daisy ridley

Daisy Ridley diz que Rey era ninguém até a A Ascensão Skywalker

A atriz Daisy Ridley disse a que sua personagem Rey era ninguém até o último filme Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Segundo informações dadas ao site Screen Rant, a atriz Daisy Ridley disse a que sua personagem Rey era ninguém até o último filme Star Wars: A Ascensão Skywalker.

No decorrer da nova trilogia Star Wars, a família da Rey sempre foi assunto de debates e especulações. Em Star Wars: Os Últimos Jedi tinha parecido que essa pergunta teve sua resposta quando foi revelado que ela era filha de dois traders desconhecidos que a venderam por dinheiro.

As escolhas feitas por Rian Johnson nesse filme foram muito criticadas e fazer com que a Rey não fosse da linhagem principal também foi criticado, embora alguns fãs tenham gostado e achado necessário para a evolução da saga.

Mas foi no terceiro filme, que descobrimos que a Rey, era na verdade, neta do Imperador Palpatine. Esse twist, foi mais uma forma de J.J. Abrams “corrigir” os “erros” de Rian Johnson no segundo filme. Mesmo assim alguns fãs não gostaram, preferindo a história da Rey não ser da linhagem principal e várias críticas foram tecidas a esse twist por ter sido feito às pressas e sem nenhum tipo de pista nos filmes anteriores.

A autora Sariah Wilson, entrevistou recentemente a atriz Daisy Ridley e o assunto de Star Wars foi abordado. Pelo Twitter a autora transcreveu parte da entrevista onde ela fala à Ridley como ela gostava que era Rey uma “Zé Ninguém” (sem ser da linhagem principal), a autora ficou triste com o fato da Rey ser a neta de Palpatine. Daisy Ridley entendeu o sentimento:

“‘Literalmente me disseram que ela não era ninguém, então sim, eu entendo isso totalmente. Eu entendo isso.’ Pedi desculpas novamente por mencionar SW, e ela sorriu e me disse: ‘Está tudo bem!‘”

Nos dois primeiros filmes, a importância da família da Rey foi diminuída. Em o “Despertar da Força”, Maz Kanata fala para Rey que o pertencimento que ela procurava estava à frente dela e não no passado. Não é claro o por quê da mudança em “Ascensão Skywalker”, porém fica claro que essa mudança familiar nunca fez parte dos planos no começo da trilogia. Infelizmente, isso deixa uma abertura enorme no cânon do universo Star Wars, mostrando a falta de desenvolvimento e atenção.

O problema não é a Rey ser a neta do Palpatine em si, mas sim porque não foi sugestionado a presença do Palpatine nos filmes anteriores, forçando a Ascensão Skywalker ter que se desdobrar para explicar a presença dele.

Embora, os diretores tivessem liberdades criativas com seus filmes, talvez tenha faltado um esboço geral, para que os três filmes fossem mais coesos.

Voce pode ver toda a saga Star Wars no Disney+.

Total
1
Shares
Related Posts
Total
1
Share