Connect with us

séries

Desculpe o transtorno, mas preciso falar sobre Luke Cage

Diego Gustavo

Published

on

LOJA DC 4

Não irei lhes recitar dezenas de declarações de amor para este personagem, pois não foi amor à primeira vista e não me cegou quando o conheci. Ele sempre me pareceu um personagem coadjuvante, como muitos na história da nona arte, sem muito brilho, bagagem, peso, ou seja, sem muito a acrescentar, mas queriam os velhos e novos deuses que isso mudasse e passei a dar a atenção que ele tanto merece.

inicial
Luke Cage, assim como muitos outros heróis da Marvel Comics, veio para contextualizar o momento vivido não apenas pela sociedade num todo, mas especificamente desta vez á comunidade negra nos Estados Unidos, pois justamente os anos 70 marcam o início das grandes conquistas dos negros no país, que haviam conseguido com suor e sangue seus direitos civis e eleitorais depois de muita luta pelo fim da segregação racial, inclusive, até a forma como Luke adquire seus poderes na prisão se remete à outra crítica social, pois se refere aos presidiários de Tukesgee, no Alabama, que possuíam Sifílis mas foram enganados para que os médicos pudessem estudar as reações da doença caso não fosse controlada por medicação. Nos quadrinhos, o soro em questão não deforma o corpo de Cage, mas o torna invulnerável lhe garantindo um corpo à prova de balas.

Cage é a representação perfeita do blacksploitation dos cinemas nos quadrinhos, pois pela primeira vez temos um Super Herói negro protagonizando sua própria história e que vive problemas reais de sua comunidade, com policiais racistas, parceiros charlatões, trabalhos nem sempre agradáveis mas que rendiam uma grana extra, adolescência em gangues no Harlem ou a busca pela redenção após uma prisão injusta, ou seja, Luke representava com sua pegada urbana, todo o sentimento da população negra dos anos 1970 e era uma mensagem clara: Os Negros resistirão!

apos-a-parte-que-fala-sobre-a-mensagem-para-os-negros-1
Coincidência ou não, os Estados Unidos, assim como na década de 70, vem passando por fortes levantes negros nos últimos anos, em várias de suas principais cidades, que protestam contra as dezenas de mortes injustas, violência policial contra a comunidade negra e a discriminação social.

Então, trazer um herói negro para protagonizar uma série que se passa justamente em uma das áreas mais afetadas na história pelo racismo norte americano, é dizer para o jovem que vem passando por tudo isso, que novamente ele tem que resistir, pois por mais que seu corpo seja ferido, seus ideais prevalecerão, pois são à prova de balas, assim como Luke Cage.

final-do-texto

Revisado por: Bruna Vieira.

Comments