Connect with us

Livros

RESENHA: A Inesperada Herança do Inspetor Chopra de Vaseem Khan

Graziele Fontes

Published

on

LOJA DC 4

Para amantes de romances policiais como eu, foi uma grande surpresa receber esse livro da editora Morro Branco, pois me pareceu que a editora tinha adivinhado o meu interesse por esse gênero literário. Logo que o livro chegou, corri para ler e não bastou a surpresa com o gênero do livro, a história não acontece nos lugares onde estamos habituados: Estados Unidos ou Inglaterra, mas acontece o contrário, a história se passa em Mumbai, Índia.

Esta é uma obra do autor Indiano, Vaseem Khan, que conhece Mumbai muito bem e, desde o início, ele faz questão de nos mostrar a cultura da Índia, os seus defeitos e também suas atrações. Nesse primeiro livro do Inspetor Chopra, nos vemos caminhando por Mumbai, conhecendo os lugares mais feios e também vemos a semelhança entre a política corrupta da India e Brasil. Foi impossível não associar com a nossa realidade. O autor não quis esconder nenhum detalhe sobre nada de ruim e também, nem as coisas boas (que somente os ricos têm o privilégio de viver).

Outra surpresa grandiosa foi perceber que o inspetor Chopra não era nenhum Sherlock Holmes (o autor é completamente apaixonado pelo mestre da dedução e se inspirou muito nele para criar o inspetor) e nenhum pouco parecido também com outro mestre do crime do qual eu sou muito fã, Hercule Poirot (pretendo falar muito dele por aqui ainda). O inspetor é sagaz, curioso e tem muita intuição. O livro já começa com ele se aposentando do cargo de Inspetor precocemente, pois sofreu um problema no coração e foi obrigado a se afastar do que mais adorava fazer que era investigar crimes.

No seu último dia de trabalho, um jovem morre e sua mãe aparece na delegacia dizendo que o filho foi assassinado, mas que nem a polícia de Mumbai e nem os médicos acreditam. Chopra fica com isso em mente, mas seus colegas de trabalho o incentivam a deixar o caso para o substituto dele e assim Chopra o faz, mas ele fica com a sensação de que falha com a sociedade e a mãe desesperada por descobrir a causa de morte do filho, que havia se afogado e, antes de sair da delegacia, ele pede uma perícia, mesmo sabendo que seu substituto que daria continuidade ou não ao caso.

Muitos pedem para a aposentadoria chegar logo para poder ficar com a família e aproveitar o restante de sua vida, mas Chopra não é assim. Nas primeiras horas do dia seguinte, o primeiro dia de sua aposentadoria, ele já se sentiu entediado e, por isso, resolveu passear e visitar os ex-colegas de trabalho. E para sua surpresa, ele descobriu que a investigação e perícia foram canceladas e a morte do rapaz foi dada como acidental, bem como “pega no flagra” o seu substituto dormindo na sala, o que o frustra demasiadamente.

E, por isso, Chopra decide investigar a morte do rapaz por conta própria. Mas antes de falar da investigação, gostaria de falar sobre outro ponto que chama a atenção na história e o que a torna totalmente singular. Ganesh. Um elefante bebê – completamente especial – que acaba se tornando um bichinho de estimação de Chopra, que herdou esse elefantezinho de seu tio como herança, bem no dia de sua aposentadoria. Ganesh conquista no instante que aparece, mas há um mistério que envolve esse elefante, primeiro porquê, o animal não come, fica quieto o tempo todo, mas acaba por ser a atração no prédio onde Chopra mora.

E embora o autor narre a história do cotidiano de Chopra, sua esposa e vizinhança, o mistério da morte do rapaz pobre ainda continua e Chopra não vai descansar enquanto não conseguir desvendar o mistério.

O autor não esquece de narrar nenhuma parte dos cenários e dos acontecimentos, mas em alguns aspectos senti a leitura cansativa, achei algumas partes desnecessárias, mas no final até que entendi um pouco o drama que foi criado em volta de Chopra e sua esposa, entretanto acho que não precisava ter essa parte na história, até porquê, ele rodou e rodou e não foi a lugar algum, mas tirando essas partes, a história é bem desenvolvida e não deixa nenhuma ponta solta. Por ser um romance policial, não senti falta de explicações e nem de detalhes, pois o autor conseguiu explicar tudo muito bem. O mistério é interessante e bem explorado, não deixa a desejar.

É uma leitura agradável e que te diverte em vários momentos. Ganesh é o que mais chama a atenção na história toda e quando o mistério sobre o elefante é revelado, você não vê a hora de ele aparecer bem mais para mostrar do que é capaz e acaba percebendo que, diferente de Hercule Poirot e Sherlock Holmes que têm parceiros normais, o parceiro do Inspetor Chopra é, na verdade, um bebê elefante e o ajuda muito nas investigações.

Divertido e misterioso ao mesmo tempo. A Inesperada Herança do Inspetor Chopra é rico em detalhes, bem colorido e a história merece ser apreciada por muitos!

LOJA DC 4
Comments