Connect with us
Alexia Menezes

Published

on

Com o resultado da final do Circuito Desafiante que rolou no último sábado, hoje (19) aconteceu a série de promoção entre os intrépidos e os golden boys, que não conseguiram a vaga direta contra o Santos. Em uma MD5 de tudo ou nada, INTZ que até então é o único time do CBLoL que nunca caiu e o time da Team oNe de muita tradição, com muita história no League of Legends.

No primeiro jogo, já tivemos um jogo equilibrado, com direito a first blood dos intrépidos. O jogo tomou um rumo totalmente complicado, por mais que os meninos de ouro tivessem algumas escolhas boas e boas lutas, estavam visivelmente travados em comparação a equipe inimiga. A INTZ acabou escalando com seus objetivos e não teve como, em menos de 30 minutos, abriram 1-0 na série.

Já no segundo jogo, tivemos um jogo cheio de altos e baixos. O começo foi totalmente da INTZ, que conseguiram um first blood em um 2×2 na top side, com uma jogada muito inteligente que parecia ser mais uma vez, jogo dos intrépidos. O problema foi que com alguns deslizes, a Team oNe mostrou seu game, começou a crescer conseguindo todos os objetivos, mesmo com a desvantagem que estavam. SkyBart que vem sendo o principal responsável pelas vitórias dos meninos de ouro, e foi o MVP da partida, acaba forçando algumas lutas que foram cruciais para que o gg acontecesse. Mesmo com a INTZ conseguindo fazer um barão escondido, não foi o bastante e a Team oNe empata a série em menos de 30 minutos.

O terceiro jogo tinha o mesmo ritmo do primeiro, a INTZ denovo com total vantagem pra cima dos golden boys. O jogo se mantém morno e em um engage, os intrépidos conseguem o quarto dragão da partida. A Team oNe precisa sair da sombra que a INTZ deixou fechando as janelas do jogo. Cada deslize fazendo com que os golden boys consigam mais espaços de mapa e oportunidades para rotacionar. Mais uma vez, os dourados abusaram dos erros do time inimigo e abriram com GG o 2-1.

No quarto jogo da série, a INTZ pela primeira vez está muito próxima do rebaixamento, é tudo ou nada. O jogo parece que vai desandar novamente, os intrépidos parecem estar com problemas de comunicação e cometem os mesmos deslizes dos outros jogos. Nos 15 minutos, a INTZ cobra uma luta fantástica que consegue trazer um pouco de vantagem pros seus jogadores. O Tay brilha e empata novamente a série no 2-2. GG INTZ!

O quinto e último jogo, como nos outros jogos, se mantém neutro. Os dourados apostam novamente na Syndra apc do pbO, conseguem um early com mais vantagem, mesmo com alguns abates para a INTZ. O jogo começa a ter uma proposta melhor, os intrépidos acabam conseguindo a vantagem novamente e o jogo começa a ficar muito difícil para o time dos golden boys. Aos 26 minutos, a INTZ conquista o barão e ganha luta que já deixa o jogo mais próximo da sua vitória. Em um final de partida emocionante, com ACE, os intrépidos vencem o jogo e fecham a série de promoção 3-2.

Team oNe fica mais uma etapa no Circuitão e INTZ tem sua vaga garantida no 2º Split do CBLoL 2020.

Redatora, streamer, arquiteta não remunerada, main Xayah e apaixonada por e-sports e League of Legends.

Advertisement
Comments

e-Sports

Valorant | First Strike conta com premiação de R$ 200 mil

Além da divulgação do prêmio, a Riot ainda anunciou uma pequena mudança dentro das datas do torneio.

Alexia Menezes

Published

on

valorant

A Riot Games anunciou nesta terça-feira (27) que o primeiro torneio oficial global de Valorant da empresa contará com uma premiação total de R$ 200 mil, com divisão por posição das equipes. O evento acontecerá de outubro a dezembro.

