Connect with us

cinema

Crítica – Ela disse, Ele disse “abusa do vocabulário dos jovens”

Adaptação do livro com o mesmo nome, filme mostra o cotidiano dos jovens na escola.

Mariana Franco

Published

on

Ela disse, ele disse é a mais nova adaptação do livro com o mesmo nome da autora Thalita Rebouças, e conta com Maísa vivendo sua primeira antagonista na adaptação.

O filme conta a história de Rosa (Duda Matte) e Léo (Marcus Bessa) logo que os dois entram em uma escola nova em pleno primeiro ano do colegial, enquanto Rosa se sente invisível e apavorada no primeiro dia, Léo já chega fazendo amizade com todo mundo super confiante.

Enquanto tudo isso acontece ainda temos Júlia (Maísa Silva) a típica garota popular da escola, mas que peca no quesito inteligencia, e que irá utilizar das mais variadas artimanhas para conquistar Léo, no entanto, a mensagem da personagem é muito bem passada para o espectador.

Como o filme se passa em um colégio com pessoas no auge da adolescência, ele abusa do vocabulário dos jovens e nesse quesito acerta em cheio o seu público alvo, mas não é nada que deixe as gerações anteriores sem entender do que está se tratando.

Uma das coisas mais interessantes do filme é a quebra da quarta parede, ou seja, haverão momentos que Léo e Rosa vão dividir o que estão pensando e sentindo apenas com o espectador, e essa interação acaba criando uma maior ligação entre o público e os personagens em questão.

Os personagens principais foram construídos de tal forma que não tem como você não se identificar com pelo menos um deles ou se enxergar em uma ou outra vivência que eles estão experimentando ali na telona, certamente alguém já foi o novato e passou pelos medos e inseguranças da adolescência.

Além do núcleo principal, outros personagens merecem sua atenção, a professora Fátima (Bianca Andrade) que personifica aquele professor ou professora que é gente boa e sempre vai em defesa dos seus alunos e Paloma (Fernanda Gentil) que é aquela clássica mãe de adolescente sempre querendo saber até demais que paga mico mas quando o negócio aperta é pro colo dela que a Rosa corre.

Quando o filme acaba fica bem claro qual mensagem ele quis passar, quando se é adolescente parece que qualquer coisa é o fim do mundo, uma briga, um beijo, uma nota baixa, mas acredite, não é, e o filme mostra claramente que nunca é tarde para mudar de opinião e de atitude tanto para os jovens como para os adultos.

Ela disse, Ele disse estreia dia 3 de outubro.

Ela disse, Ele disse

8

8.0/10

Pros

  • Linguagem adequada
  • trama leve e envolvente

Cons

  • Conflito final é resolvido muito rapidamente
Comments

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido