Connect with us

cinema

Crítica – Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw “Ignore o roteiro”

Primeiro spin-off da franquia é um ‘combão’ de cenas de ação absurdas.

Thalita Heiderich

Published

on

A franquia Velozes e Furiosos estreou nos cinemas pela primeira vez em 2001 e apresentou personagens marcantes como Dominic Toretto (Vin Diesel) e Brian O’Conner (Paul Walker). Ao longo dos anos, muitos outros personagens foram apresentados, e a trama que era focada em  carros alcançou momentos muito tocantes de família e amizade… sem perder as cenas absurdas de corridas impossíveis.

Agora, 18 anos depois, estréia nos cinemas o primeiro spin-off da série, dirigido por David Leith (de Atômica e Deadpool 2) baseado nos personagens Luke Hobbs (Dwayne Johnson) e Ian Shaw (Jason Statham). 

Em Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw, a temática de corridas ilegais é deixada de lado, pra dar espaço a “salvação da humanidade” através da neutralização de um vírus super letal que a irmã de Shaw (Vanessa Kirby) rouba. Tudo isso enquanto tentam escapar de Brixtom (Idris Elba), um soldado tecnologicamente modificado e com força sobre-humana.

Primeiramente eu queria dizer que esse filme é o mais engraçado de toda a franquia. Dwayne e Jason têm uma química muito maneira em cena e passam o filme inteiro numa espécie de Stand Up de insulto mútuo que causa risadas contagiantes no cinema. 

O roteiro não tem nada de mais, mas esse tipo de filme não pede por isso. Ele é só um filme de suor de macho com piadas hilárias. Ainda assim, me agradou bastante.

Trouxe da franquia a adrenalina, alguns drifts, cenas de carro atravessando prédios, o “nitro” e uma cena longa de perseguição pra mostrar o poder da McLaren. Tem também um das melhores cenas de “passar por baixo do caminhão” que eu já vi. Sem contar que o mix de Exterminador do Futuro com moto Transformer que é o Idris Elba é um deleite visual e transforma o filme na história de 3 brucutus.

Mas espere, a Vanessa Kirby tem muita participação nisso tudo, luta muito e me ensinou que uma jaqueta pode ser muito útil numa luta. E eu sei que é um filme de macho, mas ele foi respeitoso para com a personagem feminina e a pintou como a badass que ela é mesmo.

É um filme de amigos (que nem os filmes que o Seth Rogen tem feito), conta com várias pontas de atores famosos que parece que apareceram ali só pra se divertir no set.. e é isso mesmo o que fazem.

A fotografia do filme é bem interessante. Ela tende pro neon quando o Shaw está lutando, enquanto se mantêm mais alaranjada tipo terra quando Hobbs luta. Tem um momento em que as duas se misturam, e na tela temos Hobbs com a irmã de Shaw. São pequenos detalhes, mas que me chamaram a atenção.

Lá no terceiro ato temos uma barriga, quando diminui a ação pra tentar passar uma mensagem. São 2 horas e 16 minutos de filme e ele podia ter acabado no fim do segundo ato. Mas eu já sabia que vinha mais pois o trailer mostrava. Não destrói o filme, é só uma forma de lincar com o tema família da franquia e dar um respiro pra mais doideira acontecer.

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw é um combão de cenas de ação absurdas e impossíveis com adição de um galão de piadas toscas e hilárias. E era exatamente o que eu esperava do filme.

Se fui surpreendida, foi positivamente… pois é realmente muito engraçado. Ignore o roteiro e se divirta.

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw estréia dia 01 de agosto nos cinemas.

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw

6

Nota

6.0/10

Pros

  • Porradaria
  • Piadas
  • Uma participação maravilhosa de um ator especial

Cons

  • Roteiro fraquíiiiiiissmo
  • Cenas impossíveis
  • Não é teu próximo filme cult (ninguém liga).

Carioca viciada em séries, filmes do drama ao terror gore. Rabiscadora de livros, nerd, míope e ouvinte de podcast com a cabeça na janela do ônibus.

cinema

Sonic: O Filme ganha novo trailer, com visual renovado do personagem.

Do jeitinho que queríamos!

Rebeca Pinho

Published

on

A Paramount Pictures divulgou nessa terça-feira (12) o novo trailer de Sonic: O Filme, após sofrer duras criticas dos fãs, o estúdio tomou a decisão de adiar o filme, para retrabalhar o visual do personagem.

O longa digrido por Jeff Fowler e produzido por Tim Miller (Deadpool), e por Neal H. Moritz (Velozes e Furiosos) traz no papel do vilão Robotnik, o ator Jim Carrey.

No filme, Sonic contará com a ajuda humana do policial Tom Wachowski (James Marsden) com quem deve criar um vínculo de amizade e uma boa parceria, para impedirem Robotnik de dominar o mundo!

Sonic: O filme chega aos cinemas brasileiros em 13 de fevereiro de 2020

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw

6

Nota

6.0/10

Pros

  • Porradaria
  • Piadas
  • Uma participação maravilhosa de um ator especial

Cons

  • Roteiro fraquíiiiiiissmo
  • Cenas impossíveis
  • Não é teu próximo filme cult (ninguém liga).
Continue Reading

cinema

Kevin Feige responde aos comentários de Scorsese

E a polêmica continua.

Ígor Howtelaire

Published

on

Em uma entrevista para o podcast Awards Chatter, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, comentou sobre as críticas de Martin Scorsese, que dizia que os filmes da Marvel “não são cinema”.

Kevin Feige comentou o seguinte:

“Eu discordo, acho que foi uma declaração infeliz. Todos têm uma definição diferente para cinema. Algumas pessoas não acreditam que é cinema. Todos têm direito a ter suas próprias opiniões. Todos têm direito a repetir ou escrever sobre essas opiniões, e estou ansioso para ver o que vai acontecer em seguida. Mas, nesse meio tempo, vamos continuar produzindo filmes.”

Além de Martin Scorsese, o espanhol Pedro Almódovar também criticou os longas – sua reclamação era da falta de sexualidade nas obras, enquanto Francis Ford Coppola os chamou de “desprezíveis”. Porém os comentários de Scorsese se destacaram por terem sido os primeiros, e impulsionadores do que veio a seguir.

O cineasta, Martin Scorsese publicou no início de novembro um artigo pessoal no New York Times para esclarecer suas declarações sobre a Marvel.

“Muitos filmes de franquia são feitos por pessoas de talento e habilidade consideráveis. Você pode ver isso na tela. O fato de que os filmes em si não me interessam é uma questão de gosto pessoal e temperamento. Eu sei que se eu fosse mais jovem, se eu tivesse me tornado adulto mais tarde, eu poderia ficar empolgado por esses filmes e talvez até quisesse fazer um. Mas eu cresci e eu desenvolvi um gosto por filmes – do que eles eram e do que poderiam ser – que é tão longe do Universo da Marvel quanto nós na Terra estamos de Alpha Centauri.

Para mim, para os cineastas que eu aprendi a amar e respeitar, para meus amigos que começaram a fazer filmes mais ou menos na mesma época que eu comecei, cinema era sobre revelação – estética, emocional e espiritual. Era sobre os personagens – a complexidade das pessoas e suas contradições e às vezes a natureza paradoxal, a maneira que eles ferem uns aos outros, amam uns aos outros e de repente tem que encarar a si mesmos.”

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw

6

Nota

6.0/10

Pros

  • Porradaria
  • Piadas
  • Uma participação maravilhosa de um ator especial

Cons

  • Roteiro fraquíiiiiiissmo
  • Cenas impossíveis
  • Não é teu próximo filme cult (ninguém liga).
Continue Reading

cinema

Ilha da Fantasia | Reboot de terror ganha seu primeiro trailer

A antiga série dos anos 80 vai virar filme.

Daiane de Mário

Published

on

A Blumhouse divulgou nessa segunda (11) o primeiro trailer oficial do reboot de ‘Ilha da Fantasia’. Confira:

Segundo a sinopse oficial:

“O enigmático Sr. Roarke (Michael Peña) faz os sonhos secretos dos seus convidados sortudos se tornarem realidades em seu luxuoso, porém remoto, resort tropical. Mas quando essas fantasias se transformam em pesadelos, os convidados precisarão solucionar o mistério da Ilha para escaparem vivos.”

O elenco conta com Lucy Hale (Verdade ou Desafio), Michael Rooker (Guardiões da Galáxia), Charlotte McKinneyParisa Fitz-Henley e Austin Stowell.

Ilha da Fantasia estreia de 14 de fevereiro de 2020.

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw

6

Nota

6.0/10

Pros

  • Porradaria
  • Piadas
  • Uma participação maravilhosa de um ator especial

Cons

  • Roteiro fraquíiiiiiissmo
  • Cenas impossíveis
  • Não é teu próximo filme cult (ninguém liga).
Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido