Connect with us

cinema

Crocodilo Assassino – Especial Esquadrão Suicida Parte 3

Edi

Published

on

LOJA DC 4

batcaverna

A cara dele da medo, o modo como ele fala da medo, até como ele respira da medo. Esse ser escamoso já foi confundido com um dos grandes vilões do Homem-Aranha, mas nesse Universo, ele é um dos pesadelos reais de Batman.

Waylon Jones é o alter ego do reptiliano Crocodilo Assassino, um dos maiores vilões do Batman no Universo DC Comics. Foi criado por Gerry Conway e Gene Colan na 523° edição de Detective Comics no ano de 1983, mas só foi fielmente creditado com a aparência que conhecemos hoje na 357° edição de Batman.

13617432_811542085613211_1547942651_n

Croc desde o início se mostrou ousado, afinal, apareceu em Gotham City do nada e se escondia em meio as sombras, acabando com seus adversários e reunindo um exército de vilões, se tornando o líder do bando. Num combate entre o Cavaleiro das Trevas e o vilão, foi exposta a real aparência do monstrengo. De alguma forma não muito mencionada, o Crocodilo nascera com atavismo, que transmitia-lhe traços reptilianos. O que acarretou ao abandono familiar ainda quando adolescente, uma vez que seu pai o largou no deserto para morrer. Com isso, acabou que Waylon entrou para o mundo do crime, sendo detido futuramente por Batman e Robin (Jason Todd) após uma batalha desenfreada.

13607768_811542095613210_116728179_n

Sua aparência nunca foi realmente concreta, por exemplo, na aparência original pré-crise, suas feições continuam um tanto humanas, mas ainda assim, com indícios muito mais fortes de répteis. Explica-se que a doença vai lhe roubando os traços humanos aos poucos, tanto que, atualmente, ele foi caracterizado com um focinho alongado e uma calda. Crocodilo já foi considerado o assassino dos pais de Jason Todd, o que depois acarretou para a descoberta de que quem o fez foi o vilão Duas Caras. O reptiliano já tentou de diversas formas recuperar sua aparência humana e se livrar da doença que o assola, mas suas tentativas são falhas. Em Crise Infinita, Crocodilo Assassino tornou-se membro da Sociedade Secreta de Supervilões. Mesmo sendo pouco conhecido, Croc já foi muito bem utilizado nos quadrinhos, afinal, já entrou no Arkham, foi liberado, já foi chamado por um dos Máscara Negra para ser membro de um grupo de bandidos para tomar Gotham, até mesmo já quis comer o Caçador de Marte.

Acompanhe o nosso especial do Esquadrão Suicida com os artigos Amanda Waller – Parte 1 | Pistoleiro Parte 2

13607963_811542102279876_1606469333_n

Devido ao seu atavismo regressivo, o Rei Croc herdou características inumanas vindas de répteis anteriores a evolução da raça humana. Sua condição aumenta devido a presença de um Meta-humanometagene em seu organismo, dando a ele habilidades incríveis. Sua casca é quase impenetrável, carrega consigo uma força sobre-humana, velocidade (principalmente quando está dentro d’água), agilidade, reflexos, resistência, durabilidade e sentidos aguçados, também tem um fator de cura regenerativo capaz de nascer novos membros de seu corpo caso sejam arrancados, mas além de sua biologia, Croc é um expert lutador de boxe, luta-livre e briga de rua

Embora Crocodilo Assassino tenha uma grande espaço nos quadrinhos, em apenas breves aparições se mostrou presente, como Batman: Gotham Knight e Son of Batman. Vamos dizer que, mesmo não tendo sido um membro da Força Tarefa X anteriormente, Croc será interpretado pela primeira vez em Live-Action com a interpretação de Adewale Akinnuoye-Agbaje no longa Esquadrão Suicida de 2016.

13607854_811542108946542_348427817_n

Revisado por: Bruna Vieira.

Comments