Boa parte da comunidade ficou chocada com o valor alto da premiação, visto que, mesmo com o grande sucesso, Valorant é um jogo novo e isso mostra não só o poder que o cenário está obtendo, mas também todo o retorno da comunidade.

Além disso, a empresa ainda anunciou uma pequena mudança dentro das datas do torneio. As Qualificatórias Finais seriam realizadas nos dias 14 e 15 de novembro. Agora, o evento começará no dia 13, quando será realizado a rodada que contará com 16 confrontos, e terminará no dia 15 sendo 4 MD3 por dia, e cada vencedor se classificará para o evento principal do First Strike. Apenas nos dois últimos dias acontecerá as transmissões da Qualificatória Final, na íntegra.

First Strike acontecerá de 3 a 6 de dezembro, em horário a ser divulgado posteriormente.

Continue Reading

e-Sports

Valorant | Cloud9 divulga nova equipe feminina

As jogadoras farão parte da Cloud9 White e foram anunciadas na conta oficial da organização americana.

Alexia Menezes

Published

on

No último domingo (25) a Cloud9 anunciou a contratação de uma lineup totalmente feminina de Valorant. As jogadoras farão parte da Cloud9 White e foram anunciadas na conta oficial da organização americana.

Confira o elenco:

Antes mesmo da nova equipe fazer parte da C9, as jogadoras já haviam conquistado vitórias dentro do cenário de Valorant, desde uma ótima atuação no Counter Logic Gaming – Blitz Open Cup, até vencendo a FTW Summer Showdown, torneio que fez parte da Série Ignição, como MAJKL Roster.

Cloud9 White já está ativa, competindo pelas classificações no torneio First Strike da Riot Games que se iniciou nesta segunda-feira (26).

Continue Reading

e-Sports

League of Legends | Qual o segredo do sucesso?

Após 10 anos, League of Legends segue sendo um dos maiores jogos da atualidade.

Avatar

Published

on

leona lol

Pode-se dizer que a indústria de jogos está em constante movimento, alguns diriam que até mais que a do cinema ultimamente. Muitos jogos surgem, inovam, copiam ou se inspiram em outros. Alguns são tão icônicos que são responsáveis por criar todo um gênero, como Dark Souls por exemplo, que cunhou o gênero “Souls-Like”.

Outros utilizam de inspirações e criam Mods que posteriormente viram jogos completos, como DOTA fez com os heróis de Warcraft III. Tudo começou em 2003 com o lançamento do incrível e inimaginável jogo lançado pela Blizzard na época. 

O surgimento do MOBA

Algum tempo após o lançamento de Warcraft III, Eul, Guinsoo e IceFrog criariam o mapa e Mod que ficaria conhecido como Defense of the Ancients, ou popularmente conhecido como DotA. Foi neste jogo em que o conceito de Multiplayer Online Battle Arena, ou MOBA, foi criado.

Por muito tempo Dota foi o único MOBA famoso e com boa receptividade. Sabe-se que antes de DotA houve um Mod para Starcraft 1, Aeon of Strife, que basicamente foi o precursor de DotA, porém DotA ficou muito maior que AoS e levou o Mod ao esquecimento logo.

League of Legends e seu Sucesso

Após alguns anos, em 2008, uma pequena empresa surgiu com apenas um único e singelo jogo, algo tão pequeno, que na época ninguém imaginaria a imensidão e força que a empresa ganhou. Sim, estamos falando sobre a Riot Games

Guinsoo foi um dos responsáveis pela criação e manutenção de League of Legends. A Riot Games até 2019 tinha apenas um jogo, o popular “LoLzinho”. Por muito tempo questionou-se como uma empresa de jogos com apenas um jogo em seu catálogo conseguiu sobreviver por 10 longos anos. Afinal, qual é o segredo do sucesso de League of Legends?

Claro, não podemos dar a receita de um jogo de sucesso como League of Legends, mas podemos analisar como o jogo chegou ao ápice. Primeiro, podemos falar sobre a diferença entre DotA e League of Legends.

