Connect with us

HQs

Doomsday Clock – Superman pode matar importante personagem da DC

Edi

Published

on

Doomsday Clock está sendo a minissérie em andamento mais polêmica dos últimos tempos da DC. Escrita por Geoff Johns e contando com a arte do Gary Frank e com colorista Brad Anderson, Doomsday Clock é a conclusão da linha DC Rebirth (Renascimento) lançado em 2016.

 

Há spoilers do Doomsday Clock #7 a partir desse ponto.

 

Os momentos finais dessa história não poderiam ser mais surpreendentes, e algumas revelações foram feitas, como a que o Doutor Manhattan matou Alan Scott antes de ele se tornar o Lanterna Verde.

Alan Scott é conhecido como o primeiro Lanterna Verde, após sofrer um acidente de trem que o fez obter suas surpreendentes habilidades. A sua fonte de poderes não veio de Oa como Hal Jordan e o resto da tropa dos lanternas verdes. Ao invés disso, sua origem tem como base a magia.

Isso significa que a Sociedade da Justiça da América nunca foi formada e, aparentemente, é o primeiro exemplo do personagem de Watchmen mudando a linha do tempo do universo DC, por seus próprios meios/entretenimentos.

O Dr. Manhattan teme Batman?

Em dois dos mais interessantes painéis nesta edição do Doomsday Clock, Batman diz a Dr. Manhattan: “Eu sei quem você é.” Houveram especulações a algum tempo de que ele está se escondendo em plena vista no universo DC então tem o Batman descobriu sua identidade? Jon parece visivelmente abalado por esta revelação aparente e não perde tempo em tomar aqueles de seu universo em uma viagem inesperada.

O fim de tudo

Dr. Manhattan foge para Marte e revela que ele conseguiu ver que, daqui a um mês, o Superman estará enfurecido correndo em sua direção para lhe dar (o que pode ser) um golpe mortal e o mundo desabará ao seu redor. Em seguida, tudo fica escuro e Jon é incapaz de ver o que acontecerá após o golpe. Será que o Superman conseguiu matá-lo?

Doomsday Clock está indo para seus momentos finais.

 

Advertisement
Comments

HQs

DHL volta atrás sobre “censura” da HQ ‘A Louca do Sagrado Coração’

Após denúncia da Cabana do Leitor DHL volta atrás e diz que vai entregar as HQs anteriormente censuradas pela empresa de transporte.

Edi

Published

on

By

Ontem noticiamos que a empresa de entregas DHL Express Brasil foi acusada de censura por parte da editora Veneta por se negar a entregar a HQ “A Louca do Sagrado Coração”, de Jean Giraud e Alejandro Jodorowsky.

Hoje a DHL nos informou através de uma nota os motivos que levaram a negar a entrega da HQ depois das acusações de censura. Também disse que reavaliou o pedido é que a entrega será feita.

A DHL Express (Brazil), como empresa global, realiza diariamente a logística de milhares de envios para mais de 220 países e territórios, os quais possuem legislações e políticas específicas acerca dos bens que por ele transitam.

Para garantir o cumprimento da legislação desses 220 países, bem como para assegurar a qualidade e rapidez nos serviços prestados, para cumprir com suas obrigações legais das alfândegas internacionais, tem assegurado o direito de, conforme consta em seus Termos e Condições de Transporte*, inspecionar as remessas transportadas com o objetivo de garantir a segurança e cumprimento de normativas aduaneiras e outros requerimentos legais. 

O item 4 dos Termos e Condições de Transporte assim dispõe:

 4.Inspeção  

A DHL reserva-se o direito de abrir e inspecionar qualquer Remessa sem notificação prévia, por motivos de segurança, aduaneiros ou por outras exigências legais”.

No caso da remessa enviada pela Editora Veneta, ao reanalisar o caso, avaliando maiores detalhes do envio, como país de origem e destino, o roteamento por onde o envio passará até a entrega final, informamos que a remessa não se enquadra na categoria de produto restrito para transporte. Esclarecimento já realizado com a Editora, será transportado até o destino final

Ontem a editora Veneta denunciou o que foi visto como censura da empresa DHL por se nagar a fazer o transporte da HQ.

A HQ fala sobre o respeitável professor Alain Mangel, da universidade Sorbonne, que mergulha involuntariamente em uma jornada que vai desmanchar todas as suas certezas. Em uma viagem que vai de Paris às selvas amazônicas, o leitor descobre o esoterismo das corridas de cavalo, a santidade de um traficante de drogas e o poder do sangue de Jesus. Nessa jornada, tudo é desacreditado, até o ceticismo.

Continue Reading

HQs

DHL se nega a fazer entregas da HQ “A Louca do Sagrado Coração”

A empresa de entregas DHL Express Brasil foi acusada de censura por parte da editora Veneta.

Edi

Published

on

By

A empresa de entregas DHL Express Brasil foi acusada de censura por parte da editora Veneta.

Segundo a editora a DHL se negou a fazer a entrega do quadrinho “A Louca do Sagrado Coração, de Jean Giraud e Alejandro Jodorowsky.

Em publicação no facebook a editora se manifestou:

“Informamos que a remessa 7105955231 retornou, pois o conteúdo enviado não é permitido para transporte via DHL Express”.

Do que se trata? A Veneta publicou o livro A Louca do Sagrado Coração, de Moebius e Alejandro Jodorowsky.

Uma história em quadrinhos lançada originalmente na França, no início dos anos 1990, e considerada um clássico dos dois autores, talvez a melhor obra da dupla. Por contrato, precisamos enviar alguns exemplares para a editora francesa de quem compramos os direitos. E enviamos. Mas a DHL devolveu o pacote avisando que não transporta tal tipo de conteúdo.

Ligamos para saber o que isso significa. Não transportam livros? “Não transportamos esse tipo de livro”. A nova censura vem armada de algoritmos, esquemas monopolísticos e muito dinheiro

A publicação completa se encontra aqui:

Entramos em contato com a DHL que não se manifestou.

A HQ fala sobre o respeitável professor Alain Mangel, da universidade Sorbonne, que mergulha involuntariamente em uma jornada que vai desmanchar todas as suas certezas. Em uma viagem que vai de Paris às selvas amazônicas, o leitor descobre o esoterismo das corridas de cavalo, a santidade de um traficante de drogas e o poder do sangue de Jesus. Nessa jornada, tudo é desacreditado, até o ceticismo.

Continue Reading

HQs

The Flash: Capitão Frio releva novo super poder

Pedro Augusto

Published

on

capitão frio

AVISO: O artigo a seguir contém spoilers de The Flash # 85, de Joshua Williamson, Christian Duce, Luis Guerrero e Steve Wands, à venda agora.

A experimentação perigosa de Zoom com a Speed ​​Force coincidiu com um onipotente Lex Luthor atualizando os vilões do Universo DC, incluindo os Rogues de Flash, liderados pelo Capitão Frio. Com os Rogues recém-habilitados dominando uma visão alternativa da Cidade Central, Frio revela uma habilidade secreta dada a ele por Luthor: Super-velocidade.

Havia muito tempo que se supunha que Luthor simplesmente internalizasse os respectivos poderes dos Rogues, de modo que o conjunto vilão não precisasse mais de seus vários equipamentos e armas para confrontar Barry Allen e as autoridades. Os Rogues passaram por um aumento de energia semelhante no início da era Novos52, ​​mas isso foi amplamente desfeito pelo lançamento da era DC Rebirth, com Leonard Snart mais uma vez usando sua pistola fria e seus associados criminosos também voltando a usar seus aparelhos habituais. e truques para realizar seus assaltos. Com a força de velocidade agindo de maneira irregular, o Flash e o Kid Flash foram facilmente dominados por seus inimigos atualizados.

Mais um velocista?

Com a Cidade Central conquistada e dividida entre os Rogues, a tensão contra a liderança de Frio aumentou rapidamente, levando o Planador Dourado a ajudar Barry e os outros Rogues a unir forças contra Frio e liderar um ataque contra ele. Congelando sua irmã e associados afastados, Frio revela que Luthor secretamente lhe deu super velocidade, além de sua criocinesia internalizada, e agora ele é visivelmente capaz de acompanhar o controle impulsionado por Barry sobre a Força de Velocidade, enquanto os dois rivais de longa data se preparam para lutar pelo destino da cidade central.

Capitão Frio não é o único vilão do Flash que ganhou super velocidade para combinar com o super-herói. Durante os Novos 52, ​​Gorilla Grodd revelou sua própria conexão surpresa com a Speed ​​Force enquanto liderava uma invasão da Cidade Central. No Rebirth, Grodd havia perdido essa capacidade, mas procurou acessá-la artificialmente através do uso de tecnologia experimental ao criar a organização terrorista do Buraco Negro. Depois que o Flash desmantelou a organização e derrotou Grodd, o vilão se tornou uma figura proeminente na Legião da Perdição de Luthor, investigando outras Forças recém-reveladas.

the flash

Barry precisa aprender a lidar com a Speed Force

A cidade central conquistada é revelada como parte de um mundo alternativo criado por Mirror Master, isolado do resto do DCU. Não se sabe se os novos poderes do Capitão Frio e dos Rogues se estendem além desse universo de bolso, incluindo a super velocidade de Frio. E, com Luthor e a Legião da Perdição enfrentando a derrota contra os heróis combinados do Multiverso da DC nas páginas da Liga da Justiça, as atualizações de poder dos Rogues poderiam estar enfrentando um fim eventual, juntamente com sua aliança distorcida com o onipotente Perpetua.

O Flash ainda está lidando om a Speed ​​Force radicalmente instável, mas, com o resto de seus aliados nesse universo infernal de bolsões repentinamente congelado pelo Capitão Frio, ele terá que enfrentar o Frio empoderado sozinho com seus poderes ainda em fluxo. E com Frio agora capaz de combiná-lo em velocidade, juntamente com seus poderes de gelo, o Scarlet Speedster pode ser dramaticamente superado quando ele e Frio entram em uma partida de rancor sem barreiras para derrubar a regra dos Rogues e voltar ao universo principal da DC para sempre.

O Flash # 86 chega às prateleiras em 15 de janeiro.

fonte: cbr.

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido