Connect with us
img 1624 img 1624

eSports

De Free Fire a League of Legends | Os seis maiores jogos de eSports do mundo

Saiba quais são os maiores jogos de eSports do mundo.

Publicado há

em

Quando pensamos em jogos eletrônicos, associamos a diversão e entretenimento. Mas na última década, esse termo também foi associado a trabalho, já que o cenário de jogos competitivos se tornou uma das profissões mais rentáveis do mercado de entretenimento, dominando legiões de players pelo mundo.

Com esse crescimento na indústria de jogos e no cenário competitivo, as possibilidades aumentam, logo que a maioria destes grandes títulos são fáceis de consumir e são completamente gratuitos, como é o caso de Free Fire e League of Legends.

Por isso, os esports se tornaram tão forte no meio eletrônico, que até mesmo redes de entretenimento para estes jogos foram criados, já que o cenário acolhe a comunidade, onde os profissionais atuam como atletas de alta performance e todos os fãs podem acompanhar ao vivo, sem precisar sair de suas casas, por meio de plataformas de streaming e canais dedicados a esta modalidade.

Por isso, criamos uma lista para você que se interessa por jogos e quer conhecer um pouco mais do cenário de esports.

6. Fortnite

f1ee9ef7 521a 478a adf8 e0cfdb395250 min

Um dos jogos mais versáteis dos últimos tempos (podendo ser jogado em consoles, computadores e celulares) e com alta popularidade, Fortnite pode não ter sido o primeiro “Battle Royale” mas é certamente o mais querido da comunidade. O título não só promete vários modos de jogo e rankings, mas também é gratuito e conta com parcerias de grandes franquias, como Star Wars, Marvel e DC, além dos shows ao vivo que acontecem, mais uma vez, de forma totalmente gratuita, como o de Travis Scott e Ariana Grande.

Mas nem só de skins e 4-fun se faz um jogo, o cenário competitivo de Fortnite também é muito forte. Fortnite World Cup, Fortnite Champion Series (FNCS) além dos torneios semanais, únicos e Copas de Criador, com várias modalidades, integram na cena de esports pelo mundo.

5.  Call of Duty: Warzone/ COD Mobile

social share zeus s4 wz min

Uma franquia extensa e já conhecida pelos gamers, Call of Duty criou uma base sólida na comunidade e tem vários títulos no cenário competitivo. Com grandes nomes como o mais novo Call of Duty Black Ops: Cold War, Call of Duty: Warzone e sua versão mobile, o COD Mobile.

Warzone é um Battle royale que bate de frente com PUBG, Free Fire ou Fortnite, já mencionado anteriormente na lista, é um jogo gratuito da franquia que também é muito forte no cenário competitivo. Além disso, sua versão Mobile não fica para trás, tendo uma comunidade a parte, com a volta do Call of Duty: Mobile World Championship 2021 que contou com um prêmio total de mais de US$ 2 milhões.

4. Valorant

Vigilia Nerd Valorant

Talvez um dos jogos de maiores sucesso dentro dos FPS táticos, Valorant, recente aposta da já conhecida no cenário competitivo, Riot Games, vem crescendo a cada dia, não só na modalidade comum mas também com o cenário feminino.

O jogo que consiste em plantar a “spike” na base inimiga e proteger seu time, com 5 jogadores que precisam não só pensar em estratégias, mas alinhar as balas com suas skills que podem virar o game. Por ser um jogo gratuito e fácil de jogar, que mistura o FPS com o carisma de League of Legends, Valorant “nasceu” nos esports, já que pouco depois do seu lançamento, recebeu três indicações ao The Game Awards e já figurou entre os 50 títulos que mais premiaram no cenário competitivo, segundo o site Esports Earnings.

3. CS:GO

csgo 586394

Counter-Strike: Global Offensive é um títulos mais jogados nos últimos anos e configura um dos maiores cenários de esports do mundo. Com a mesma premissa dos jogos antigos que fizeram a infância de gerações, o jogo consiste na mesma fórmula básica, contra-terroristas e terroristas lutando pelo espaço no mapa.

A jogabilidade imprevisível de CS:GO e sua comunidade tão unida monta um cenário gigantesco, tendo destaques como jogadores e influencers brasileiros que tem seu nome muito estabelecido fora do país, como é o caso de FalleN e Gaules.

2. League of Legends

League

Nos últimos anos, quem não ouviu falar sobre League of Legends? Os MOBAs vem de uma modificação de Warcraft III chamada Defense of the Ancients, que passou a ser comumente conhecido como Dota. Mas a partir daí foi que League of Legends nasceu. Carro-chefe da desenvolvedora Riot Games, o jogo gratuito e leve criou uma legião de jogadores pelo mundo. Com a fórmula mágica, construiu uma comunidade gigantesca, estando no mercado há mais de 10 anos, transformando nossa forma de ver o cenário de jogos eletrônicos, levando os jogos também para a televisão, e sendo reconhecido consistentemente como um dos jogos mais populares do mercado, além de liderar as visualizações na Twitch e outras plataformas por vários anos consecutivos.

O jogo consiste em dominar a base inimiga e destruir o seu nexus, levando a vitória de Summoner’s Rift. E conta com torneios regionais como LCK, LPL e CBLOL, além do Mundial de League of Legends, que une os maiores times das regiões, todos os anos, em um confronto de tirar o fôlego.

1. Free Fire

free fire

O battle royale exclusivo para celulares pode ser considerado hoje, um dos jogos mais acessíveis e queridos do meio de esports. Free Fire começou com a fórmula simples dos tão conhecidos jogos de sobrevivência, onde consiste em dominar o mapa e seus inimigos e ser o último a sobreviver. Tudo isso, podendo rodar em celulares com baixo desempenho e sendo reconhecido por ser acessível para todos, se tornando uma febre no Brasil (e talvez, mundial). Além disso, o jogo ainda abriu portas para novos “talentos” no meio, que antes não tinham condições de um computador de última geração para alcançar o novo sonho da década, ser um profissional de esports.

Free Fire conquistou públicos de todas as idades, plataformas de streaming e várias organizações de esports. Com grandes números, vieram grandes responsabilidades e hoje, o cenário competitivo é tão grande quanto sua fama em todos os cantos do Brasil.

Mas e pra você? Faltou algum jogo na nossa lista? Deixa pra gente nos comentários.

Editora de esports e jornalista do Cabana, redatora da Sakuras Esports, streamer, main Xayah e apaixonada por League.

Comments