Connect with us

cinema

Crítica – Batman vs Superman: A Origem da Justiça Ultimate Edition “Me desculpa Zack Snyder”

Avatar

Published

on

Os demônios não vem do inferno abaixo de nós, pois nós próprios os criamos, assim podemos dizer para a Warner/DC, que ao decidir soltar uma Cut Edition nos cinemas, cheia de pequenos arcos que não se conectam organicamente dentro de uma grande trama, acabou sacramentando o, até então fracasso de críticas, que foi o longa que contava com o duelo entre os dois maiores heróis da Nona Arte, Batman e Superman.

Só que queriam os antigos e novos deuses que isso mudasse, pois a Warner ao disponibilizar a Ultimate Edition, viu a chuva de pesadas críticas negativas para com o longa e seu diretor, Zack Snyder, se transformarem em pedidos de desculpas, incluindo o próprio que aqui vos escreve. “Desculpa a gente, Snyder!

batman-vs-superman-comic-con-trailer-dawn-of-justice47.02-PM

A maioria dos problemas apresentados em sua versão inicial, como a continuidade das cenas, os vários núcleos que não se conectam, os pequenos arcos que não falam entre si devido ao excesso de cortes, tirando assim o telespectador da sua  experiência, são aqui nesta edição praticamente extinguidos, pois temos um filme que flui naturalmente e a sensação que existia de que realmente estava faltando cenas, como as de um quebra-cabeça incompleto, o que faz com que as mais de 3 horas de filme sejam muito mais prazerosas de se assistir, e que nos levantam o questionamento: Por que a Warner não disponibilizou esta versão nos cinemas?

Os dois primeiros atos são, sem sombra de dúvidas, o ponto alto desta edição e nos deixam sempre com um gostinho de quero mais, pois neles somos apresentados finalmente as reais e completas motivações da maioria dos personagens (tirando Lex Luthor JR que ainda é confuso e se perde em vários momentos do filme no meio de tantas frases de efeito e maneirismos) tornado-as assim muito mais criveis, nos aproximando e nos fazendo entender mais a quase psicopatia do Batman ou a eterna dúvida do fazendeiro do Kansas, Superman. O filme deixa de ser tão pretensioso e passa a não depender tanto de uma possível continuação ou da imaginação dos fãs para se criar um real motivo sobre algum um acontecimento em específico que foi onde ele mais havia pecado em sua Cut Edition.

batman v superman

Tudo isso faz cair por terra a falácia que se criou de que “Batman v Superman: A Origem da Justiça é um filme grande demais para mentes pequenas.”

Vir aqui falar da trilha sonora feita pelo Hans Zimmer, ou que Zack Snyder realmente  sabe trabalhar sua sonoplastia é chover no molhado, portanto não me apegarei a estes pontos, pois é de consenso geral que eles estão muito bons.

Mas como nem tudo são flores, esta versão ainda apresenta alguns problemas, e o principal deles é o terceiro ato, que quebra com muito do que os dois primeiros construíram, pois as motivações, que já foram citadas aqui neste texto, se perdem no meio de soluções escapistas de roteiro, que por mais que sejam interessantes (SAVE MARTHA!?!?) são preguiçosas e mal trabalhadas, e acabam estragando com o efeito esperado, terminando assim em mais uma batalha megalomaníaca e cheia de explosões, que se tornou tão clichê dentro dos filmes de heróis.

Batman v Superman: A Origem da Justiça  apresenta personagens que nos deixam querendo assistir e saber mais sobre eles em seus próximos filmes, mas que entre si no mesmo longa não entram em perfeita harmonia e culpa disso se dá ao fato de termos um universo expandido apressado da DC nos cinemas.

No mais, temos aqui a versão estendida de Batman v Superman: A Origem da Justiça, que como um segundo filme de um universo compartilhado é realmente ótima, mas que ainda deixa um pouco a desejar por se tratar do primeiro encontro da única possível Trindade dos quadrinhos nas telonas.

Revisado por: Bruna Vieira.

