Connect with us

cinema

Diretor do novo ‘Quarteto Fantástico’ deixa projeto do spinoff de ‘Star Wars’

Edi

Published

on

Josh Trank decidiu deixar o filme de antologia Star Wars que estava programado para dirigir.

Trank foi chamado para dirigir o filme de  antologia Star Wars (o novo título oficial dos filmes Star Wars autônomos / spinoff) que está programado para ser lançado em 2018, o ano entre os lançamentos de Star Wars: Episódio VIII e IX.

Embora seja difícil imaginar por que um jovem diretor iria querer sair de um projeto de filme como Star Wars, nós podiamos perceber que Trank poderia acabar não dirigindo este filme. Tinha havido rumores há algum tempo que ele não pode dirigir, e ele nem sequer apareceu em seu painel no Star Wars Celebration, onde ele deveria se apresentar em Star Wars: Rogue One. Ele citou a pior gripe da sua vida como o motivo de sua ausência, mas parecia haver muito mais que isso.

Em uma declaração oficial Trank disse: “Depois de um ano de ter a incrível honra de desenvolver com pessoas maravilhosas e talentosas da Lucasfilm, eu estou fazendo uma decisão pessoal para avançar em um caminho diferente… Eu sei que no fundo do meu coração, eu quero perseguir algumas oportunidades criativas originais. Dito isto, o universo de Star Wars sempre foi uma das minhas maiores influências, e eu não poderia estar mais animado para testemunhar o seu futuro ao lado de meus companheiros e de milhões de fãs de Star Wars. Eu quero agradecer a meus amigos Kathleen Kennedy, Kiri Hart, Simon Kinberg e todos da Lucasfilm e a Disney pela incrível oportunidade. Que a Força esteja com todos vocês.”

Kiri Hart disse: “Foi um privilégio colaborar com Josh. Somos gratos pela energia e amor que ele trouxe a Star Wars, e desejamos a ele tudo de bom “.

Lucasfilm vai continuar a desenvolver o projeto e espero que eles anunciem um novo diretor em breve.

Comments

cinema

Crítica – Dora e a Cidade Perdida “filme bobo e previsível”

Com orçamento baixo e personagens animados, o filme não tem um CG muito bom e passa longe de ser crível em seu enredo, mas creio ser um grande sucesso entre as crianças.

Thalita Heiderich

Published

on

Em tempos de live action, por que não um do famoso desenho bilíngue e educativo da Nickelodeon?

Dirigido por James Bobin (Alice Através do Espelho) e estrelado por Isabela Moner, Dora e a Cidade Perdida apresenta Dora deixando a floresta para estudar na cidade grande, fazendo novos amigos e sendo mais uma vez levada à floresta em busca dos pais desaparecidos. Se não bastasse essa viagem, ela e os “amigos” são raptados por caçadores de tesouros e agora, além de tentar encontrar os pais, ela precisa fugir dos caçadores e encontrar a cidade perdida de Parapata.

Amigos cinéfilos: esse não é o seu filme. Mas acho que você já chegou aqui sabendo disso. 

Dora e a Cidade Perdida é um filme bobo e previsível, com roteiro fraco e muita piada de pum e cocô no meio. É pra criança. E no que se propõe… ele até que faz bem.

Traz um elenco de apoio legal, como Eva Longoria, Benicio del Toro e Danny Trejo e referencia o desenho o tempo inteiro.

Isabela Moner está entregue ao papel. Faz todas as caretas e canta feliz todas as músicas toscas do filme, parece realmente feliz em estar ali. 

Com orçamento baixo e personagens animados, o filme não tem um CG muito bom e passa longe de ser crível em seu enredo, mas creio ser um grande sucesso entre as crianças.

Cenas como a do cocô, a da animação e a da areia movediça podem levar o adulto a pensar além, mas as crianças não vêem maldade, então muita coisa do roteiro passa batido. E no final… é engraçado.

Bebe muito da fonte de Indiana Jones e chega a ser quase uma cópia de um dos filmes no final. E ele sabe que está copiando, chega a brincar com isso durante o filme.

Não vou dizer que saí da sessão satisfeita, mas confesso que pensei que sairia muito mais incomodada e no fim..

Ai, gente, deixem as crianças se divertirem num filme inocente e educativo.

Então juntem os filhos, sobrinhos, afilhados e a cambada toda e assista ao filme sem expectativas além da risada dos seus acompanhantes.

Dora e a Cidade Perdida estreia dia 14 de novembro nos cinemas.

Continue Reading

cinema

Bob Esponja: O Incrível Resgate, ganha primeiro trailer!

Vem embarcar nessa aventura!

Rebeca Pinho

Published

on

A Paramount Pictures divulgou nesta quinta-feira (14) o primeiro trailer da animação Bob Esponja: O Incrível Resgate. O filme conta com uma participação pra lá de especial, o ator Keanu Reeves. Confira no trailer abaixo:

No filme, Bob Esponja está a procura de Gary, seu caracol de estimação. Bob, vai contar com a ajuda de seu melhor amigo Patrick, para uma jornada além da Fenda do Biquíni, na esperança de reencontrar Gary. Lula Molusco, Seu Sirigueijo e Sandy Bochechas também estarão presentes no filme!

Bob Esponja: O Incrível Resgate estreia em 11 de junho de 2020.

Continue Reading

cinema

Fernanda Montenegro recusa possível convite para Animais Fantásticos 3

As filmagens Animais Fantásticos 3 terão início em fevereiro de 2020.

Edi

Published

on

By

A premiada atriz brasileira, única indicada ao Oscar, Fernanda Montenegro recusou uma possível participação dela no filme Animais Fantásticos 3, que vai se passar segundo a Warner no Brasil.

Segundo a atriz, sua agenda esta lotada, o que impossibilitaria a participação no longa, porém ela agradeceu o apoio dos fãs. Mais de 100 mil pessoas assinaram uma petição pedindo que a atriz fosse Ministra da Magia do Brasil.

Em Animais Fantásticos e os Crimes de Grindelwald segue novamente, Newt Scamander que reencontra os queridos amigos Tina Goldstein, Queenie Goldstein e Jacob Kowalski. Ele é recrutado pelo seu antigo professor em Hogwarts, Alvo Dumbledore, para enfrentar o terrível bruxo das trevas Gellert Grindelwald, que escapou da custódia da Macusa (Congresso Mágico dos EUA) e reúne seguidores, dividindo o mundo entre seres de magos sangue puro e seres não-mágicos.

As filmagens Animais Fantásticos 3, estavam marcadas para começarem ainda este ano mas, agora, terão início apenas em fevereiro de 2020.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido