Puma para a criação de um novo tênis edição especial inspirados nos looks da Arlequina em seu novo filme.

Na última quinta-feira, a ilustradora responsável pelo projeto, Jen Bartel, divulgou nas redes sociais as primeiras imagens desse novo produto. Além da caixa completamente estilizada, com o desenho da Margo Robbie como Arlequina, o tênis possui um cadarço inspirado nas faixas de isolamento da polícia, detalhes holográficos, furta cor e um pingente com o desenho do famoso martelo da personagem.

Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa chega aos cinemas no dia 6 de fevereiro.

Alita: Anjo de Combate

8

Nota

8.0/10

Pros

  • Qualidade de Computação
  • Elenco conhecido e querido
  • Temática oriental bem utilizada

Cons

  • Muito plot ao mesmo tempo
  • Romance fraco
Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido