Connect with us

cinema

Critica | A Última ressaca do Ano

Raquel de Oliveira Moscardini

Published

on

LOJA DC 4

Confesso que estou olhando para a tela do computador sem saber por onde começar.

Acho que a palavra que estou procurando é extravagância, tinha tudo para ser mais uma comédia hollywoodiana de fim de ano, mas tudo foi exagerado. A personagem de Jennifer Aniston, Carol, é uma bruxa (estou sendo politicamente correta), ela é insuportável, uma chata, mandona, que se acha a dona do mundo porque fez faculdade e foi escolhida por seu falecido pai para ser a CEO da empresa. Seu irmão Clay, interpretado por T.J. Miller, é um irresponsável e coração-mole que sempre está tentando ajudar os funcionários. Clay herda do pai uma das filiais da empresa, e Carol exige que esta filial gere mais lucro. A trama toda se desenrola a partir desse ponto, onde Carol quer destruir a filial e Clay, junto com seu braço direito, Josh (Jason Bateman), quer a todo custo recuperá-la.

A fotografia e a trilha sonora do filme são muito boas. É dirigido por Josh Gordon e Will Speck (Coincidências do Amor). Jennifer interpreta com primor, mas é comédia, algo que ela já está acostumada a fazer de longa data. Nenhum ator ou atriz se destaca, mas tão pouco deixam a desejar. O que vale a pena é ver a quantidade de referências à outros filmes e séries, a gente fica com aquela sensação de: Opa! Peguei essa referência!

 office_christmas_party_ver13_xlg office_christmas_party_ver14_xlg office_christmas_party_ver17_xlg office_christmas_party_ver16_xlg

A história tem um bom enredo, mas é carregada de apelos sexuais. Muitos mesmo. Fiquei em alguns momentos constrangida. E a quantidade de palavrões? Certamente não é um filme para se colocar nas reuniões de família em que seus avós e tios mais conservadores estarão presentes. Também não é um filme para crianças assistirem, definitivamente. Trata-se de um besteirol cheio de sexo e álcool. Mas que te faz dar umas boas risadas, não nego. O no sense predomina, principalmente quando a festa está rolando e todos estão bêbados. É engraçado imaginar que uma festa de confraternização, em que se deseja convencer um investidor de contratar a sua empresa, haja tanto incentivo à loucura como há em A Última Ressaca do Ano. Mas é comédia e tudo pode acontecer.

Enfim, não é um filme que voltaria ao cinema para assistir, mas quem sabe daqui uns anos fica disponível na Netflix e estou sem nada pra fazer.

A Última Ressaca do Ano estreia dia 08 de dezembro.

Revisado por: Bruna Vieira.

Comments