Connect with us

cinema

Crítica – Pokémon: Detetive Pikachu “Temos que pagar, vale a pena”

Avatar

Published

on

O Live-action, detetive Pikachu, tão esperado nesse mês de Maio, vai levar a nostalgia para todos os fãs de Pokémon.

Pokémon já tem uma longa trajetória desde seu surgimento, criado por Satoshi Tajiri e dirigido por Kunihiko Yuyama, o desenho japonês conseguiu conquistar os anos 90, trazendo uma animação carregada de criatividade, apresentando um universo excêntrico com inúmeros Pokémons, de todos os formatos, nomes e tamanhos, que habitavam a terra, juntamente com os seres humanos.

O anime, que têm mais de 20 anos, teve sua inspiração no videojogo criado no Japão que teve o nome “Pocket Monster”,mas conseguiu se expandir além dos games e jogos do Nintendo, inclusive, sua última grande febre foi com o aplicativo Pokémon Go, onde seus usuários conseguiam ter uma maior interação com o universo e ter seus prórpios pokémons virtual.

O filme vai girar em torno dos dois protagonista Tim (Justice Smith) e Pikachu. Ambos estão em busca de respostas pelo desaparecimento do detetive Harry Goodman (Paul Kitson) pai de Tim. Pikachu é um Pokémon decidido a também se tornar um detetive, e juntos eles percorrem as ruas de neon da metrópole de Ryme City, onde humanos e Pokémon vivem em harmonia.

O enredo vai trazer toda essa saudade idealizada para todos que acompanharam e vivenciaram o universo.  Logo no ínicio, ele tenta mostrar essa união pacifica entre os humanos e os Pokémons, além de satisfazer os fãs mostrando o processo de uma caçada Pokémon. Entretanto, os primeiros minutos do filme podem não prender tanto o expectador, mas as cenas começam a melhorar após a entrada triunfal de Pikachu.

Pikachu, um dos mascotes mais famosos, obviamente, tem grande aparição em quase todas as cenas. Seu personagem foi adaptado para uma forma bem humanizada, com chapéu de caçador, humor de comediante, misturado com frases irônicas, e vício em cafeína. Nesse ponto, é positivo informar que não vai faltar humor na história. Por outro lado, algo que pode ser negativo é que, dependendo de quem assiste, em alguns momentos podemos ter a impressão de que Pikachu é somente um ursinho peludo, muita semelhante a aquelas coleções de ursinhos que muitos fãs deveriam ter guardadas, que ganhou vida de uma forma estranha e agora fala sem parar.

Os personagens conseguem levar a história muito bem nas cenas de investigação, tentando mostrar e liberar aquela sensação de detetive, onde ninguém confia em ninguém, mas não deixa de se perguntar: o que aconteceu com Harry?, por que e para quê? As respostas serão mais do que inesperadas.

Algo desfavorável são as cenas emotivas envolvendo os protagonistas, elas podem parecem um pouco forçadas e o nível de interação deles não é o mesmo como nas outras cenas.

O cenário do filme lembra muito as construções de cidades asiáticas, como os comércios onde tem muita informação em uma única cena, semelhantes aos filmes vistos em telonas a fora, além de um misto da Times square (Nova York), com vários letreiros.

Também temos a aparição de inúmeros Pokémons, alguns bem conhecidos e outros não, essas cenas são para fãs mesmo, cheia de nostalgia! Elas conseguem fazer a fusão das lembranças de infância da animação, com o desejo que todos tinham do “como seria se fosse real?” e a ficção. É único.

O enredo é simples e bem elaborado, conseguindo fazer uma boa construção de cenas e reviravoltas durante a história, todo fã precisa assistir!

Detetive Pikachu estreia dia 9 nos cinemas!



Pokémon: Detetive Pikachu

8.7

Nota

8.7/10

Pros

  • A interação dos personagens nas cenas de investigação são muito boas
  • Pikachu mais humanizado e humorado deixa o filme divertido e leve

Cons

  • A interação emocional dos protagonista não foi legal, nem quando envolvia a garota, pra mim não desceu muito
  • Acho que poderia ter sido um enredo sem colocar essa parte de paquera, mesmo que inclusive a garota

Bióloga - UFSCar. 26 anos. Apaixonada pelo mundo Nerd. Se perde em páginas de livros. Busca sempre o empoderamentos das Mulheres, e lutar contra todos tipo de exclusão racial e social.

Advertisement
Comments

cinema

Mark Millar compara Bolsonaro a Immortan Joe

Avatar

Published

on

By

O famoso escritor de quadrinhos Mark Millar comparou Bolsonaro a Immortan Joe do filme Mad Max.

O escritor fez a comparação no Twitter:

O personagem de Mad Max interpretado por Hugh Keays-Byrne era machista, trapaceiro, líder de um grupo de fanáticos religiosos e políticos, e possuía liderança com outros líderes da região.

Bolsonaro enfrenta críticas generalizadas no âmbito político e dos profissionais de saúde quando pede o fim do isolamento para que a economia não seja afetada pelo coronavírus.

Mark Millar tem um contrato ativo com a Netflix e também foi o autor de vários quadrinhos de sucesso como Guerra Civil da Marvel.

Pokémon: Detetive Pikachu

8.7

Nota


8.7/10

Pros

  • A interação dos personagens nas cenas de investigação são muito boas
  • Pikachu mais humanizado e humorado deixa o filme divertido e leve

Cons

  • A interação emocional dos protagonista não foi legal, nem quando envolvia a garota, pra mim não desceu muito
  • Acho que poderia ter sido um enredo sem colocar essa parte de paquera, mesmo que inclusive a garota


Continue Reading

cinema

Aves de Rapina chega amanhã às plataformas digitais para compra

Daiane de Mário

Published

on

O filme “Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa” estará disponível para a compra digital a partir do dia 26 de março para os assinantes das plataformas Google Play e Apple TV. A chegada do longa-metragem trará ainda mais ação para o catálogo de filmes da Warner Bros. Home Entertainment.

O filme, baseado nas personagens de história em Quadrinhos da DC, foi dirigido por Cathy Yan (“Dead Pigs”) e partindo do roteiro de Christina Hodson (“Bumblebee”).

Além da protagonista Arlequina interpretada por Margot Robbie o filme tem elenco de peso: Mary Elizabeth Winstead (“Rua Cloverfield, 10”) como Caçadora, Jurnee Smollett-Bell (“True Blood”) como Canário Negro, Rosie Perez (“A Escolha Perfeita 2”) como Renee Montoya, Chris Messina (“Argo”) como Victor Zsasz e Ewan McGregor (“Doutor Sono”) como o Super-Vilão da DC Roman Sionis/Máscara Negra. A novata Ella Jay Basco também estrela como Cassandra “Cass” Cain em sua estreia no cinema. A produção é de Robbie, Bryan Unkeless e Sue Kroll.

No dia 02 de abril o longa-metragem também estará disponível para o aluguel digital nas principais plataformas como Claro, Sky e Vivo Play.

Pokémon: Detetive Pikachu

8.7

Nota

8.7/10

Pros

  • A interação dos personagens nas cenas de investigação são muito boas
  • Pikachu mais humanizado e humorado deixa o filme divertido e leve

Cons

  • A interação emocional dos protagonista não foi legal, nem quando envolvia a garota, pra mim não desceu muito
  • Acho que poderia ter sido um enredo sem colocar essa parte de paquera, mesmo que inclusive a garota
Continue Reading

cinema

Mulher-Maravilha 1984 tem sua estreia adiada nos cinemas

Daiane de Mário

Published

on

A Warner Bros. Pictures anuncia a nova data de estreia do aguardado longa Mulher-Maravilha 1984, que chega aos cinemas do Brasil no dia 13 de agosto. A diretora Patty Jenkins e a protagonista Gal Gadot divulgaram a data em suas redes sociais, juntamente com nova arte do filme:

Sobre o filme:
Avançando para a década de 1980, a próxima aventura da Mulher-Maravilha nos cinemas a coloca frente a dois novos inimigos: Max Lord e Mulher-Leopardo.

Com a diretora Patty Jenkins de volta ao comando e Gal Gadot no papel-título, Mulher-Maravilha 1984, da Warner Bros. Pictures, é a sequência da estreia da super-heroína da DC como protagonista nas telas de cinema com o filme “Mulher-Maravilha”, que em 2017 quebrou recordes e arrecadou US﹩ 822 milhões nas bilheterias mundiais. O filme também tem em seu elenco Chris Pine como Steve Trevor, Kristen Wiig como Mulher-Leopardo, Pedro Pascal como Max Lord, Robin Wright como Antíope e Connie Nielsen como Hipólita.

Charles Roven, Deborah Snyder, Zack Snyder, Patty Jenkins, Gal Gadot e Stephen Jones produzem o filme. Rebecca Steel Roven Oakley, Richard Suckle, Marianne Jenkins, Geoff Johns, Walter Hamada, Chantal Nong Vo e Wesley Coller são os produtores-executivos.

A Warner Bros. Pictures apresenta uma produção da Atlas Entertainment/Stone Quarry, um filme de Patty Jenkins, Mulher-Maravilha 1984.

Mulher-Maravilha 1984 chega aos cinemas do Brasil no dia 13 de agosto

Pokémon: Detetive Pikachu

8.7

Nota

8.7/10

Pros

  • A interação dos personagens nas cenas de investigação são muito boas
  • Pikachu mais humanizado e humorado deixa o filme divertido e leve

Cons

  • A interação emocional dos protagonista não foi legal, nem quando envolvia a garota, pra mim não desceu muito
  • Acho que poderia ter sido um enredo sem colocar essa parte de paquera, mesmo que inclusive a garota
Continue Reading

Parceiros Editorias