Connect with us

cinema

Ícones da cultura popular: Jurassic Park vs Jurassic World

Edi

Published

on

Jurassic Park tornou-se um ícone da cultura popular ao despertar a imaginação de milhões de pessoas há 25 anos e, atualmente, Jurassic World procura alcançar esta série de sucesso.

1404271609_ae6c970893_o

Foto: Flickr

Jurassic Park como um ícone da cultura popular

O filme é conhecido por seus incríveis efeitos especiais e dinossauros animatrônicos. Trazer essas criaturas extintas à vida trouxe de volta o nosso fascínio por elas. As continuações da primeira trilogia: O Mundo Perdido: Jurassic Park (1997) e Jurassic Park III (2001), continuaram a atrair a atenção de milhões de pessoas e também deram lugar ao desenvolvimento de produtos de merchandising para o público adulto que cresceu assistindo esta saga, incluindo as múltiplas modificações disponíveis para o Jeep Wrangler Sahara, que se tornou um ícone da série, tendo uma relação direta com a ação dos filmes e sendo o principal carro encontrado dentro do parque.

Outro exemplo é o slot online da Betway que usa imagens icônicas da série, como o logo do parque com o esqueleto do T-Rex e os personagens principais, para transportar os jogadores para a Ilha Nublar. Além do mais, existem as figuras de ação dos primeiros filmes, que se tornaram itens colecionáveis de alto valor e são oferecidos para venda ao maior lance em plataformas como o Mercado Livre, para satisfazer os fãs mais nostálgicos.

A primeira série de Jurassic Park despertou a imaginação e fascínio pelos dinossauros em milhões de pessoas em todo o mundo. Jurassic Park é um dos filmes de ficção científica mais famosos do cinema e da cultura pop. Baseado no best-seller de Michael Crichton, Jurassic Park mostrou o que acontece quando o ser humano se intromete na criação. O blockbuster abriu o precedente para os filmes de dinossauros e, apesar de seus efeitos especiais agora estarem datados, eles ainda são bastante impressionantes.

11133815_446691465505655_3425615056108154052_n

Jurassic World Brasil via Facebook

Jurassic World: A saga que procura definir sua própria era

O filme Jurassic World foi lançado em 2015, dirigido por Steven Spielberg mais de duas décadas após o original e foi o quarto filme da série Jurassic. O novo mundo jurássico está localizado na ilha original, no local do parque original, e depois de vinte e dois anos está finalmente pronto para todo mundo ver. Mas desta vez com algo maior e com mais dentes para oferecer aos visitantes: assim foi criado o Indominus Rex, um híbrido altamente inteligente e agressivo, que escapa e instala caos e perigo na nova aventura do filme.

Jurassic World causou sensação durante a sua estreia e teve a quarta maior bilheteria da história, arrecadando mais de US$1.5 bilhões até que Os Vingadores: Guerra Infinita tomou sua posição se tornando um dos filmes favoritos de 2015. A segunda entrega desta nova série acaba de aparecer nos cinemas e somente em seu primeiro fim de semana Jurassic World: Reino Ameaçado já faturou mais de US$711 milhões em todo o mundo, tornando-se o terceiro filme de maior bilheteria de 2018, segundo a Globo. Para manter o público adulto entretido no mundo de Jurassic World Steven Spielberg está de volta como produtor executivo, além do retorno de Jeff Goldblum ao seu papel como Dr. Ian Malcolm, onze anos depois de sua última aparição em O Reino Perdido: Jurassic Park.

Esta nova trilogia também procura criar ícones fáceis de relacionar com a saga e, desta vez, a Mercedes-Benz ocupa o lugar dos carros utilizados dentro do parque, além de ter um logo diferente do que a primeira franquia e novos produtos de merchandising, como o recente lançamento do videogame Jurassic World Evolution para Steam, PS4 e Xbox One, que permite aos jogadores criar suas próprias combinações genéticas para abrir caminho a novos tipos de dinossauros num parque de diversões baseado na nova série. Jurassic World 3 está programado para estrear em 11 de junho de 2021, continuando com a mesma equipe que participa da nova franquia.

jurassic-park-708420_960_720

Foto: Pixabay

Os dinossauros são uma fonte de fascínio para milhões de adultos que cresceram com a Jurassic Park, e os filmes de Jurassic World estão na batalha para alcançar o mesmo nível das primeiras partes e se tornarem ícones da cultura popular.

Comments

cinema

Kevin Feige responde aos comentários de Scorsese

E a polêmica continua.

Ígor Howtelaire

Published

on

Em uma entrevista para o podcast Awards Chatter, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, comentou sobre as críticas de Martin Scorsese, que dizia que os filmes da Marvel “não são cinema”.

Kevin Feige comentou o seguinte:

“Eu discordo, acho que foi uma declaração infeliz. Todos têm uma definição diferente para cinema. Algumas pessoas não acreditam que é cinema. Todos têm direito a ter suas próprias opiniões. Todos têm direito a repetir ou escrever sobre essas opiniões, e estou ansioso para ver o que vai acontecer em seguida. Mas, nesse meio tempo, vamos continuar produzindo filmes.”

Além de Martin Scorsese, o espanhol Pedro Almódovar também criticou os longas – sua reclamação era da falta de sexualidade nas obras, enquanto Francis Ford Coppola os chamou de “desprezíveis”. Porém os comentários de Scorsese se destacaram por terem sido os primeiros, e impulsionadores do que veio a seguir.

O cineasta, Martin Scorsese publicou no início de novembro um artigo pessoal no New York Times para esclarecer suas declarações sobre a Marvel.

“Muitos filmes de franquia são feitos por pessoas de talento e habilidade consideráveis. Você pode ver isso na tela. O fato de que os filmes em si não me interessam é uma questão de gosto pessoal e temperamento. Eu sei que se eu fosse mais jovem, se eu tivesse me tornado adulto mais tarde, eu poderia ficar empolgado por esses filmes e talvez até quisesse fazer um. Mas eu cresci e eu desenvolvi um gosto por filmes – do que eles eram e do que poderiam ser – que é tão longe do Universo da Marvel quanto nós na Terra estamos de Alpha Centauri.

Para mim, para os cineastas que eu aprendi a amar e respeitar, para meus amigos que começaram a fazer filmes mais ou menos na mesma época que eu comecei, cinema era sobre revelação – estética, emocional e espiritual. Era sobre os personagens – a complexidade das pessoas e suas contradições e às vezes a natureza paradoxal, a maneira que eles ferem uns aos outros, amam uns aos outros e de repente tem que encarar a si mesmos.”

Continue Reading

cinema

Ilha da Fantasia | Reboot de terror ganha seu primeiro trailer

A antiga série dos anos 80 vai virar filme.

Daiane de Mário

Published

on

A Blumhouse divulgou nessa segunda (11) o primeiro trailer oficial do reboot de ‘Ilha da Fantasia’. Confira:

Segundo a sinopse oficial:

“O enigmático Sr. Roarke (Michael Peña) faz os sonhos secretos dos seus convidados sortudos se tornarem realidades em seu luxuoso, porém remoto, resort tropical. Mas quando essas fantasias se transformam em pesadelos, os convidados precisarão solucionar o mistério da Ilha para escaparem vivos.”

O elenco conta com Lucy Hale (Verdade ou Desafio), Michael Rooker (Guardiões da Galáxia), Charlotte McKinneyParisa Fitz-Henley e Austin Stowell.

Ilha da Fantasia estreia de 14 de fevereiro de 2020.

Continue Reading

cinema

Scoob | Nova animação ganha seu primeiro trailer oficial

Longa irá mostrar primeiro encontro entre Salsicha e Scooby.

Daiane de Mário

Published

on

Nessa segunda (11) a Warner Bros. divulgou o primeiro trailer para a animação Scoob. Além de mostrar o primeiro encontro entre Salsicha e Scooby a trama também irá revelar que Scooby tem um destino maior e mais épico do que qualquer um poderia imaginar.

A animação tem a dublagem dos atores Zac Efron (Fred), Amanda Seyfried (Daphne), Gina Rodriguez (Velma), Will Forte (Salsicha), Tracy Morgan (Capitão Caverna) e Frank Welker (Scooby). A direção fica por conta de Tony Cervone (O Show dos Looney Tunes).

Scoob estreia dia 14 maio de 2020. 

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido