Connect with us
Avatar

Published

on

Battlefield também recebe inúmeras novidades neste ano, no marco de Chapter 4 dentro do jogo. Foram apresentados diversos novos mapas.

Dentre os mapas apresentados, temos Marita, na Grécia. Um mapa de tamanho médio que utiliza áreas abertas e também áreas mais fechadas para um combate mais direto.

Também vemos o grande deserto de Al Sundan, na África. Nele teremos missões no modo história, mas também estará disponível no modo multiplayer. O mapa impressiona pelo seu tamanho, nele você pode jogar o game da forma que você quiser, onde diversos tipos de estratégia são viáveis.

Este dois mapas chegarão ao game em julho, juntamente com a estréia do Chapter 4. Estes mapas estão disponíveis durante a feira para que os fãs possam conhecer e testar as novidades.

Provenza e Isla Lofoten são os novos e intensos mapas fechados, focados totalmente na infantaria e combate corpo a corpo. Estes mapas chegarão ao final do ano.

No final do ano, com o lançamento do Chapter 5, seremos transportados para o fronte da guerra no Pacífico.

Battlefield V está disponível para PC, Playstation 4 e Xbox One.

Advertisement
Comments

Games

Review | FIFA 21 “desenvolvido com muita atenção aos detalhes e maestria”

Com inovações mecânicas e melhorias de qualidade de vida, FIFA 21 surpreende pela evolução.

Avatar

Published

on

Já há tempos vem-se discutindo a necessidade de um novo FIFA todo ano, de fato os jogos anteriores trouxeram conteúdos novos, como A Jornada de Alex Hunter no FIFA 17 que durou até o 19 e que deixou saudades, ou o tão aguardado e… decepcionante VOLTA Football no FIFA 20.

Não me leve a mal, a jogabilidade do VOLTA é de fato divertida e fluída e traz de fato a experiência do que é o futebol de rua. Mas sinceramente, quando anunciado, os jogadores esperavam a volta do FIFA Street de fato.

Então FIFA 21 teve a chance de ou trazer algo novo ou aprimorar o VOLTA e deixar o mais próximo de como era o FIFA Street antigamente. Mas infelizmente a EA Games não aproveitou a chance ainda. Verdade seja dita, o desenvolvimento de games esse ano ficou bem comprometida devido a pandemia, porém, ainda esperamos ansiosos pelo retorno triunfal de FIFA Street.

Mas não se enganem, mesmo não achando o VOLTA algo que valha a pena como um conteúdo novo, não significa que não gostei de FIFA 21. Muito pelo contrário, em minha opinião o jogo é o mais polido e atencioso aos detalhes de todos os títulos da franquia até o momento. 

Sim, R$ 300,00 em um jogo que insistiu no erro do VOLTA Football parece assustador nos dias em que vivemos de crise econômica atualmente. Infelizmente o preço altíssimo é algo que vamos ter de nos acostumar, afinal, não só os títulos da EA sofreram aumento.

Outro fato que devo apontar aqui é que adição da Libertadores como exclusividade a um primeiro momento parece muito animador, mas quando decidimos jogar com times brasileiros ainda nos deparamos com jogadores genéricos, não é surpresa para ninguém, mas já está na hora da EA começar a considerar ir atrás disto.

A inesperada evolução

Agora que tirei este incômodo elefante da sala posso enfim dizer o por que ainda sim o jogo mostrou-se como um título digno de ter na prateleira (ou na biblioteca virtual).

Apesar de tudo, jogar o modo VOLTA entre amigos se mostrou muito divertido pela fluidez do modo de jogo, e afinal, quem nunca quis ver os jogadores do seu time jogando numa quadra de rua em São Paulo não é mesmo? Sim, meu caro, agora temos quadras no Brasil no modo VOLTA.

Desde que o Ultimate Team foi inserido, tornou-se o modo mais jogado pelos fãs ao redor do mundo pelo fato de poder montar o time como desejar, desde que tenha as cartas do jogadores. O modo é muito bom, e agora adicionou uma nova forma de jogar com os amigos e disputar prêmios.

Logo que ligamos o jogo, antes mesmo de chegarmos ao menu, somo colocados para jogar o fatídico duelo de PSG e Liverpool. E assim que o jogo começou pensei comigo mesmo “meu deus, está igualzinho o 20… vai valer a pena?”. Mas a verdade que 2 minutos depois eu comecei a sentir a diferença. Sim, sentir.

Talvez pela ausência de conteúdo novo, ou pela dificuldade externa, os desenvolvedores deram muita atenção aos detalhes e controles. Não só controlar um jogador em específico, como Sallah por exemplo, tornou-se único, mas também em detalhes que não imaginávamos que queríamos. E para ser sincero, depois de experimentar o que joguei no FIFA 21, não quero mais voltar para minha campanha com meu super time do Liverpool no FIFA 18.

Todo mundo que jogou qualquer um dos títulos anteriores já se deparou com a experiência de ficar craque jogando na dificuldade mais difícil contra a CPU, e achando que estava preparado, foi jogar online e levou um baile de outros jogadores. Afinal, a inteligência artificial de FIFA não era algo tão… Inteligente.

Lembro-me bem da minha campanha no FIFA 18 em que chegou a um ponto que mesmo na maior das dificuldades eu ainda goleava adversários grandes com um placar tão elástico que parecia futebol amador. E tal foi minha surpresa ao ver que o jogo está mais inteligente e desafiador. FIFA 21 levou em consideração minha habilidade nos títulos anteriores e sugeriu que eu jogasse em uma das dificuldades medianas, e aceitei para testar. E sim, a CPU jogava bem, ainda venci é verdade, porém tive dificuldade e desafio. A equipe de inteligência artificial deste jogo está de parabéns.

Alguns detalhes de controle de bola e marcação foram melhorados, a opção de drible rápido com o L1 foi uma verdadeira melhoria de qualidade de vida para o jogador, e as marcações agora são mais realistas e evitam que o jogador se perca na marcação usando os gatilhos R2 e L2 juntos.

Além disso, o modo carreira que já era muito bom teve mudança para a carreira de Manager com as simulações. As simulações de partidas eram longas e contavam muito com o fator da aleatoriedade, onde um time como o Real Madrid ganhava de 8 a 0 em cima do Barcelona e depois perdia de 2 a 1 para um time qualquer menor de pré-temporada. Desta vez há a opção de simulação rápida, que economiza muito tempo para os que querem apenas gerenciar o time. E o resultado depende muito da atenção que você dá aos jogadores do seu time e como cuida de suas evoluções.

Falando sobre a evolução de jogador na carreira, aí está o conteúdo que mais gostei deste jogo. Antes a evolução de um jogador devia-se apenas pelos treinos e “drills” que o manager ordenava que fizesse ou que controlava. Agora existe a opção de designar como a função de um jogador deverá ser evoluída, chamada de “Plano de Desenvolvimento”, você pode designar que um lateral foque em se tornar um lateral clássico, ou ofensivo, ou puramente defensivo ou até mesmo fazer ele se acostumar com o outro lado do campo. Isso permite que o Manager tenha mais poder e liberdade para fazer do time a sua cara. Posso dizer que gastei horas e horas mudando planos de desenvolvimento dos jogadores do Liverpool para se adequarem a minha forma de jogar.

Deixei por último uma consideração muito significativa. A troca de narrador para o FIFA 21. Thiago Leifert fazia sim uma boa dupla com o Caio Ribeiro, além de se darem bem, Leifert era de fato um jogador de vídeo games e conhecia o universo dos games muito bem, além é claro de ser um apresentador muito bom. Mas sejamos sinceros, apesar de seu bom trabalho, Leifert não é um narrador de futebol profissional, e a substituição para Gustavo Villani foi uma escolha muito bem vinda e que deixou o jogo bem mais imersivo na experiência como um simulador de futebol.

