Connect with us

séries

Crítica | “Jessica Jones 2” veio na hora certa!

Avatar

Published

on

A 2ª temporada de “Jessica Jones” estreou premeditadamente como uma forma genial de marketing, no dia 8 de março, o Dia Internacional da Mulher, e não poderia ter sido em um momento melhor. Justamente para criar uma identificação com o público feminino, mostra uma protagonista forte – não apenas no sentido literal – e, mais que isso, humanizada.

Jessica Jones está começando a recuperar sua vida após matar Kilgrave (David Tennant), que a fez ficar conhecida pela cidade como a assassina com super-poderes. Porém, um novo caso faz com ela cave mais fundo em seu passado, obrigando-a a entender quem ela realmente é.

Os novos episódios foram dirigidos por treze diretoras que fizeram um ótimo trabalho. A quantidade de episódios aqui, porém, se tornou um problema, gerando momentos maçantes ao não ir direto ao ponto e focar em elementos sem importância. Literalmente, enchendo linguiça. Felizmente, o enredo principal e os personagens incríveis que já conhecemos e as novas adições ao elenco superaram as partes entediantes da temporada.

Diferente da primeira temporada, que tivemos a presença ilustre do vilão Kilgrave, a segunda temporada não tem um vilão propriamente dito. O que a temporada traz são os demônios internos e problemas pessoais que os personagens precisam enfrentar como obstáculo.

Primeiro, é claro, tem a Jessica. Da temporada anterior até aqui, ela aprendeu a lidar com certos problemas e encarar de frente certas situações. Mas quando seu passado a confronta, fica claro que a protagonista ainda tem muito a trabalhar para superar todas as suas tormentas. E, finalmente, o espectador entende as circunstancias da vida de Jessica que fizeram ser quem ela é.

O segundo destaque vai para o Malcolm (Eka Darville). Ele começou como um drogado sendo manipulado por Kilgrave para espionar Jessica e teve o maior crescimento de personagem da temporada. No início como assistente de Jessica, ele deu a volta por cima e encontrou um rumo para seguir em sua vida. Depois, vem Trish Walker (Rachael Taylor). Determinada a desenterrar o passado de Jessica para esclarecer a história de uma vez por todas, ela tem seus problemas e próprias inseguranças para lidar, levando-a a seguir caminhos perigosos para conseguir o que tanto almeja. Além disso, sua mãe Dorothy Walker está presente para infernizar sua vida, o que agrega à temporada uma dinâmica interessante entre mãe e filha.

O destaque negativo vai para Jeri Hogarth, interpretada pela Carrie-Anne Moss. Logo no começo, ela descobre estar doente e mesmo com a atuação impecável, a história parece ter sido jogada de qualquer forma e todas as vezes em que ela aparece na tela, é difícil para o espectador se conectar com a personagem.

Novamente, a série volta a abordar temas atuais relevantes como imigração, abusos não só em relacionamentos amorosos, mas em relações familiares e problemas psicológicos, fazendo com que Jessica Jones vá além da temática de super-heróis, ganhando pontos pela humanidade colocada nos personagens e criando uma identificação positiva com o espectador.

Em suma, 2ª temporada de “Jessica Jones” não supera a anterior, mas não fica muito para trás. O final da temporada deixa em aberto possibilidades para um terceiro ano, que corrigindo os erros cometidos nessas duas temporadas, tem potencial para alcançar o nível de qualidade visto em Demolidor, a melhor produção da Marvel/Netflix até agora.

A 2ª temporada de “Jessica Jones” já está disponível na Netflix.

Jessica Jones 2

0.00
8.1

Roteiro

8.0/10

Direção

8.5/10

Efeitos Visuais

7.0/10

Atuação

9.0/10

Estudante de Jornalismo, apaixonada por escrever, maratonar séries e ouvir música. Caçadora de monstros com Sam e Dean nas horas vagas.

Advertisement
Comments

séries

Raised by Wolves, série produzida por Ridley Scott, tem trailer revelado

Produção sci-fi chegará em setembro no HBO Max.

Avatar

Published

on

O HBO Max liberou nesta quarta (05) o primeiro trailer de Raised by Wolves, série de ficção científica produzida por Ridley Scott (Alien; Blade Runner). Confira a prévia:

A trama irá mostrar dois androides encarregados de criar filhos humanos em um planeta isolado. Uma vez que a crescente colônia humana ameaça ser massacrada por diferenças religiosas, os androides aprendem que controlar as crenças dos seres humanos é uma tarefa traiçoeira e difícil.

