blizzard

Funcionários da Activision Blizzard assinam carta reconhecendo assédio dentro da empresa

Carta reuniu funcionários e ex funcionários da Blizzard, que condenaram a resposta da empresa.

Quase 1.000 ex-funcionários e atuais da Activision Blizzard assinaram uma carta interna criticando a resposta pública da empresa ao recente processo de discriminação de gênero.

A Bloomberg informa que uma carta que circulou entre os funcionários, critica vocalmente as declarações públicas da Activision Blizzard sobre um recente processo judicial do estado da Califórnia por discriminação de gênero. A carta chama as respostas internas da empresa ao processo de “abomináveis e insultantes”.

A carta é uma resposta a uma ação judicial movida na semana passada pelo Departamento de Habitação Justa e Emprego da Califórnia, que acusou a empresa de promover uma cultura na qual mulheres eram pagas com salários menores por trabalho igual, e colocadas em posições mais baixas do que os homens.

O processo também diz que a Activision Blizzard tinha uma cultura de assédio sexual onde colegas homens se envolveriam inapropriadamente com colegas do sexo feminino durante o horário de trabalho e eventos.

Você pode ler os detalhes completos do processo aqui e ler a carta completa publicada pela equipe da Activision Blizzard na Vice.

Até o momento a empresa não se pronunciou sobre a carta dos funcionários.

Total
46
Shares
Related Posts
Total
46
Share