Connect with us

cinema

Crítica – Bacurau “é o cinema brasileiro em sua essência”

Vencedor de Cannes, Bacurau, traz um cinema brasileiro clássico com temas atuais

Isadora Meneses

Published

on

“Bacurau”, filme dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, participou da 72.ª edição do Festival Cannes e levou o Prêmio do Juri. O filme é o cinema brasileiro em sua essência e, além de trazer Pernambuco para fazer parte das grandes produções do país, há um reapropriamento de imagens históricas do sertão.

Leia também a critica de Bacurau no CinePop.

O filme retrata uma cidade pequena, Bacurau, a oeste de Pernambuco e se passa num futuro próximo. A comunidade local vive em harmonia e tranquilidade até a morte de uma querida moradora local. Um acidente na estrada e quantidade de caixões que foram levados para a cidade pode ser visto como um sinal de mal presságio. Logo em seguida eventos estranhos como o sumiço da cidade do mapa e a morte de moradores causam um sentimento de estranheza no espectador, tudo é muito alheio e tenso. O clima de suspense está sempre presente, muito bem construído, e vai crescendo com o desenvolver da trama. Apesar disso, o filme retrata todos esses acontecimentos de forma crível e fascinante.

Há um político que menospreza a população e os trata como lixo. Finge preocupação com o povo apenas com o intuito de se reeleger. Surge um grupo de mercenários estrangeiros, no qual estão incluídos dois personagens sulistas (Karine Teles e Antonio Saboia), que se julgam melhores e mais “brancos” do que a população nordestina. São críticas mordazes com um toque de humor, mas que se mostram de grande importância, especialmente nos dias de hoje, quando grande parte do país fantasia sobre intolerância e segregação.

A direção conjunta nos ajuda a perceber a linha discursiva (estética e política) na qual o novo filme se encaixa. Bacurau é fruto direto tanto da ironia fina de Mendonça Filho quanto da perversidade física de Dornelles.

A estética do filme (enquadramento, planos detalhe, montagem, uso da música, etc) visto em Bacurau também esteve com Mendonça em seus Aquarius e O Som ao Redor, com a mesma força e qualidade alcançados. Isso, por si só, já caracteriza uma assinatura forte, mesmo com enredos tão distintos entre si.

Outro ponto importante é que em Bacurau o protagonismo não é mostrado como uma pessoa, mas está mesmo com a pequena localidade sertaneja; está com a identidade que ela carrega, diluída, logicamente, em todos os seus vários personagens.

Apesar de seus aspectos técnicos serem impecáveis, alguns trechos do roteiro apresentam cenas com contexto amplo demais, abrindo muito espaço para a imaginação do espectador sobre a motivação de certos atos dos personagens.

No terceiro ato, há algumas cenas mais violentas, com bastante sangue e que pode ser considerado por alguns como algo gore, que com certeza agradarão os fãs da violência dos filmes de Tarantino. Portanto, é um filme ótimo para quem gosta dos gêneros de ação e suspense, além de ser o típico filme que te diverte e faz pensar. 

“Bacurau”, filme brasileiro mais aguardado dos últimos tempos, chega nos cinemas oficialmente dia 29 de agosto.

Bacurau

9.5

Bacurau

9.5/10

Pros

  • Direção Impecável
  • Críticas atuais e bem construídas
  • Resgate da cultura brasileira
  • Fotografia e Arte

Cons

  • Contexto de cenas um pouco aberto demais
Advertisement
Comments

cinema

Antlers | Novo Longa de Del Toro ganha trailer final arrepiante

Longa foi baseado no no curta de terror The Quiet Boy

Daiane de Mário

Published

on

O filme de suspense Antlers, produzido por Guillermo del Toro (A Forma da Água) teve seu trailer final divulgado pela Fox Searchlight nessa terça (11), Confira:

O filme conta a história de um aluno misterioso e diferente que chega a um novo colégio e começa a causar problemas para a escola devido a seus problemas familiares. Uma das professores, interpretada por Keri Russell, começa a se interessar pelo menino.

O elenco conta com Graham Greene, Scott Haze, Rory Cochrane e Amy Madigan. Ao lado de del Toro, David S. Goyer (roteirista de “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”) e J. Miles Dale (A Forma da Água) estão à frente da produção. O roteiro é assinado por Nick Antosca (Hannibal) e Henry Chaisson (Open 24 Hours), com direção de Scott Cooper (Hostis“.

Antlers estreia em 17 de abril de 2020 nos EUA, ainda sem data no Brasil.

Bacurau

9.5

Bacurau

9.5/10

Pros

  • Direção Impecável
  • Críticas atuais e bem construídas
  • Resgate da cultura brasileira
  • Fotografia e Arte

Cons

  • Contexto de cenas um pouco aberto demais
Continue Reading

cinema

Aves de Rapina | Twitter lança emojis especiais do filme

Os emojis são específicos de cada personagem.

Daiane de Mário

Published

on

Aves de Rapina – Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa é o próximo filme que será lançado na lista da DC Films, e os fãs estão animados e curiosos para ver como a história irá se desenrolar nas telonas. O longa irá reunir algumas das personagens femininas mais queridas da DC Comics, e o primeiro trailer e pôsteres promocionais mostraram a energia colorida e elegante que virá com ele.

Em comemoração ao painel do filme na CCXP19, o Twitter lançou uma série de emojis especiais, que aparecem quando os fãs usam hashtags relacionadas ao filme. Isso inclui um martelo para Harleen Quinzel / Arlequina (Margot Robbie), uma besta para Helena Bertinelli / Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), um pássaro preto para Dinah Lance / Canário Negro (Jurnee Smollett-Bell), soco inglês para Renee Montoya (Rosie Perez) e um diamante para Cassandra Cain (Ella Jay Basco).

Com roteiro assinado por Christina Hodson (Transformers 6) e direção de Cathy Yan (Dead Pigs), o longa tem no elenco Mary Elizabeth Winstead (Scott Pilgrim Contra o Mundo), Jurnee Smollett-Bell (Underground) e Rosie Perez (Rise), que viverão respectivamente as heroínas Caçadora, Canário Negro e Renee Montoya. Ella Jay Basco (Grey’s Anatomy) fará o papel de Cassandra Cain e Ewan McGregor (Doutor Sono) será o vilão Máscara Negra. Já Chris Messina, de Objetos Cortantes, irá interpretar o serial killer Victor Zsasz.

Aves de Rapina chega aos cinemas brasileiros em 06 de fevereiro.

Bacurau

9.5

Bacurau

9.5/10

Pros

  • Direção Impecável
  • Críticas atuais e bem construídas
  • Resgate da cultura brasileira
  • Fotografia e Arte

Cons

  • Contexto de cenas um pouco aberto demais
Continue Reading

cinema

Aves de Rapina | Diretora revela que Tarantino a influenciou no longa

Em entrevista, diretora do longa revelou todas suas maiores influências e o que podemos esperar de Aves de Rapina

Daiane de Mário

Published

on

Pelo que vimos até agora nos trailers e ouvimos do elenco e da equipe nos últimos meses, Aves de Rapina será bem diferentes do filmes anteriores já lançados sob o selo da DC, tentando romper ao máximo com a fama já pré-estabelecida do seu antecessor, Esquadrão Suicida.

Parte disso pode ser apenas a classificação R, mas a diretora do longa, Cathy Yan, também foi influenciada por cineastas incrivelmente únicos, como Quentin Tarantino e Stanley Kubrick.

Ouvir que um filme é influenciado por Tarantino imediatamente faz você pensar que o filme será repleto de diálogos rápidos, linguagem pesada e muita violência exagerada. Aves de rapina certamente terá todas essas coisas, mas não são as únicas marcas da inspiração de Tarantino.

Durante uma entrevista no set de filmagens de Aves de Rapina, Yan conversou com os repórteres sobre os filmes e cineastas que influenciaram sua nova aventura.

“Claro. Sim, quero dizer, há muitas influências no filme”, ​​começou Yan. “Quero dizer, do jeito que falamos, a estrutura do filme era um pouco como Pulp Fiction conhece Rashomon. Portanto, é uma estrutura não convencional. Para mim, existem muitos dos meus cineastas favoritos que têm influências sobre este filme. Então Tarantino obviamente, O Profíessional de Luc Besson, com certeza, especialmente o relacionamento entre Harley e Cas “.

“Na verdade, temos alguns, acho que diria odes para certos filmes, atentem para isso”, continuou ela. “E também uma influência visual deLaranja Mecânica. E, como o Milk Bar, o Black Mask Club tem muito disso, as figuras femininas e então meio que reinterpretando, o Era dos anos 70.

Aves de Rapina chega aos cinemas em 6 de fevereiro de 2020.

Bacurau

9.5

Bacurau

9.5/10

Pros

  • Direção Impecável
  • Críticas atuais e bem construídas
  • Resgate da cultura brasileira
  • Fotografia e Arte

Cons

  • Contexto de cenas um pouco aberto demais
Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido