Connect with us

e-Sports

CS:GO| Boltz brilha e SK Gaming é campeã da Epicenter 2017

Avatar

Published

on

Depois de péssima fase, o time brasileiro SK Gaming volta a ser campeã! Dessa vez pelo campeonato Epicenter em cima dos poloneses da Virtus Pro. O último encontro contra a Virtus Pro, o time do capitão Fallen levou a melhor emplacando 16 a 5 no mapa Train.

MIRAGE – SK Gaming 0 x 1 Virtus Pro

A expectativa quando se trata da mirage é alta, visto que geralmente os brasileiros jogam bem. Mas não dessa vez. O time brasileiro começou do lado terrorista, perdendo o round pistol em uma tentativa de entrada no bomb B.

A Virtus Pro demonstrou ter estudado a Mirage do time brasileiro, fazendo ótimas defesas em ambos os bombs, não encontrou dificuldades em abrir 5 a 0 sobre a SK. Os brasileiros começaram a reagir a partir do sexto round, conquistando 4 rounds seguidos, deixando o jogo 5 a 4.

Mas mesmo com quatro rounds seguidos, não foi o suficiente para intimidar os poloneses, que voltaram a fechar os bombs e garantir boas defesas, garantindo 5 rounds seguidos e a vantagem aumentou de novo para a Virtus Pro para 10 a 5 ganhando o round pistol já do lado terrorista.

Após perder o round pistol já no lado contraterrorista reduziu as chances de uma possível reação por parte do brasileiros e o jogo vai a 13 a 5 com os rounds anti ecos bem executados pelos poloneses.

Faltando apenas 2 rounds para fechar o jogo, a Virtus Pro apenas administrou a vantagem. Mesmo com a SK fazendo mais 5 rounds, a Virtus Pro finalizou o jogo em 15 a 10.

INFERNO – SK Gaming 1 x 1 Virtus Pro

Já nesse mapa, os brasileiros não têm seus melhores resultados, com jogos muitos difíceis. E parece que isso não intimidou.A SK

Gaming fez um ótimo mapa, começando do lado contraterrorista, os brasileiros conseguiram garantir rounds chaves, apesar do time polonês garantir 5 rounds, não foram seguidos e consequentemente não tiveram uma economia constante, tendo que fazer ecos durante todo o primeiro half. O primeiro half acabou em 9 a 6 para a SK Gaming

No segundo half, do lado terrorista, os brasileiros da SK conseguiram furar todas as defesas dos poloneses, fazendo um half perfeito levando os 6 rounds seguidos. Sem deixar a Virtus Pro respirar, finalizaram o jogo em 16 a 6.

TRAIN – SK Gaming 2 x 1 Virtus Pro

Na Train os brasileiros nessa mesma competição da Epicenter, passaram por cima dos poloneses por 16 a 5. Então a expectativa era que o mapa fosse tranquilo. E de tranquilo não teve nada.

Os brasileiros começaram do lado terrorista e tiveram um blackout completo, pareciam não se comunicar e mesmo sendo necessário, não pediram nenhum pause técnico para alinharem o jogo e o jogador “Fer” não jogou nada bem, chegando a ficar 0/9.

A Virtus Pro não perdoou e passou por cima no primeiro half, abrindo uma vantagem gigantesca de 11 a 4. Os brasileiros insistiram sem parar no bomb A, mas sem ganhar o devido espaço, deixando com que todo o time polonês jogasse avançado dentro dos bombs. E as smokes de entrada não surtiam efeito.

No segundo half, a SK Gaming acordou e começou a reagir, emplacando todos os rounds após a troca de lados. Os brasileiros do lado contraterrorista fecharam muito bem todos os bombs, o “Fer” entrou no jogo e começou a eliminar os poloneses, diminuindo a desvantagem de 11 a 4 para 15 a 15. E de novo, os brasileiros testam o coração dos fãs e levam o jogo para a prorrogação

Na prorrogação, ainda do lado contraterrorista, o melhor jogador do mundo, “Coldzera”, brilhou levando 3 poloneses já no primeiro round, abalando a Virtus Pro, que só reagiu no último round, virando o lado em 17 a 16 a favor da SK.

Do lado terrorista na prorrogação, os brasileiros mudaram a estrategia do começo do jogo e forçaram a entrada pelo bomb B e não pelo A, como estava sendo no começo do game quando começaram a perder. E assim o jogo foi finalizado em 19 a 16 para os brasileiros, em uma virada incrível.

CACHE – SK Gaming 2 x 2 Virtus Pro

O quarto jogo foi o mais disputado da série melhor de 5, a rotação de ambas as equipes foi muito boa. Mas quem começou bem no jogo foi a Virtus Pro, abrindo uma vantagem no lado contraterrorista de 5 a 0 em cima dos brasileiros, de novo.

A SK não conseguiu começar bem na maioria dos jogos dessa série, sempre reagindo um pouco tarde, e dessa vez reagiu no quinto round e emplacou 6 rounds seguidos, deixando o jogo 6 a 5 a favor dos brasileiros. O primeiro half foi finalizado em 9 a 6 para a SK

No segundo half do jogo, em um rush estourando o bomb B, os poloneses conseguiram garantir o round pistol de novo e com o anti eco acabaram com a vantagem que os brasileiros tinham conquistado.

O lado contraterrorista dos brasileiros não foi dos melhores, como costuma ser em outros mapas. A SK não conseguiu fazer boas defesas, perdendo nos detalhes e alguns erros bobos.

Apesar da reação da SK no últimos rounds, o jogo já estava com uma leve vantagem de 13 a 10 para a Virtus Pro e a SK com a economia quebrada, foi fácil para emplacar o 14. O time polonês finalizou o jogo pouco tempo depois em 16 a 12.

COBBLESTONE – SK Gaming  x  Virtus Pro

O último jogo da série foi cheia de emoção, com direito a 2 prorrogações igual o terceiro jogo. O time brasileiro começou bem, ganhando o round pistol no lado terroristae conseguindo uma leve vantagem de 3 a 0.

O primeiro half do jogo foi extremamente equilibrado, com ambos os times conseguindo trabalhar as rotações e suas respectivas estratégias. A Virtus Pro empatou logo em seguida em 3 a 3 e logo após foi decidido ponto a ponto, com pequenas vantagens. O capitão Fallen apesar de não ter jogado bem no primeiro half, “Boltz” e “Taco” brilharam em rounds chaves.

Já no segundo round, os brasileiros se perderam nas defesas do lado contraterrorista e os poloneses conseguiram boas vantagens, forçando a SK fazer diversos ecos seguidos. O jogador “Fallen” não estava em um bom momento, errando tiros de AWP essenciais para a vitória.

Contudo, o jogo já a favor da Virtus Pro em 14 a 10, os brasileiros conseguiram arrancar um round importantíssimo para o empate da partida, resetando da maneira preocupante a economia dos poloneses, tornando o décimo primeiro ponto fácil. Após isso, uma sequência importante de rounds fez com que a Virtus Pro estivesse sempre sem dinheiro para se armar. Assim levando o jogo para a primeira prorrogação.

No primeiro overtime, a Virtus Pro conseguiu a vantagem do match point na virada do primeiro half. Com o jogo 18 a 16, os brasileiros não podiam mais perder e foi quando o capitão “Fallen” brilhou em uma tentativa de invasão dos poloneses no bomb A, levando 3 adversários e consequentemente o 18 a 17 junto. O último round do primeiro overtime foi tenso. A SK tentou entrar no bomb B, mas a execução ruim fez com que perdesse logo três jogadores, restando apenas “Boltz” e “Fallen”. E de forma incrível em um 4 x 2, eles conseguem vencer e garantem o segundo overtime.

O segundo overtime foi mais tranquilo e mecanicamente melhor para a SK Gaming, que logo no primeiro half conquistou as três vitórias do lado terrorista com jogadas individuais incríveis por parte do jogador “Boltz” deixando o jogo 21 a 18 para os brasileiros. O jogo terminou com a vitória da SK Gaming garantindo o primeiro e também último round do lado contraterrorista.

A SK Gaming não conquistava um titulo a cerca de 4 meses, depois de uma temporada perfeita no ano de 2016 conquistando tudo e sendo considerada o melhor time do mundo. Agora volta a ser campeã com ajuda do jogador Ricardo “Boltz” Prass, emprestado de outra organização, também composta por brasileiros, a Immortals gg.

Advertisement
Comments

e-Sports

Riot Games anuncia novo sistema de Drops durante as partidas

Os drops começarão a ser distribuídos na primeira semana da Segunda Etapa da LCS e do LEC 2020.

Alexia Menezes

Published

on

DROPS em League of Legends

League of Legends ainda é um dos maiores jogos assistidos em plataformas de streaming e com isso, a Riot Games anunciou nesta quinta-feira (4) que as transmissões no site oficial, contarão com drops de conteúdos que serão acessíveis de dentro e fora do jogo.

As recompensas vão de pontos de prestígio, fragmentos de skins, cromas e bilhetes para o Clash até outras promoções de parceiros e patrocinadores.

O sistema vai começar a distribuir as recompensas dia 12 de junho, com os jogos da LCS e LEC. E para ser elegível para receber os drops, será necessário logar em LoL Esports e marcar que aceita receber as recompensas.

Os drops aparecerão em momentos da partida e é só clicar na notificação ou visitar o site para receber. E pronto, é só assistir e torcer para o seu time, esperar aquele roubo de Barão e ainda poder ganhar uma skin no sistema de espólios.

Segundo a Riot, “Inicialmente, os Drops só estarão disponíveis ao assistir a partidas ao vivo. Esperamos expandir o suporte para outras novidades em breve.”

Continue Reading

e-Sports

CBLoL abre inscrições para novo modelo de franquia

Informações detalhadas do sistema serão divulgadas futuramente.

Alexia Menezes

Published

on

A Riot Games anunciou nesta quinta-feira (4) a abertura das inscrições para o modelo de franquias, que será válido a partir de 2021, como foi dito em entrevista coletiva realizada nos estúdios da empresa, em São Paulo. O prazo final para as inscrições será no dia 28 de agosto.

Segundo o E-sporTV:
“Por fim, as organizações tem até o dia 16 de novembro para efetivar o pagamento da primeira parcela do valor da franquia, que gira entre R$ 4 milhões (para times do Circuito Desafiante e CBLoL) e R$ 4,4 milhões (para novas organizações).” levantou Chandy Teixeira, sobre o valor das negociações.

Mesmo com alguns problemas que o novo modelo traria, como a baixa competitividade já que não haverá mais risco de rebaixamento, o sistema acaba favorecendo muito os jogadores, trazendo mais estabilidade e melhor ambiente para a organização, para poder planejar um crescimento gradual sem ter que deixar tudo para trás porque o time não se classificou aos playoffs.

“Criamos um modelo totalmente adaptado para o mercado brasileiro, com base nos aprendizados de ligas como a LCS e a LEC, mas também considerando características específicas de nosso mercado e região. É um modelo no qual criamos relações de longo prazo com as organizações, e também regulado por mecanismos que incentivam a competitividade esportiva, geração de novas receitas para compartilhamento entre os parceiros e o incentivo ao surgimento de novos talentos para as organizações” segundo Carlos “Cacophonie” Antunes, diretor de eSports da Riot Games no Brasil.

Taça do CBLoL. Imagem: Riot Games/Reprodução

Para participar da seleção, as equipes interessadas devem seguir as instruções no site LoL Esports.

Continue Reading

e-Sports

Summer Game Fest, o novo canal de eventos digitais

Twitch está chegando com novidades.

Alexia Menezes

Published

on

O evento que já havia sido anunciado pelo Geoff Keighley, CEO da The Game Awards e da GamesCOM, começou no início deste mês e terá sua duração até o final agosto.

Com isso, a Twitch TV revelou que criou um canal na plataforma totalmente voltado ao evento, para as novidades e anúncios e poderemos acompanhar por aqui: twitchgaming.

Além disso, a empresa ainda fechou parcerias com um dos maiores nomes que apareceriam no Summer Game Fest, como a Riot Games, CD Projekt REDSquare EnixUbisoftElectronic ArtsBlizzard2K Games e a IDGA (International Game Developers Association), além das empresas que já fariam parte do evento, como a Activision Publishing, Bandai Namco Entertainment, Bethesda, Digital Extremes, Microsoft, Private Division, Sony IE, Steam, e Warner Bros. IE.

As transmissões vão desde anúncios de consoles até de jogos e novos modos. Como o evento dedicado ao PlayStation 5 e ao Xbox Series X, e League of Legends: Wild Rift.

Continue Reading

Parceiros Editorias