Connect with us

cinema

Crítica – It: Capítulo 2 é “um filme de terror completo”

A Coisa, a entidade que causou várias mortes na cidade de Derry. chega aos cinemas para o capítulo 2 dessa história.

Avatar

Published

on

Em 2017 nós conhecemos o Clube dos Otários, um grupo de 7 amigos que se uniu para lutar contra o ‘palhaço’ Pennywise, a entidade que causou várias mortes na cidade de Derry. Agora, em 2019, chega aos cinemas o segundo capítulo dessa história.

Baseado no famoso livro do ainda mais famoso autor Stephen King e dirigido por Andy Muschietti (que também já dirigiu Mama) It: Capítulo Dois é a verdadeira obra-prima do terror.

O termo acima é uma brincadeira minha, pois é o título do telefilme de 1990 que, na minha opinião, não é muito bom. Temos aqui um dos poucos casos em que não só o filme de um livro é muito bom… como o remake é melhor do que o original.

Li recentemente o livro que gerou essa história toda e, ao sair do cinema, minha sensação foi a de total satisfação. Mais uma vez temos ótimas atuações, aqui da versão adulta dos personagens. Apesar do casal principal ser Bill e Beverly (James McAvoy e Jessica Chastain), os adultos que roubam a cena são Richie (Bill Hader) e Eddie (James Ransone), claro, com aquela sempre honrosa menção a Bill Skarsgard como Pennywise.

O filme se inicia com uma cena descartada no telefilme, mas que abre o livro: um assassinato em particular, que desencadeia uma série de ligações para o grupo de amigos 27 anos após os incidentes visto no primeiro filme. A direção opta por transições e planos muito bonitos e estranhamente satisfatórios ao olhar para apresentar as ligações. Logo de início a qualidade do filme é perceptível.

O livro se mantém como grande base para a história, aqui mais organizada. Não é um ‘copia-cola’, mas sim um apanhado dos melhores acontecimentos junto com  adaptações cabíveis. Reparei em pensamentos de duas linhas se tornando cenas assustadores. A essência da história está ali e há muitas referências que só os leitores captarão, mas o roteiro é esperto em não torná-las primordiais pra história, permitindo assim agradar ao fã mais hardcore, mas sem menosprezar a pessoa que entrou por curiosidade no cinema.

Assista ao primeiro e preste atenção nesse. O tempo de duração é necessário, pois tem muita explicação. Não tem muito pra se cortar, apesar de umas cenas alongadas no segundo ato e podem ser consideradas barrigas, não tem descanso ou monotonia, tem sempre algo acontecendo na tela.

Um outro pequeno fator que pareceu incomodar só a mim foi a trilha sonora, que é muito fantasiosa. Senti que ela crescia em momentos em que não lhe cabia, me tirando um pouco da imersão. Ao conversar com outros críticos, as idéias não batiam. Pesquisando sobre Benjamin Wallfisch – o compositor em questão – me deparei com trabalhos como It: A Coisa, Blade Runner 2049 e Annabelle 2. Esses trabalhos são excelentes e sinto que preciso assistir mais uma vez pra dar forma à minha opinião.

Fora esse incômodo, acho que a outra única observação negativa que consigo fazer é ao personagem Ben Hanscon, interpretado por Jay Ryan (que já vi em umas duas séries muito ruins por aí). Ele é o ator adulto mais desconhecido e mais fraco, com algumas piadas que não colam, mas que acabam sendo irrelevantes para a história e, portanto, consigo desconsiderar.

As crianças são as grandes personagens, apesar de terem menos espaço de tela. It é um livro que se passa num grande espaço de tempo e sua adaptação precisava dar espaço aos adultos para se concluir. Ainda assim, pontua as crianças e deixa a essência delas prevalecer.

É um filme de terror completo, com roteiro, boas atuações, violência, gore, jumpscare, atmosfera, sombras e monstros. Trabalho ótimo do CGI, que pegou ainda mais pesado no terceiro ato e rendeu cenas SENSACIONAIS. É potencial de blockbuster num gênero normalmente desvalorizado.

Se você acha que essa história é uma piração total… lembre-se que o autor estava chapado o tempo inteiro quando o escreveu. E te garanto que está tudo enxugado para a sua compreensão, porque gente… o livro… é muito mais confuso e pirado.

Assista com os amigos, reveja sozinho, faça maratona, leiam o livro, cabaneiros!!! Essa obra merece a sua atenção e se você é fã de terror, vai valer muito a pena.

It: Capítulo Dois estréia dia 05 de setembro nos cinemas.

It: Capítulo 2

9

9.0/10

Pros

  • Tudinho
  • Boas atuações
  • História intensa
  • Ótimos monstros
  • Transições

Cons

  • Nadinha
  • leve barriguinha no segundo ato
  • não tem tanta criança quanto a gente queria

Carioca viciada em séries, filmes do drama ao terror gore. Rabiscadora de livros, nerd, míope e ouvinte de podcast com a cabeça na janela do ônibus.

Advertisement
Comments

cinema

Warner, Universal, Globo e outras empresas se posicionam contra o racismo

Gigantes do entretenimento deixaram suas mensagens de apoio ao movimento #VidasNegrasImportam

Avatar

Published

on

By

Os Estados Unidos estão enfrentando a maior crise da sua história, tudo porque de uma vez a economia, a saúde e a parte social estão literalmente entrando em colapso.

A parte de saúde e econômica ficam por conta do coronavirus e seus efeitos nestes dois setores e a parte social que já andava fragilizada agora ganha contornos raciais com o assassinato de George Floyd (um homem negro), por um policial branco.

Tendo em vista esta cenário, varias marcas estão se posicionando contra o racismo, entre elas Netflix Warner, Globo e outras: 

https://www.instagram.com/p/CA3cdpBgCoi/?igshid=1nuiufv671b1w

“‘Alguém tem que se levantar quando os outros estão sentados. Alguém tem que falar quando os outros estão quietos.’ – Bryan Stevenson. Estamos ao lado dos nossos colegas, talentos, contadores de histórias e fãs negros – todos afetados pela violência sem sentido. A voz de vocês  importa, a sua mensagem importa. Vidas negras importam.”

“‘Nem o amor, nem o terror cegam: a indiferença é o que cega.’ – James Baldwin. Nós estamos com os nossos colegas, funcionários, fãs, atores e contadores de histórias negros – e todos afetados por essa violência sem sentido. Vidas negras importam.”

View this post on Instagram

#BlackLivesMatter

A post shared by HBO (@hbo) on

“Estamos com nossos funcionários, colegas, parceiros e criadores negros, indignados com os atos de racismo. Vidas negras importam.”

Os protestos contra o racismo nos Estados Unidos continuam com manifestantes ontem tentando invadir a Casa Branca, a capital do país esta isolada. 

It: Capítulo 2

9

9.0/10

Pros

  • Tudinho
  • Boas atuações
  • História intensa
  • Ótimos monstros
  • Transições

Cons

  • Nadinha
  • leve barriguinha no segundo ato
  • não tem tanta criança quanto a gente queria
Continue Reading

cinema

Retorno de Henry Cavill como Superman é somente rumor

Apesar do interesse do estúdio no ator, não há negociações no momento.

Avatar

Published

on

A notícia que estava sendo celebrado pelos fãs durante a semana pode ter sido um mero “rumor”: de acordo com informações apuradas pelo The Hollywood Reporter, não há no momento nenhuma negociação entre Warner e Henry Cavill para que o ator reprise o papel de Superman nos cinemas.

Entretanto, o site informa de que os executivos do estúdios tem sim um interesse pelo retorno de Cavill, apesar de sua situação ser, nas palavras da publicação, “complicada”. Independentemente de que o rumor apontava que o novo acordo poderia fazer com que o personagem aparecesse em algum outro filme – como nas sequências de Shazam!, Aquaman ou Esquadrão Suicida, por exemplo – nenhum destes roteiros conta com o kryptoniano atualmente.

A situação é similar ao que ocorreu no ano passado, quando Cavill estava concretamente em negociações para fazer uma participação especial em Shazam!, o que acabou não ocorrendo graças à complicações nos ajustes do acordo. Assim, a cena em questão foi filmada apenas com o torso do Homem de Aço.

De qualquer maneira, vale ressaltar que o ator revelou o desejo de encerrar a trilogia iniciada com Batman vs Superman, inclusive expressando isso durante a live em que Zack Snyder anunciou seu corte de Liga da Justiça. Então aguardemos novas informações sobre o assunto em breve.

Liga da Justiça: Snyder Cut estreia em 2021 na HBO Max.

It: Capítulo 2

9

9.0/10

Pros

  • Tudinho
  • Boas atuações
  • História intensa
  • Ótimos monstros
  • Transições

Cons

  • Nadinha
  • leve barriguinha no segundo ato
  • não tem tanta criança quanto a gente queria
Continue Reading

cinema

Live-action de Borderlands terá Cate Blanchett como Lilith

Atriz de Thor Ragnarok se une com diretor de O Mistério do Relógio na Parede.

Avatar

Published

on

Agora é oficial: Cate Blanchett, de Thor Ragnarok, foi confirmada como a siren Lilith na adaptação cinematográfica do game Borderlands. A produção irá reunir mais uma a atriz com o diretor Eli Roth, que trabalharam juntos em O Mistério do Relógio na Parede.

Empolgado, Roth falou com o site Variety sobre a adição de Blanchett à produção:

“Acredito que não há nada que ela não possa fazer: do drama à comédia e agora ação, Cate faz cada cena cantar. Trabalhar com ela é um sonho de diretor virando realidade. Sei que, juntos, vamos criar outra personagem icônica para a carreira bem-sucedida dela.”

Na história, a personagem Lilith é uma das poucas mulheres da galáxia pertencentes a uma classe de “sereias” com poderes especiais, como a manipulação do tempo-espaço. No primeiro jogo, lançado em 2009, ela era uma das quatro personagens jogáveis. Entretanto, nos outros títulos da saga, a personagem voltou a aparecer, mas como não-jogável.

Com direção de Roth, a adaptação contará com roteiro de Craig Mazin, criador da minissérie Chernobyl e com produção de Avi Arad, responsável pelos primeiros filmes do Homem-Aranha.

Borderlands não tem data de lançamento previsto.

It: Capítulo 2

9

9.0/10

Pros

  • Tudinho
  • Boas atuações
  • História intensa
  • Ótimos monstros
  • Transições

Cons

  • Nadinha
  • leve barriguinha no segundo ato
  • não tem tanta criança quanto a gente queria
Continue Reading

Parceiros Editorias