Connect with us

cinema

DC separou os universos dos seus filmes e séries de TV: Isso pode ser uma coisa boa?

Avatar

Published

on

O apelo para um universo compartilhado é óbvio: comprar um bilhete de cinema ou ver sua serie de TV e ambas falaram do mesmo universo é lindo. Recentemente, os fãs têm elogiado a série Demolidor por articular seu enredo em cima do filme dos Vingadores. Enquanto isso, The CW enviou o elenco de Flash e  Arrow  juntos em um spinoff.

No entanto, temos que nos perguntar: será que a divisão entre os filmes do Universo DC e as séries de TV se revelam como um grande problema?

Confusão

Supergirl TV Show Primeira Imagem Costume DCs TV separado & Universos Filme: Por que isso pode ser uma boa coisa

Esta é uma pergunta difícil de responder, ou mesmo de se discutir. De Zack Snyder Liga da Justiça  vai ter no cinema seu universo compartilhado, mas a variedade de heróis e redes de TV tem implicado em uma mentalidade que a WB tem adotado até então “cada um por si”.

Tudo isso mudou quando heróis da DC como Supergirl (prima de Superman) e Robin (parceiro de Batman) foram anunciados que voltariam a TV (em  SupergirlTitãs, respectivamente). A linha entre a Warner Bros., TV e cinema tem se tornado uma neblina meio turva, fica cada vez mais dificil vê-los os heróis em mundos divididos. O Superman estará presente na mitologia de Supergirl e ele irá aparecer no piloto da série; a pesar da presença do Cavaleiro das Trevas na tela grande, existem somente rumores de que Batman deve aparecer também na série Titãs.

Avaliando onde o universo TV DC está em relação ao universo filme é confuso – mas talvez não tão confuso como pode parecer à primeira vista.

Iconografia

Liga da Justiça Superman Batman Mulher Maravilha DCs TV separado & Universos Filme: Por que isso pode ser uma boa coisa

A consciência global em torno ícones como Batman e Superman não pode ser subestimada; não só faz que o capital cultural permita a introdução de um cavaleiro mais velho em Batman Vs Superman (todo mundo sabe a história de origem de Bruce Wayne), mas também faz com que seja possível recorrer a  figuras ficcionais sem especificar uma versão particular. No entanto, se personagens de TV são inerentes a grandes heróis do cinema, como Robin para o Batman. Como podem os roteiristas negarem a necessidade de um universo compartilhado?

A resposta mais simples pode ser a melhor: para  Titãs, Dick Grayson se separou do Batman ou que Batman jamais tenha existido em sua historia.

Isso pode parecer um pouco simples, ou se tornar um problema de continuidade. Mas a FOX já está contando uma história de origem do Batman enquanto falamos, a elaboração de novos contos sobre Bruce Wayne e seu estábulo de vilões em seu núcleo, evitando confusão, definindo os eventos em uma versão de Gotham que durante décadas já vimos em HQs e no Cinemas.

Gotham Bruce Wayne DC Universe Shared DCs TV separado & Universos Filme: Por que isso pode ser uma boa coisa

Agora gostaria de salientar que tal divisão entre cinema e TV é a única coisa que permite que as séries sigam um caminho próprio: Alegar que Dick Grayson ajudante do Batman e a mesma coisa que dizer que ele era o ajudante do  Batman de Ben Affleck .

Da mesma forma,  a CBS pode dizer que ‘Supergirl pode ser a prima do Superman – mas não o visto em Man of Steel

Robin é realmente Robin Sem Batman?

Titans TV Show Robin Batman Origin Explicado DCs TV separado & Universos Filme: Por que isso pode ser uma boa coisa

Quando a notícia chegou que “Titãs” estavam vindo para a TNT, assumiu-se que uma safra de jovens heróis da DC Comics iria estrelar – mas certamente não Dick Grayson. Por quê? Porque Batman está fora dos limites da TV, adequando assim a um personagem tão profundamente enraizado em sua mitologia, porém era o tipo de confusão que a WB foi provavelmente tentada a evitar.