Prazer, Diego. Sou, apreciador de uma boa cerveja, eletricista em horário comercial e salvo o mundo como Calvo Vigilante depois das 20hrs. Vamos desbravar a nona arte juntos?

Advertisement
Comments

cinema

Resident Evil: Infinite Darkness | Netflix libera trailer de novo projeto

Parece que liberaram o trailer de um novo projeto de Resident Evil antes do tempo.

Avatar

Published

on

By

Parece que a Netflix Portugal deixou escapar um novo projeto de Resident Evil. Não, não parece ser aquele filme live action que está supostamente em andamento. Este parece ser um filme animado em CG ou série sobre alguns personagens familiares explorando uma casa assustadora. 

A conta do Twitter do braço português do gigante do streaming postou um trailer que mostra o nome: Resident Evil: Infinite Darkness.

Ao assistir ao trailer imediatamente é revelado alguns fatos atraentes sobre o que quer que seja Resident Evil: Infinite Darkness. Por um lado, parece que Claire Redfield retorna como a estrela desta série. Embora não haja diálogo para confirmar como tal, a personagem que os espectadores são apresentados usa sua jaqueta vermelha e rabo de cavalo. 

A segunda metade do trailer parece sugerir que Infinite Darkness vai se conectar com a história atual de Resident Evil 7 e 8.

Resident Evil: Infinite Darkness estreia em 2021.

Continue Reading

cinema

Mulher-Maravilha 1984 | Comercial de maquiagem traz cenas inéditas do filme

Mulher-Maravilha 1984 ganhou algumas novas imagens em um comercial de maquiagem.

Davi Alencar

Published

on

Um dos lançamentos mais aguardados de 2020 que vem sofrendo com diversos adiamentos, Mulher-Maravilha 1984, ganhou algumas novas imagens em um comercial de maquiagem.

A propaganda da marca Revlon destaca a qualidade do produto utilizado em set. Mas algumas das cenas eram inéditas até então. O teaser destaca bem a estética oitentista adotada pelo filme e ressalta o trabalho de Patty Jenkins na direção.Mulher-Maravilha 1984 traz Diana (Gal Gadot) de volta para enfrentar a enorme e mortal conspiração do empresário Max (Pedro Pascal). Junto disso, a heroína ainda terá de vencer a nova e misteriosa Mulher-Leopardo (Kristen Wiig). Será que ela pode deter o colapso mundial sozinha?

Bom, essa pergunta só será respondida em 24 de dezembro quando o filme chega nas telonas aqui do Brasil.

Continue Reading

cinema

Avatar 2 | Fotos do set mostram elenco humano do filme

A tão aguardada sequência de Avatar, começa a ganhar forma

Davi Alencar

Published

on

A tão aguardada sequência de Avatar, começa a ganhar forma. Depois de ter sido destronado pelo sucesso avassalador de Vingadores: Ultimato, James Cameron parece voltar com tudo com uma série de produções para os anos seguintes.

Avatar 2 está sendo gravado na Nova Zelândia e algumas fotos do set mostram o elenco humano junto de algumas batalhas militares.

O filme irá começar exatamente de onde seu predecessor parou. Com Jake (Sam Worthington) e Neytiri (Zoe Saldana) começando uma família em Pandora a ameaça humana chega mais uma vez para atacá-los. As fotos do set têm sido liberadas bem metodicamente para criar a antecipação para o filme.

Inclusive, essas fotos vem do Instagram de Jon Landau, produtor veterano vencedor do Oscar por Titanic. Até então as prévias só tinham se focado em captura de movimento e uma grande quantidade de trabalho debaixo d’água, mas agora voltaram para a terra firme.

O filme contará com novas estrelas no elenco. Edie Falco (CopLand) e Michelle Yeoh (Guardiões da Galáxia) serão dois novos humanos e Kate Winslet (Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças e Titanic) interpretará a nova Na’vi Ronal. Sigourney Weaver e Stephen Lang também são dois nomes que podem pipocar nas telas mesmo com a aparente morte de seus personagens no primeiro filme.

Depois de um breve atraso, Avatar 2 tem estreia marcada para 16 de novembro de 2022.

Continue Reading

Parceiros Editorias