Connect with us

séries

Crítica | O Justiceiro “A série vai muito além do que você espera!” – Sem Spoilers

Avatar

Published

on

Falta pouco para estreia de O Justiceiro na Netflix e, com isso, vem a felicidade de saber que, finalmente, o Anti-Herói Frank Castle vai ganhar uma série que mostra de verdade quem é o personagem que amamos.

Mesmo sabendo que a série tem um visual sombrio, é normal os fãs ficarem com medo de uma coisa, que essa seja uma série teen. Eu mesmo fiquei com medo disso antes de assistir a série, mas depois de assistir eu percebi que ela de fato faz um bom uso da classificação de 18 anos na Netflix e mostra muito mais o tom sombrio que esperamos de uma série onde tem Frank Castle como protagonista.

Essa é, sem sombras de duvidas, a melhor adaptação do personagem. Desde sua aparição na segunda temporada de Demolidor, eu nunca vi um personagem ser tão amado a esse ponto! E logo depois disso, os fãs começaram a pedir sua série solo o mais rápido o possível. E esse grande apelo e carinho dos fãs trouxe a nós uma das melhores séries deste ano, se não a melhor!

Podemos ver que a Netflix tratou essa série como um filho muito especial. O que vemos em Justiceiro é um roteiro perfeitamente trabalhado e focado, coisa que ficou um pouco a desejar nas últimas séries do universo Marvel&Netflix. Parece que a Netflix aprendeu com seus erros, e decidiu reparar eles em Justiceiro, deixando o roteiro simples e incrível! Exatamente como se espera de uma história deste amado Anti-Herói.

A história da série nos mostra muito além do esperado! Ela trata de grandes temas como o controle de armas nos Estados Unidos, o que as grandes agencias americanas como CIA e FBI escondem do povo e o que são capazes de fazer para manter o que fazem debaixo dos panos. E, também, nos revela coisas do passado de Frank que simplesmente me deixaram sem folego! A série nos mostra tudo o que queremos de uma série do Justiceiro e mais um pouco! Isso me fez assistir todos os episódios sem perceber, e quando finalmente cheguei no último eu pedi por mais urgentemente! A história vai te prender na tela a ponto de você só querer levantar do sofá quando terminar de assistir todos os treze episódios. Então, preparem a pipoca e o refrigerante, e também não esqueçam de ir no banheiro antes, porque vocês vão passar muito tempo junto com Frank Castle!

Outro ponto que deixou essa série incrível é a atuação do elenco da série! Todos estão de parabéns pela ótima atuação, mas quem teve um destaque especial foi Jon Bernthal, responsável por dar vida ao nosso querido Justiceiro. De todos que já deram vida ao personagem anteriormente, esse é o melhor pois conseguiu mostrar o que o Justiceiro é de verdade, uma pessoa sofrida que busca por justiça!

Justiceiro está chegando para mostrar que a Netflix pode fazer algo realmente sombrio, algo que vai te fazer ficara arrepiado, surpreso e, especialmente, com medo!

Justiceiro está chegando com seu dedo de matar vagabundo! Mas a questão agora é: você está preparado para quando ele chegar?

O Justiceiro estreia dia 17 de novembro de 2017 na Netflix.

https://www.youtube.com/watch?v=6m3DvnsSxt8

Advertisement
Comments

séries

Love, Victor tem segunda temporada oficializada

Sucesso de audiência na plataforma Hulu, série é baseada no filme ‘Com Amor, Simon’

Avatar

Published

on

Era questão de tempo, mas enfim o serviço de streaming Hulu anunciou nesta sexta (07) que a série Love, Victor terá uma segunda temporada. O anúncio foi feito nas redes sociais da produção. Confira:

https://www.instagram.com/p/CDmIBVZJ20H/

Sucesso de audiência e crítica em seu primeiro ano, a trama se passa no mesmo universo que o longa Com Amor, Simon e segue a história de Victor Salazar (Michael Cimino), um estudante de origem latina recém-chegado à cidade – e à mesma escola que Simon (Nick Robertson) e que precisará da ajuda do protagonista do filme original para se adaptar. Ambas produções são baseadas no livro Simon vs. A Agenda Homo Sapiens, de Becky Albertalli.

O Cabana do Leitor já assistiu o primeiro ano da série.
CLIQUE AQUI e confira o nosso review completo.

Um ponto que diferencia a série do longa de 2018 é a jornada de Victor, que não tem a família tão ‘mente-aberta’ quanto a de Simon e enquanto o protagonista do filme tinha que lidar apenas com “sair do armário”, ele ainda precisa descobrir como ele mesmo se identifica.

Segundo o showrunner Brian Tanen, no novo ano a série irá ser mais ousada, uma vez que será produzida totalmente pelo Hulu. Originalmente, o projeto seria lançado no Disney+. “Para mim, é uma vitória gigantesca que estamos no Hulu a partir de agora. Isso amplia nossa capacidade de contar histórias mais adultas”, revela o produtor.

A primeira temporada conta com 10 episódios e ainda não tem previsão de lançamento oficial no Brasil. Criada por Isaac Aptaker e Elizabeth Berger, o seriado tem em seu elenco nomes como  Ana Ortiz, James Martinez, Isabella Ferreira, Mateo Fernandez, Rachel Naomi Hilson, Bebe Wood, George Sear, Anthony Turpel e Mason Gooding. Robertson, intérprete de Simon, é um dos produtores da atração e faz a narração da história, além de fazer uma participação na série ao lado de Keiynan Lonsdale, que interpretou o personagem Bram Greenfield no filme lançado em 2018.

O 2º ano de Love, Victor não tem data de estreia definida.

Continue Reading

séries

Raised by Wolves, série produzida por Ridley Scott, tem trailer revelado

Produção sci-fi chegará em setembro no HBO Max.

Avatar

Published

on

O HBO Max liberou nesta quarta (05) o primeiro trailer de Raised by Wolves, série de ficção científica produzida por Ridley Scott (Alien; Blade Runner). Confira a prévia:

A trama irá mostrar dois androides encarregados de criar filhos humanos em um planeta isolado. Uma vez que a crescente colônia humana ameaça ser massacrada por diferenças religiosas, os androides aprendem que controlar as crenças dos seres humanos é uma tarefa traiçoeira e difícil.

Com dez episódios em sua primeira temporada – ainda sem previsão de lançamento no Brasil – a série conta com Amanda Collin (Guerreiro da Escuridão) e Abubakar Salim (Jamestown) no papel dos androides. Travis Fimmel (de Vikings) também estrela a produção criada por Aaron Guzikowski, mais conhecido por escrever Os Suspeitos (2013).

Além da produção executiva, Ridley irá comandar os dois primeiros capítulos da atração. Luke Scott, filho do cineasta, assina três outros. O brasileiro Alex Gabassi (The ABC Murders) também está entre os diretores responsáveis pelo seriado.

Raised by Wolves estreia dia 3 de setembro no HBO Max.

Continue Reading

cinema

Disney+ chega à América Latina em novembro, incluindo o Brasil

Executivo revelou mais detalhes do lançamento da plataforma.

Avatar

Published

on

Depois de meses de rumores, a Disney enfim revelou quando o Disney+ – seu serviço de streaming – chegará à América Latina, incluindo o território brasileiro.

De acordo com a LABS, em reunião que detalha os ganhos da empresa durante o ano fiscal, o executivo Bob Chapek – CEO da empresa – confirmou que a plataforma será lançada no continente sul-americano em novembro de 2020.

Em menos de um ano de disponibilidade, a Disney+ alcançou o impressionante número de 57,5 milhões de usuários – somente 2,5 milhões a menos que o objetivo traçado pelo estúdio para 2024.

Apesar dos desafios impostos pela pandemia, seguimos crescendo com o incrível sucesso da Disney+“, disse Chapek. “O alcance mundial de nosso portfólio de serviços ‘direto ao consumidor’ agora passa dos 100 milhões (contando assinantes da Hulu e da ESPN+), uma marca significativa e comprovação da nossa estratégia DTC, que vemos como o futuro do crescimento da empresa“.

A plataforma, além de contar com diversos conteúdos clássicos da história da Disney, conta em seu catálogo com títulos originais como as séries The MandalorianO Falcão e o Soldado InvernalWandaVision e longas como A Dama e O Vagabundo e Noelle, além de se tornar uma alternativa para lançamentos afetados pelo COVID-19, como Artemis Fowl e Mulan.

Continue Reading

Parceiros Editorias