A ausência de um Batman na TV foi igualado com o Batman deixar de existir, a qualquer título ou continuidade fora do universo de filmes que a WB começou a desenvolver. A Gotham  foi concedida a liberdade de começar do mesmo ponto de material de origem, então por que os Titãs não podem fazer o mesmo com o seu Bruce Wayne na sua série?

Suposições similares tinham fãs que queriam saber como a CBS introduziria a prima do Superman sem qualquer menção ao mesmo (é na TV, onde Supes não é permitido). A solução seria mais simples – recontar a origem clássica de Kara como sendo a unica liderança – mas uma série da Supergirl tem obviamente a intenção de capitalizar sobre a popularidade do Super-Homem, pois temos o episodio piloto.

Supergirl e Superman DCs Arte Comic Separe TV & Universos Filme: Por que isso pode ser uma boa coisa

Com Greg Berlanti (produtor executivo de Flash e Arrow ) supervisiona a produção de Supergirl, e trouxe o  showrunner de Flash Andrew Kreisberg com ele, o compromisso do par para com a DC Comics torna difícil acreditar que a remoção desses personagens de seu lugar na história é a melhor maneira de agir. Se for esse o caso, eles devem se perguntar porque estas propriedades são interessantes sem o seu patrono (os herois que deram origem aos heróis como a Super-Moça e Robin) em primeiro lugar?

“Você pode definitivamente adaptar a história do ajudante do Batman… Exceto que você não pode mencionar ou aludir ao Batman… ou seus vilões… ou que Robin nunca foi seu ajudante. Os fãs vão adorar. ” 🙁

Seja honesto: se forem anunciados amanhã que o Bruce Wayne visto em  Gotham aos olhos da WB é a versão de Ben Affleck visto em Batman Vs Superman, será que realmente importa? Será que Gotham passa por uma transformação na qualidade ou significado – não devido ao seu elenco ou escritores, mas sim por ter alguma “conexão” intangível para um universo maior?

Sem essa sobrecarga explícita, programas de TV baseados na DC Comics não servem a um mestre maior, mas a sua própria historia. Diga  Titãs adiciona seu próprio corredor Bart Allen (neto de Barry) e Asa Noturna Dick Grayson. Fãs de quadrinhos seriam capaz de ver  dois Flashes em ação, ao mesmo tempo, enquanto uma história de origem de Batman acontece ao lado do seu companheiro. Em um universo restrito aos planos e moldes de um estúdio de cinema, essa variedade seria quase impossível.

Supergirl TV Show Atualização DCs TV separado & Universos Filme: Por que isso pode ser uma boa coisa

Além disso, para uma série ser realmente bem sucedida na televisão, deve agradar mais do que os leitores de quadrinhos mais dedicados (Constantine é a prova). Assim, enquanto alguns afirmam que se cortar os laços de Superman condenara a  Supergirl  antes do piloto, ainda assim, existem milhões de famílias simplesmente curiosas para verem uma série em uma noite de estreia – e um bom número deles (com razão) esperam para ver Superman desempenhar um papel.

Lembre-se: DC não é Marvel

Avengers 2 Age of Ultron Novas DCs Trailer Separe TV & Universos Filme: Por que isso pode ser uma boa coisa

Não há dúvida de que ps heróis da Marvel têm a sua própria base de fãs fanáticos, mas não havia um trabalho sério feito para tornar Homem de Ferro, Capitão América e Thor bom nomes da casa da ideia. O sucesso de Os Vingadores  e o MCU é incomparável, o que significa que, para milhões ao redor do mundo, o Capitão América é Chris Evans. Homem de Ferro é Robert Downey, Jr. Thor é Chris Hemsworth e assim por diante.

Qualquer menção de um Avenger no MCU estendido (na ABC  Agentes da SHIELD ou da Netflix  Demolidor), em geral, chamam a atenção para não apenas o super-herói e seus filmes, mas o versão canônica na existência (comentários como  “Steve Rogers não estava apaixonado por Peggy Carter” seria um absurdo).

Superman Filme Atores de TV Versões DCs Separe TV & Movie Universos: Por que isso pode ser uma boa coisa

Em contrapartida, todos os fãs de cinema ou super-herói tem seu ator favorito como Superman: Christopher Reeve, Dean Cain, Tom Welling, Brandon Routh, ou Henry Cavill… A duradoura popularidade do herói e da riqueza das adaptações significa que ícones como Superman (e Batman) têm transcendido qualquer ator, filme ou imaginação para qualquer outra coisa relacionada. Quando a representação muda a cada década (às vezes mais de uma vez), a necessidade ou capacidade de definir um como ‘único ator’ parece muito menos importante.

Fãs raivosos podem afirmar que “Superman” sendo mencionado em  Supergirl  – ou Batman sendo referido em Titãs – deixarão espectadores atordoados, exigindo saber “que Superman você quer dizer?” , mas é bem provável que eles apreciem a referência, apesar de sua ambiguidade. Seria tolice querer saber “qual Batman”  Gotham  está a falando, uma vez que a questão não é provocada pela própria série.

Quando Smallville coincidiu com  Superman Retorno , o uso de terno do filme como parte da série não foi tomado como polêmico “confirmação, universo compartilhado” isso apenas foi reconhecido que cada encarnação só contribui para uma mitologia maior.

Incredible Hulk Marvel Actors DCs de TV em separado e Universos de filmes: porque pode ser uma coisa boa

É visível em filmes da Marvel, assim: quando  em Vingadores os espectadores viram Mark Ruffalo assumir Hulk, eles ficaram totalmente perdidos nos cinemas, sem saber se a história de origem visto com Eric Bana ( Hulk ) e ignorado por Edward Norton ( O Incrível Hulk ) ainda era o certo? Ou será que eles simplesmente apreciaram a tomada de Ruffalo como um herói, coisa simples né? – em primeiro lugar, que ficou famoso na TV, interpretado por Bill Bixby e Lou Ferrigno?

Honestamente, os telespectadores casuais e fãs de quadrinhos devotos, todos se beneficiaram do que Joss Whedon e Marvel fizeram, ao abandonar tudo o que já se havia feito de Hulk e o mundo concordou.

Conclusão

DC Comics TV Universo DCs Separe TV & Movie Universos: Por que isso pode ser uma boa coisa

Podemos estar totalmente ignorantes sobre tudo escrito aqui e a Warner Bros. cinema e TV podem estar calorosamente debatendo como juntar seus universos neste momento. Mas, até o momento em que surge a evidência real para provar que os heróis nascidos das maiores e mais conhecidos legados da DC serão forçados a cortar esses laços com a TV, é estranho supor que esta seja uma decisão definitiva.

Advertisement
Comments

cinema

Warner, Marvel, Globo e outras empresas se posicionam contra o racismo

Gigantes do entretenimento deixaram suas mensagens de apoio ao movimento #VidasNegrasImportam

Avatar

Published

on

By

Os Estados Unidos (e algumas partes do mundo) estão enfrentando a maior crise da sua história, tudo porque de uma vez a economia, a saúde e a parte social estão literalmente entrando em colapso.

A parte econômica e de saúde se deve por conta da pandemia instaurada pelo coronavirus e seus efeitos nestes dois setores, somando-se à parte social que já andava fragilizada, agora ganha contornos raciais após a divulgação de um vídeo na última segunda-feira (25) que mostra um homem negro, o  ex-segurança George Floyd, sendo imobilizado por um policial branco com os joelhos em seu pescoço.

Tendo em vista este cenário, varias empresas e instituições estão se posicionando contra o racismo, entre elas gigantes do entretenimento como a Netflix, Marvel, Amazon Prime, Warner, Globoplay e outras. Confira: 

“Nós nos posicionamos contra o racismo. Nós nos posicionamos à favor da inclusão. Nós nos posicionamos ao lado de nossos funcionários, contadores de histórias, criadores negros e à comunidade negra como um todo. Nós precisamos nos unir e nos pronunciar”

https://www.instagram.com/p/CA3iFJMDBxX/?igshid=15zq3x6byw6nm https://twitter.com/globoplay/status/1267200741430738950?s=21 https://www.instagram.com/p/CA3cdpBgCoi/?igshid=1nuiufv671b1w

“‘Alguém tem que se levantar quando os outros estão sentados. Alguém tem que falar quando os outros estão quietos.’ – Bryan Stevenson.
Estamos ao lado dos nossos colegas, talentos, contadores de histórias e fãs negros – todos afetados pela violência sem sentido. A voz de vocês  importa, a sua mensagem importa. Vidas negras importam.”

