Connect with us

cinema

Em Ritmo de Fuga: Edgar Wright e Ansel Elgort vieram ao Brasil!

Avatar

Published

on

Baby Driver (“Em Ritmo de Fuga” em português) é o novo filme de ação que já está em exibição nas telonas do Brasil que conta a história de Baby (Ansel Elgort) um menino que faz jus ao apelido com sua carinha inocente, mas que impressiona nas ruas com sua forma rápida e eficiente de dirigir.

*fotografias de Julianna Bettim*

Durante a coletiva na última terça-feira, o assunto principal das perguntas foi justamente a dupla dinâmica que acelera o ritmo do longa: a música e a direção. Sendo que, uma característica quase que permanente na vida de baby é a música, tanto por sua ligação direta com uma das únicas lembranças que tem da mãe, quanto pelo fato de, no acidente que levou seus pais, ter sofrido sequelas auditivas que o deixaram com um zumbido constante nos ouvidos, que é abafado pelas melodias que o acompanham.

A questão em si do problema auditivo do personagem foi algo pouco explorado. Apesar de ter um parceiro de cena com quem fala apenas em sinais, Baby pouco explora a questão de sua deficiência além de ser uma justificativa para a presença constante de sua música.

Quando perguntado sobre como Ansel se sentiu ao sair dos filmes obviamente “adolescentes” para um filme com muita ação, o ator expressou extrema alegria e até brincou que durante o mês de preparação aprendeu manobrar e quis gravar todas as cenas, mas infelizmente não o permitiram. Para compensar enquanto gravava dentro do carro, ele tentou reproduzir exatamente os mesmos movimentos que o carro faria em cena para ser o mais real possível.

Já Edgar quando perguntado sobre como foi fazer um filme com tanta presença musical e com uma playlist tão forte, o diretor se mostrou muito satisfeito já que passou anos na pré-produção do filme, e com a playlist quase que imutável desde o início. Contou também que achou ótimo o fato do filme falar por si só, visto que a maioria das cenas são contadas através de músicas e sem muitos diálogos, bem diferente de seus outros filmes que, pelas próprias palavras do diretor, costumam não funcionar muito em outras línguas do mundo devido às suas características muito ligadas aos diálogos extensos.

O Cabana do Leitor inclusive conseguiu fazer uma pergunta aos dois sobre a grande importância da música para Baby. Edgar respondeu que usou muito da influência que a música teve em sua própria vida, presente desde sua infância com os discos que seus pais tinham e seguindo a linha diretamente para Baby, que mantinha a música por perto não só por seu problema auditivo, mas também por se lembrar da mãe, inclusive tendo uma fita demo da mesma cantando.

No fim, percebemos que apesar dos problemas, Edgar e Ansel trabalharam muito para o filme e estão orgulhosos do resultado. Tanto que quem começou a campanha para vir ao Brasil divulgar foi o próprio Ansel, que tinha uma legião de fãs na porta do hotel esperando-o desde cedo, e parecia mais do que orgulhoso pelo feito conseguido por eles no Twitter junto com a Sony Brasil.

No fim, o filme é um bom exemplo de ação que vale a pena ser visto e já está em cartaz nos cinemas brasileiros, inclusive saindo um pouco atrasado com relação ao restante do mundo. Veja o trailer do filme:

Advertisement
Comments

cinema

Jornalista desmente luta entre Muher-Maravilha e Aquaman no filme do Flash

Avatar

Published

on

By

No início deste ano, o diretor Andy Muschietti confirmou que o filme de Flash de Ezra Miller adaptará a história clássica do Flashpoint, mas observou que será uma versão diferente do que os leitores de quadrinhos esperam. 

Muitos especularam que o filme de Flash de Ezra Miller será usado pela Warner Bros. para redefinir o DC Extended Universe e um novo boato da YouTuber Grace Randolph afirma que o estúdio quer que o passeio solo contenha um confronto entre Mulher Maravilha e Aquaman para “acabar com a Liga da Justiça“.

O conceito de uma batalha entre a Mulher Maravilha e o Aquaman não é inconcebível, especialmente considerando o filme de animação intitulado Liga da Justiça: O Paradoxo do Ponto de Ignição apresentou uma guerra entre as nações de Atlântida e da Amazôna. 

No entanto, Umberto Gonzalez, da Heroic Hollywood, postou uma mensagem no Twitter informando aos fãs que, dentro de fontes ditas, há “verdade zero” ao boato de uma luta entre Mulher Maravilha e Aquaman em The Flash de Ezra Miller.

Flash deve estrear nos cinemas em 2022.

Continue Reading

cinema

Zombies 2 | sequência do original do Disney Channel estreia em março

Avatar

Published

on

O novo filme original do Disney Channel Zombies 2 chega a América Latina na sexta-feira, 13 de março, e o canal prepara uma programação especial. Antes da transmissão do filme, o Disney Channel irá emitir uma série de curtas de Zombies 2Descendentes 3 (Carscendants) e sneak peek da segunda temporada de Disney Bia, que estreia em 16 de março no canal. Os fãs podem saber mais das surpresas do novo filme no trailer que foi ao ar na noite de ontem:

Zombies 2 retoma a história da líder de torcida Addison e o jogador zumbi de futebol americano Zed, apresentada no primeiro filme. Zed e Addison estão se preparando para o grande baile de formatura em Seabrook High. Mas, quando um grupo de lobisomens adolescentes liderados por Willa, Wyatt e Wynter chega em busca de uma antiga fonte de vida enterrada em algum lugar em Seabrook, o conselho da cidade se assusta e restaura as leis anti-monstro, separando Zed e Addison novamente.

Zombies 2 – Estreia dia 13 de março às 20h45

Continue Reading

cinema

Margot Robbie aprende roller derby para Aves de Rapina

Avatar

Published

on

Em Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), filme da Warner Bros. Pictures, Arlequina sofre com o término com o Coringa e busca formas de dar a volta por cima, como iniciar a prática do Roller Derby – um esporte agressivo, ágil, violento… perfeito para a personagem, mas que exigiu muito empenho da atriz Margot Robbie.

Para dar um tom mais autêntico às cenas, a atriz precisou aprender algumas técnicas menos refinadas e mais sujas da patinação em aulas com equipes reais de Roller Derby, que incluíam atletas da Angel City Derby, a principal liga de Roller Derby de pista plana de Los Angeles (e a equipe #6 do mundo), e do LA Derby Dolls, a principal liga de Roller Derby de Los Angeles.

“Não foi tão doloroso quanto patinar no gelo, mas foi difícil. Aprender mais sobre a comunidade de Roller Derby e as suas práticas foi tão adequado para o nosso filme, porque trata-se de várias mulheres que se unem, se sentem diferentes, que talvez não se sintam adequadas de uma maneira tradicional, mas elas encontraram este esporte que amam tanto. O senso de comunidade e amizade é tão intenso, e elas são muito fortes. Isto representava tudo o que estávamos fazendo no filme, então eu fiquei grata por elas fazerem parte dele”, afirma Margot

Aves de Rapina está em exibição nos cinemas.

Continue Reading

Parceiros Editorias