DotA sempre teve um público fiel, porém o estilo do jogo afastava alguns jogadores pelo tempo que as partidas demoravam e toda a complexidade do jogo. League of Legends chegou com uma proposta de um jogo mais dinâmico e mais rápido. Isso conseguiu atrair muitos jogadores que gostaram do estilo MOBA, mas que não conseguiram jogar Dota pela complexidade.

Isso sozinho não foi o fator responsável pelo sucesso gigantesco de League of Legends, nós podemos jogar essa “culpa” também no trabalho excepcional de saber conversar e atingir o público alvo. É seguro afirmar que League of Legends desde o início soube quem era seu público alvo e como atingi-lo. Ora essa, o jogo nunca deu vantagens a quem gastasse dinheiro de verdade dentro do jogo, nunca nem mesmo cogitou em aceitar dinheiro para tornar o jogador mais forte, e mesmo assim, a receita anual da Riot não parou e não para de crescer apenas com a venda de itens cosméticos.

A proposta da gratuidade do game foi algo realmente novo na época, em 2008 era comum jogos em que você pagava para jogar e tinha tudo desbloqueado para que pudesse conseguir dentro do jogo. Ou jogos que se diziam gratuítos, mas que os jogadores que gastavam mais dinheiro tinha inúmeras vantagens em cima dos que nunca gastaram nada.

Houve uma popularização do gênero do MOBA durante um período que inúmeros jogos do gênero foram criados e lançados, foi um verdadeiro boom, qualquer coisa que pudesse imaginar, existiria uma MOBA sobre, inclusive DotA 2 foi lançado e conseguiu seu lugar de destaque no cenário.

Cenário esse que foi um grande fator de sucesso. Campeonatos de videogames já existiam, com premiação inclusive, tínhamos Starcraft, outros campeonatos menores de jogos de esportes e até mesmo o grande evento que é a EVO com jogos de luta.

Porém um dos responsáveis pelo termo E-Sport foi o League of Legends. Finalmente passou a existir times profissionais, jogadores profissionais com fãs e torcidas a ponto de finais acontecendo em grandes estádios. Claro que League não foi o único responsável pelo grande sucesso do cenário de e-sport, mas é impossível não dizer que grande parte do sucesso se deve aos campeonatos de League of Legends, dos eventos regionais até os internacionais, como MSI e o Mundial. Além disso, vimos acontecer o inimaginável, grandes times de Futebol começaram a investir em nossa comunidade e hoje temos Flamengo, Santos, Cruzeiro dentro do cenário, além dos times gringos como Paris Saint-Germain com a PSG, que inclusive jogou no Worlds deste ano.

E mesmo com a grande quantidade de jogos lançada, League of Legends sempre se manteve no topo, o reinado de League of Legends foi tão forte que por um tempo Heroes of Newerth foi o principal concorrente do LoL e hoje nem mesmo ouvimos falar sobre o jogo. Hoje o principal “concorrente” é DotA 2, afinal são os dois jogos que souberam como tratar seu público e, além de tudo, souberam como sempre estar renovando dentro do jogo. Entretanto, League segue sendo o jogo com mais espectadores em todas as plataformas de streaming.

O sucesso e a atenção que a Riot Games teve com o público foi tanto que em seu aniversário de 10 anos a empresa anunciou uma série de novos jogos e novidades referentes ao universo de League of Legends, até mesmo um filme documentário e o Anime. Valorant e Legends of Runeterra foram os primeiros produtos desta nova fase da empresa, e em pouco tempo ambos os jogos já tem uma base sólida de fãs e jogadores, com uma comunidade forte que vem aumentando todos os dias. E se ambos conseguirem o sucesso que LoL conseguiu, a empresa ainda vai comemorar vários aniversários.

League of Legends e toda a franquia da Riot Games continua gratuita para jogar e não há pretensão da empresa de abandonar esta proposta.

Continue Reading

Parceiros Editorias