Connect with us

Cinema

DC Comics | Cadê a gravidade? Cadê as consequências?

Até hoje me pergunto porque amam o Superman das animações mas parecem odiar o personagem dos filmes novos que é exatamente como nestas séries animadas.

Publicado

em

Cabana do Leitor Colunista Avisos Opinião

Uma vez eu ouvi uma das maiores críticas cinematográficas do país, Isabela Boscov, falando sobre o filme Esquadrão Suicida, e uma frase dita por ela me marcou “os personagens da DC são mais graves que o da Marvel” ela fez esta alusão na tentativa desesperada do diretor David Ayer (por determinação do estúdio) de modificar o tom do filme dando um ar menos sombrio e mais animador ao longa.

Não pretendo ser unanimidade porque toda a unanimidade é burra, mas acredito que isso expressa cada vez mais o sentimento dos fãs da DC Comics. Não quero falar de fórmulas mas de filmes e de história, e não quero brigas, é apenas uma opinião…

A Marvel começou seu universo nos cinemas usando seus personagens classe B dos quadrinhos como Homem de Ferro, Viúva Negra, Gavião Arqueiro e Thor, personagens inclusive que não possuíam qualquer animação em TVs fechadas e abertas.

A DC começou usando seus principais personagens (o que não acho errado e sim um acerto) como o Superman num filme escrito pelos irmãos Nolan (da trilogia Batman: O Cavaleiro das Trevas) e produzidos pelos mesmos. Estes personagens escolhidos pela DC para iniciar seu universo são retratados da animação Liga da Justiça e Liga da Justiça Sem Limites, inclusive a índole destes personagens principalmente a do Superman (que na animação chega a matar o lex Luthor quando este é presidente dos Estados Unidos, briga com Átomo e Shazam em situações que se ver manipulado pelo Lex) são exatamente o que vemos nos filmes Man of Steel e BvS.

Até hoje me pergunto por que amam o Superman desta animação mas parecem odiar o personagem dos filmes novos que é exatamente como nestas séries animadas.

Liga da justiça e Esquadrão Suicida se destoaram como os únicos filmes que não parecem ser deste universo. E agora Mulher-Maravilha 1984 que parece ser um old ao Superman 1978 caminhou no mesmo ritmo. Inclusive, tá aí uma observação, as duas tentativas da Warner de tentar trazer um filme como o Superman de 1978 fracassaram para a crítica, a primeira foi o Superman de 2006.

Porém a mesma crítica pede este tipo de filme quando ver Man of Steel e Batman vs Superman dizendo que o Superman não é assim. Por isso que a Warner ao tentar agradar crítico e YouTubers vai sempre acabar não agradando ninguém, porque como diz Steve Jobs,As pessoas não sabem o que querem, até mostrarmos a elas“, quando Coringa foi anunciado muita gente questionou por que fazer um filme de origem do personagem e depois que saiu todo mundo se perguntou por que não fizeram este filme antes. A Warner não tem que dar o que o público pede, mas aquilo que eles não sabem que precisam.

Aí eu volto a fala da crítica Isabela Boscov. Estamos acostumados como fãs a vermos estes personagens errando, sejam nas animações sejam nos quadrinhos. Eles não são perfeitos, como já vimos… Erram. Daí está a gravidade destes personagens, eles são como nós, mas com poderes.

O que espero de verdade é que os filmes da DC Comics tenham está gravidade de tom e de consequências. Como nas HQs e nas animações, cada morte, cada revelação, cada perda, cada acontecimento tenham o seu próprio peso, tenham as suas consequências….

É isso que me faz ser fã da DC. A gravidade dos acontecimentos e as consequências dos mesmos, pois são personagens como nós…

Se isso é a verdade então devem sentir, sofrer, se alegrar e sorrir como a gente. Que a DC possa trilhar o caminho que todos os fãs esperam nos cinemas.

Comments