Conclusão

Apesar da falha com a falta de conteúdo novo e seu alto preço, FIFA 21 foi desenvolvido com muita atenção aos detalhes e maestria por parte do desenvolvedores e de fato é a melhoria de todos os títulos anteriores. Muitas horas de jogo e diversão serão proporcionadas pelas melhorias de qualidade de vida que o jogo trouxe, além da profissionalização da narração. Sim, ainda me decepciono com o VOLTA Football, mas o jogo continua sendo excepcional no que faz além disso.

FIFA 21 está disponível para XBOX one, PS4, Nintendo Switch, PC e futuramente na próxima geração também.

Continue Reading

Games

From Software lança atualização para Sekiro

Update gratuíto conta com novas skins, modo novo e melhoria para a comunidade.

Avatar

Published

on

Hoje, um novo update gratuito para o último título da From Software, Sekiro, foi lançado para os usuários de todas as plataformas. A atualização conta com desafios novos, trajes desbloqueáveis e novas maneiras de interagir com a comunidade.

Após baixar a nova atualização, os jogadores poderão enfrentar novamente os chefes já derrotados usando qualquer um dos “Ídolos do Escultor” espalhados pelo mapa, na opção de “Reflection of Strenght”. E também será possível acessar o modo “Gauntlet of Strenght” em que consiste em enfrentar todos os chefes em sequencia, conhecido como “Boss Rush”.

Não caia no erro de achar que será fácil por já ter entendido o estilo dos chefes. A From Software garantiu que alguns dos mais iconicos inimigos terão padrões e golpes novos, mais especificamente Genichiro Ashina, Father Owl e Sword Saint Isshin.

Os trajes de Tengu e Old Ashina Shinobi são os destaques da atualização, para desbloquear os trajes novos o jogador deverá cumprir certos desafios no jogo. A atualização social conta com os Remnants, em que o jogador poderá gravar até 30 segundos de sua jogatina para auxiliar outros jogadores espalhados pelo Japão devastado com as guerras do período Sengoku do Japão feudal.

Sekiro está disponível para PS4, Xbox One, Stadia e PC.

Continue Reading

Games

PS Plus terá jogos gratuitos de PS4 e PS5 em Novembro

Primeiro game da PS Plus no PS5 chegará junto com o lançamento

Avatar

Published

on

A Sony anunciou os jogos que estarão disponíveis gratuitamente na Playstation Plus no mês de Novembro. Como de costume são dois jogos para o Playstation 4, porém fomos surpreendidos com o anúncio de um jogo gratuito no mês de lançamento do Playstation 5 também.

Terra-Média: Sombras da Guerra (PS4)

Terra Média Sombras Da Guerra Xbox One Mídia Física Promoção - R$ 100,00 em  Mercado Livre

O jogo é a continuação do Terra-Média: Sombras de Mordor, baseado na obra de JRR Tolkien, o game conta a história do forjamento do Anel, além de retratand a história de Mordor, do demônio Balrog e do retorno de Sauron.

Hollow Knight (PS4)

Pega essa Análise! Hollow Knight: Voidheart Edition | Central Xbox

O famoso indie no estilo metroidvania, criado pela Team Cherry, conta a história de um guerreiro sem nome que busca nas ruínas subterrâneas e no reino dos insetos, respostas para derrotar uma corrupção causada por um deus antigo.

Bugsnax (PS5)

Veja aqui 20 minutos de Bugsnax

Esse foi um dos primeiros games a ser anunciados para PS5, nele você é um aventureiro que explora uma ilha misteriosa, ajudando os moradores e capturando criaturas que são metade animal, metade comida.

Bugsnax vai estará disponível de graça só para PS5 e poderá ser resgatado a partir do dia 12 de novembro, tendo a data limite para resgate em 4 de janeiro. Vale lembrar que é necessária uma assinatura da PS Plus para fazer o dowload.

Terra-Média: Sombras da Guerra e Hollow Knight estarão disponíveis entre os dias 3 e 30 de novembro

Continue Reading

Parceiros Editorias