Connect with us

Os fãs de literatura sabem muito bem disso e os de HQs estão para redescobrir? Na próxima semana a FOX vai lança o novo Quarteto Fantástico, com muitas alterações no material de origem eu me pergunto, porque este estúdio não aborda de maneira um pouco fiel os materias de origem?

Maze Runner é um belo filme, eu particularmente gostei, mas porque a FOX deturpou grande parte do livro para faze-lo? O segundo trailer de Prova de Fogo que sai em setembro mostrou que o material de origem também foi esquecido, em um grupo uma pessoa disse “Poxa, no livro eles não fogem da base da CRUEL eles são convidados a sair… Qual é o problema de simplesmente fazerem isso no filme”. Alguns fãs de livros como Maze Runner parecem apáticos com mudanças do material de origem para as telas. Cenas espetaculares de Prova de Fogo ficarão apenas na imaginação de muita gente, pois os roteiristas com o aval da FOX não souberam ou não quiseram transformar algumas ideias para uma película cinematográfica. Um exemplo da apatia dos fãs podemos fazer uma comparação com a série Arrow. Esta semana Stephen Amell disse que “jamais usaria o Cavanhaque do Arqueiro Verde…”Fãs consideraram uma afronta de Amell, que logo depois se retratou dizendo que era uma brincadeira. Porém para a maioria dos fãs de Maze Runner, mudar todo o conceito de uma historia é normal para uma adaptação. Os fãs de Percy Jackson não tiveram a mesma sorte, os dois filmes foram medianos e não renderam absolutamente nada para a FOX que também ignorou grande parte do material de origem.

The_Scorch_Trials - ca bana do leitor

Como dito, os fãs de quadrinhos não perdoam fácil, este mês a FOX foi questionada pelo visual do Apocalipse, chegaram a comparar o visual do mutante supremo com Ivan Ooze. Ainda nem acabamos, a FOX na próxima semana lança o novo Quarteto Fantástico, com mudanças e alterações que não fizeram a alegria dos fãs da Marvel e fizeram até mesmo outros públicos torcerem o nariz. O grande problema se apresenta basicamente em mudanças significativas que existe no material de origem.

Mesmo com a DC, Marvel e Sony partindo para uma linha que acompanha em muito os seus materiais de origem, a FOX insiste em seguir um caminho inverso, tentando transformar heróis em marca para bonecos e esquecendo que sem o publico das obras originais que são os milhares, entre livros e HQs, eles não teriam hoje uma unica franquia para crescer financeiramente, em resumo, a FOX olha para o bolso e ignora seus fãs originais como se estes não fossem também o grande responsável pelas suas bilheterias.

Advertisement
Comments

cinema

Margot Robbie aprende roller derby para Aves de Rapina

Avatar

Published

on

Em Aves de Rapina (Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), filme da Warner Bros. Pictures, Arlequina sofre com o término com o Coringa e busca formas de dar a volta por cima, como iniciar a prática do Roller Derby – um esporte agressivo, ágil, violento… perfeito para a personagem, mas que exigiu muito empenho da atriz Margot Robbie.

Para dar um tom mais autêntico às cenas, a atriz precisou aprender algumas técnicas menos refinadas e mais sujas da patinação em aulas com equipes reais de Roller Derby, que incluíam atletas da Angel City Derby, a principal liga de Roller Derby de pista plana de Los Angeles (e a equipe #6 do mundo), e do LA Derby Dolls, a principal liga de Roller Derby de Los Angeles.

“Não foi tão doloroso quanto patinar no gelo, mas foi difícil. Aprender mais sobre a comunidade de Roller Derby e as suas práticas foi tão adequado para o nosso filme, porque trata-se de várias mulheres que se unem, se sentem diferentes, que talvez não se sintam adequadas de uma maneira tradicional, mas elas encontraram este esporte que amam tanto. O senso de comunidade e amizade é tão intenso, e elas são muito fortes. Isto representava tudo o que estávamos fazendo no filme, então eu fiquei grata por elas fazerem parte dele”, afirma Margot

Aves de Rapina está em exibição nos cinemas.

Continue Reading

cinema

Sonic quebra recordes e tem abertura acima das expectativas na bilheteria

Avatar

Published

on

By

Sonic”, foi exibido no final de semana do Dia dos Presidentes, com US $ 57 milhões na América do Norte e US $ 100 milhões em todo o mundo, a melhor exibição de todos os tempos para uma adaptação de videogame.

Espera-se que “Sonic” receba US $ 68 milhões até segunda-feira, uma dos melhores tour para o fim de semana de férias. O início melhor do que o esperado é ainda mais notável, pois os filmes baseados em videogames tendem a ser rejeitados pelos espectadores.

Isso poderia ter sido uma realidade para “Sonic”, se o diretor Jeff Fowler não voltasse à prancheta depois de uma imensa reação na Internet durante o primeiro trailer. O filme, que custou US $ 87 milhões, foi adiado por três meses para dar aos cineastas tempo suficiente para redesenhar o personagem-título. Foi uma decisão acertada, pois o público atribuiu ao filme um “A” CinemaScore.

“Sonic” derrotou o vencedor do fim de semana passado, a adaptação em quadrinhos da Warner Bros. “Aves de Rapina”, para o primeiro lugar nas paradas de bilheteria.

Após sua decepcionante estréia de US $ 33 milhões, a aventura de super-heróis liderada por Margot Robbie alcançou o segundo lugar com US $ 17,1 milhões no fim de semana e deve atrair US $ 19,6 milhões até segunda-feira. Essas vendas de ingressos elevariam sua carga doméstica para US $ 61,7 milhões.

Vários filmes foram exibidos ao lado de “Sonic” neste fim de semana, incluindo o drama de romance da Universal, “The Photograph”, o thriller da Sony “Fantasy Island” e o remake da Searchlight Pictures “Downhill”.

Continue Reading

cinema

Produtor Sam Raimi fala sobre “O Grito” que está em exibição nos cinemas

Avatar

Published

on

A Sony Pictures acaba de divulgar um vídeo do produtor Sam Raimi falando sobre “O Grito”, que está em exibição nos cinemas.

Sinopse: O produtor Sam Raimi traz uma nova e aterrorizante versão do clássico de horror. Dirigido por Nicolas Pesce, O GRITO é estrelado por Andrea Riseborough, Demián Bichir, John Cho, Betty Gilpin com Lin Shaye e Jacki Weaver. Com roteiro de Nicolas Pesce e história por Nicolas Pesce e Jeff Buhler, O GRITO é baseado no filme “Ju-on: O Grito (Ju-On: The Grudge)” escrito e dirigido por Takashi Shimizu. O GRITO é produzido por Sam Raimi, Rob Tapert e Taka Ichise e tem como Produtores executivos Nathan Kahane, Erin Westerman, Brady Fujikawa, Andrew Pfeffer, Roy Lee, Doug Davison, John Powers Middleton e Schuyler Weiss.

O Grito está em exibição nos cinemas.

Continue Reading