View this post on Instagram

#BlackLivesMatter

A post shared by HBO (@hbo) on

“‘Nem o amor, nem o terror cegam: a indiferença é o que cega.’ – James Baldwin.
Nós estamos com os nossos colegas, funcionários, fãs, atores e contadores de histórias negros – e todos afetados por essa violência sem sentido. Vidas negras importam.”

“Estamos com nossos funcionários, colegas, parceiros e criadores negros, indignados com os atos de racismo. Vidas negras importam.”

“Vidas negras importam. Cultura negra importa. Comunidades negras importam. Nós nos posicionamos em solidariedade a nossos colegas, criadores, parceiros e públicos negros e condenamos atos de racismo, discriminação e atos de violência sem sentido”

Os protestos contra o racismo nos Estados Unidos continuaram com manifestantes no último domingo (31) tentando invadir a Casa Branca, sede do governo americano. 

Continue Reading

cinema

Retorno de Henry Cavill como Superman é somente rumor

Apesar do interesse do estúdio no ator, não há negociações no momento.

Avatar

Published

on

A notícia que estava sendo celebrado pelos fãs durante a semana pode ter sido um mero “rumor”: de acordo com informações apuradas pelo The Hollywood Reporter, não há no momento nenhuma negociação entre Warner e Henry Cavill para que o ator reprise o papel de Superman nos cinemas.

Entretanto, o site informa de que os executivos do estúdios tem sim um interesse pelo retorno de Cavill, apesar de sua situação ser, nas palavras da publicação, “complicada”. Independentemente de que o rumor apontava que o novo acordo poderia fazer com que o personagem aparecesse em algum outro filme – como nas sequências de Shazam!, Aquaman ou Esquadrão Suicida, por exemplo – nenhum destes roteiros conta com o kryptoniano atualmente.

A situação é similar ao que ocorreu no ano passado, quando Cavill estava concretamente em negociações para fazer uma participação especial em Shazam!, o que acabou não ocorrendo graças à complicações nos ajustes do acordo. Assim, a cena em questão foi filmada apenas com o torso do Homem de Aço.

De qualquer maneira, vale ressaltar que o ator revelou o desejo de encerrar a trilogia iniciada com Batman vs Superman, inclusive expressando isso durante a live em que Zack Snyder anunciou seu corte de Liga da Justiça. Então aguardemos novas informações sobre o assunto em breve.

Liga da Justiça: Snyder Cut estreia em 2021 na HBO Max.

Continue Reading

cinema

Live-action de Borderlands terá Cate Blanchett como Lilith

Atriz de Thor Ragnarok se une com diretor de O Mistério do Relógio na Parede.

Avatar

Published

on

Agora é oficial: Cate Blanchett, de Thor Ragnarok, foi confirmada como a siren Lilith na adaptação cinematográfica do game Borderlands. A produção irá reunir mais uma a atriz com o diretor Eli Roth, que trabalharam juntos em O Mistério do Relógio na Parede.

Empolgado, Roth falou com o site Variety sobre a adição de Blanchett à produção:

“Acredito que não há nada que ela não possa fazer: do drama à comédia e agora ação, Cate faz cada cena cantar. Trabalhar com ela é um sonho de diretor virando realidade. Sei que, juntos, vamos criar outra personagem icônica para a carreira bem-sucedida dela.”

Na história, a personagem Lilith é uma das poucas mulheres da galáxia pertencentes a uma classe de “sereias” com poderes especiais, como a manipulação do tempo-espaço. No primeiro jogo, lançado em 2009, ela era uma das quatro personagens jogáveis. Entretanto, nos outros títulos da saga, a personagem voltou a aparecer, mas como não-jogável.

Com direção de Roth, a adaptação contará com roteiro de Craig Mazin, criador da minissérie Chernobyl e com produção de Avi Arad, responsável pelos primeiros filmes do Homem-Aranha.

Borderlands não tem data de lançamento previsto.

Continue Reading

Parceiros Editorias