Com dez episódios em sua primeira temporada – ainda sem previsão de lançamento no Brasil – a série conta com Amanda Collin (Guerreiro da Escuridão) e Abubakar Salim (Jamestown) no papel dos androides. Travis Fimmel (de Vikings) também estrela a produção criada por Aaron Guzikowski, mais conhecido por escrever Os Suspeitos (2013).

Além da produção executiva, Ridley irá comandar os dois primeiros capítulos da atração. Luke Scott, filho do cineasta, assina três outros. O brasileiro Alex Gabassi (The ABC Murders) também está entre os diretores responsáveis pelo seriado.

Raised by Wolves estreia dia 3 de setembro no HBO Max.

Jessica Jones 2

0.00
8.1

Roteiro

8.0/10

Direção

8.5/10

Efeitos Visuais

7.0/10

Atuação

9.0/10
Continue Reading

cinema

Disney+ chega à América Latina em novembro, incluindo o Brasil

Executivo revelou mais detalhes do lançamento da plataforma.

Avatar

Published

on

Depois de meses de rumores, a Disney enfim revelou quando o Disney+ – seu serviço de streaming – chegará à América Latina, incluindo o território brasileiro.

De acordo com a LABS, em reunião que detalha os ganhos da empresa durante o ano fiscal, o executivo Bob Chapek – CEO da empresa – confirmou que a plataforma será lançada no continente sul-americano em novembro de 2020.

Em menos de um ano de disponibilidade, a Disney+ alcançou o impressionante número de 57,5 milhões de usuários – somente 2,5 milhões a menos que o objetivo traçado pelo estúdio para 2024.

Apesar dos desafios impostos pela pandemia, seguimos crescendo com o incrível sucesso da Disney+“, disse Chapek. “O alcance mundial de nosso portfólio de serviços ‘direto ao consumidor’ agora passa dos 100 milhões (contando assinantes da Hulu e da ESPN+), uma marca significativa e comprovação da nossa estratégia DTC, que vemos como o futuro do crescimento da empresa“.

A plataforma, além de contar com diversos conteúdos clássicos da história da Disney, conta em seu catálogo com títulos originais como as séries The MandalorianO Falcão e o Soldado InvernalWandaVision e longas como A Dama e O Vagabundo e Noelle, além de se tornar uma alternativa para lançamentos afetados pelo COVID-19, como Artemis Fowl e Mulan.

Jessica Jones 2

0.00
8.1

Roteiro

8.0/10

Direção

8.5/10

Efeitos Visuais

7.0/10

Atuação

9.0/10
Continue Reading

séries

Segundo ano de The Boys ganha trailer sangrento

Nova temporada estreia em setembro no Amazon Prime Video.

Avatar

Published

on

O Amazon Prime Video liberou esta semana o trailer da segunda temporada de The Boys, apresentando cenas inéditas e sangrentas. Confira a prévia:

A série, que se tornou a mais vista da plataforma na sua temporada de estreia, chega no seu segundo ano ainda mais intensa e insana. Os chamados The Boys encontram-se foragidos da justiça, procurados pelos Supers e tentando, desesperadamente, reagrupar e lutar contra a Vought. Escondidos, Hughie (Jack Quaid), Mother’s Milk (Laz Alonso), Frenchie (Tomer Capon) e Kimiko (Karen Fukuhara) tentam se ajustar a uma nova realidade, enquanto que Billy Butcher (Karl Urban) continua desaparecido.

Ao mesmo tempo, Starlight (Erin Moriarty) procura encontrar seu lugar no grupo The Seven, enquanto Homelander (Antony Starr) se concentra para assumir o controle total. Seu poder está ameaçado com a chegada de Stormfront (Aya Cash), uma nova Super especialista em mídia social, que tem planos próprios. Além disso, a ameaça do supervilão toma o centro das atenções e faz barulho enquanto Vought tenta monetizar em cima da paranoia da nação.

Inspirado na HQ criada por Garth Ennis e Darick Robertson, The Boys mostra como seres superpoderosos agiriam no mundo real, satirizando equipes de outras editoras como Liga da Justiça.

O 2º ano de The Boys estreia em 4 de setembro no Amazon Prime Video.

Jessica Jones 2

0.00
8.1

Roteiro

8.0/10

Direção

8.5/10

Efeitos Visuais

7.0/10

Atuação

9.0/10
Continue Reading

Parceiros Editorias