Connect with us

HQs

Disfarce de Superman é colocado à prova em nova HQ

Avatar

Published

on

O disfarce utilizado por Superman, muito simples por sinal, sempre foi tópico entre os fãs mais acalorados. Para esconder sua identidade, Kal-El apenas utiliza óculos grossos, roupas normais e ás vezes postura ruim. Muitos levantam a questão de que isso não é suficiente para esconder uma identidade secreta tão grandiosa, enquanto muitos outros afirmam que ‘menos é mais’. No entanto, em Batman #36, a DC claramente mostra seu ponto.

A questão é exposta no meio do envolvimento de Bruce com a Catwoman, e como Clark está dividido entre ligar ou esperar que Bruce o chame. Em dado momento, Lois mostra interesse em conhecer Selina sendo contrariada por Clark que é relutante em deixar uma ladra saber sua identidade. Lois primeiro aponta que Bruce é um amigo confiável, e que se Batman confia nela então ele também fazer. Ao ponto em que Bruce e Selina os encontram, a ladra expõe que já sabia o segredo do repórter.

‘O cara que sempre escreve sobre o Superman, se parece com o Superman, mas com óculos e cabelo liso. Eu sou uma ladra. Eu encontro coisas que estão escondidas, lembra? Eu descobri você. Então, tudo que eu estou querendo dizer é se isso é o que vocês está debatendo… se deve ou não me falar sobre o seu segredo. Querido, eu já sei.’

BATMAN #36 já está á venda em solo norte americano.

Gamer de final de semana e colecionadora de HQ's, boardgames e consoles. Como passatempo, gosta de ler Sthepen King para seus filhos felinos.

Advertisement
Comments

HQs

Marvel Comics | Amado personagem retorna aos quadrinhos de X-Men

Como será o retorno deste mutante e quais serão os planos após sua chegada?

Jacqueline Cristina

Published

on

Os X-Men passaram por grandes transformações nos últimos anos, conseguindo sua própria nação, assim como a capacidade de “ressuscitar”, quase todo mutante morto. Como toda regra há exceção, para o grupo, se tem na forma da personagem Kate Pryde, que embora tenham feito inúmeras tentativas, não conseguiu trazê-la de volta a vida.

Atenção: Os parágrafos a seguir podem conter spoilers

Para a alegria de muitos leitores e fãs da mutante, o assunto gerou um extenso desenrolar que resultou nos acontecimentos da edição #11 de Marauders, em que Kate volta à vida graças à ajuda de Emma Frost e do fiel amigo, Lockheed, pois o processo de reavivamento havia sido parado devido às várias tentativas mal sucedidas, até que Xavier foi convencido a dar mais uma chance.

Vale lembrar que antes de seu retorno, os mutantes encaram um novo fracasso, já que Kate não sai de sua “casca”, até que Noturno diz a Frost sobre não estarem desistindo dela, ao contrário, irão guiá-la enquanto ela estiver “fora”.

É quando Emma estende a mão para Kate na casca e diz: “Sua casca nunca mexe. Estávamos esperando de o corpo vir a este mundo, mas Kate não quebra barreiras, ela as ignora”.

Neste momento, Pryde acorda dentro da casca e estende a mão, passando pela “barreira” e pegando a mão de Emma, regressando para os vivos, tendo suas memórias restauradas por Xavier. Logo, a reunião familiar se inicia, com Lockheed, aquele que mostrou à Frost o ocorrido com Kate, em ter sido traída por Sebastian Shaw, que a emboscou e matou.

Nota-se na imagem abaixo que Kate pergunta a Emma o que aconteceu, e enquanto não obtêm resposta, a mutante descobre por si só e diz: “o que quer que tenha sido quebrado… Vamos consertar isso. Juntos“.

Marauders #11 já está disponível nas lojas físicas e digitais dos EUA.

Continue Reading

HQs

Marvel Comics | Revelado um novo agente Venom

A nova edição dos quadrinhos levou Eddie Brock e Dylan para uma nova jornada com grandes surpresas.

Jacqueline Cristina

Published

on

Definitivamente o escritor Donny Cates não está para brincadeira na narrativa de “Venom Beyond”, uma vez que conduziu Eddie Brock e seu filho Dylan, em uma nova etapa numa realidade alternativa, através do portal criado pelo Criador, para descobrirem uma colmeia de simbiontes governando o mundo, através de uma equipe de “Vingadores” como executores.

É, como se percebe, Eddie não consegue ter um momento de pausa, para recuperar o fôlego neste mundo novo antes que todos os problemas cheguem, uma vez que o experimento do caçador Anti-Venom, Vírus, enlouqueceu, fazendo com que continue a perseguição mesmo após a chegada à atual dimensão.

Com o seguimento da briga entre Venom e seu inimigo através da cidade futurista, os “Vingadores” rapidamente são atraídos para a cena, em que se percebe que não são exatamente os heróis que conhecemos, já que seus uniformes carregam as insígnias do simbionte.

Em principio, Dylan é o primeiro a notar a diferença, entretanto, o conflito é aquele que revela sobre o fato de os Vingadores serem de fato simbiontes, trabalhando para “Codex”, o líder de uma “comunidade” com a qual Venom nunca esteve em contato antes. Enquanto os “heróis” capturam o Vírus, Eddie e Dylan escapam para os esgotos, em que encontram um grupo identificado como a oposição para o codex e os simbiontes.

Para surpresa dos leitores, tal equipe é liderada pelo Agente Venom, sem ninguém menos que a ex-mulher de Eddie Brock, Anne Weying, sendo um forte golpe emocional para pai e filho, uma vez que em sua linha do tempo, ela cometeu suicídio. Infelizmente, Dylan nunca a conheceu, pois ela o deixou para ser criado por Carl Brock (pai de Eddie), o qual era abusivo com ele.

Há de se destacar que a morte de Anne provocou um grande vazio na vida de Eddie e Dylan, contudo, o seu “retorno” ocasiona intrigas, visto que é uma líder em perfeita sincronia com seu simbionte, ao contrário de sua versão principal da outra realidade.  Além de, com base em sua reação ao vê-lo, há o pensamento de que ela pode ter sofrido sua própria grande perda, o qual a presença de Eddie pode preencher tal falta.

Venom #27 já se encontra disponível nas lojas físicas e digitais dos EUA.

Continue Reading

HQs

Resenha | Imperdoável – O Poder do Medo

O que aconteceria se o maior herói do mundo decidisse se tornar o pior vilão do planeta?

Avatar

Published

on

Muitos pensam “como seria bom se um herói como o Superman existisse”, mas será que seria mesmo? Com um ser tão poderoso, não poderia ser também um perigo? E é com essa premissa que vamos falar de Imperdoável volume 1, O Poder do Medo da editora Devir. A matéria não contém spoilers.

Somos introduzidos ao universo com o Plutaniano, o maior herói do planeta Terra, transtornado ou, como prefiro dizer, indiferente e sanguinário. Plutaniano, também conhecido como Tony, era o herói com semblante da paz. Aquele que você chamaria com toda a certeza de que ele salvaria o dia com sorriso no rosto e de que não há ninguém que possa chegar aos pés dele. Um herói no nível Superman e Shazam.

Como citado acima, a invencibilidade do antigo herói é comparável com os heróis conhecidos da DC Comics e isso não é atoa. O escritor Mark Waid foi o autor do premiado Reino do Amanhã e o ilustrador Peter Krause já participou das histórias do Shazam!. Trabalhar com um herói desses, já é algo do currículo dos artistas e aqui eles acertam mais uma vez.

A notícia corre a solta. Plutaniano enlouqueceu e todos os seres vivos devem tentar ao máximo se esconder dele. Se conseguirem.

O enredo nos mostra o antigo herói fazendo uma caçada a todos os seus ex-colegas de profissão, os integrantes do grupo Paradigma. Sem entendermos muito o por quê dessa caçada, um grupo dos heróis sobreviventes tentam encontrar algum meio de vencer Tony. Alguma fraqueza, medo ou motivo pelo qual ele tenha se revoltado contra a humanidade. O problema é que não tem como fugir dele e não há nada que possa ser dito para fazer com que o Plutaniano pare.

IMPERDOAVEL01_PREVIA06

A história contrasta entre passado e presente. No passado, nós e os heróis sobreviventes tentamos descobrir onde foi que tudo deu errado e, no presente, já vemos a dizimação de milhares de vítimas. Imagina você ser um herói e ter que escolher apenas 10 pessoas para continuar vivendo, já que não dá pra salvar todo mundo? Esse peso a gente sente na pele neste primeiro volume e você só saberá o que de fato está ocorrendo, quando obter uma edição.

Imperdoável – O Poder do Medo é uma boa história fora da curva. Aqui podemos ver não somente o peso de ser um herói, como as probabilidades das consequências de “dar” muito poder na mão de um indivíduo. Será que existe ser humano perfeito? Ou estamos todos fadados a sermos falhos?

Imperdoável volume 1 está disponível para compra pelo site da Amazon. Para obter sua obra é só clicar aqui.

Continue Reading

Parceiros Editorias