Ilustrador brasileiro Joe Bennett e demitido da Marvel

Joe Bennett é contratado por “supremacista branco” após ser demitido da Marvel

Ilustrador Joe Bennet assinou contrato com editora coordenada por supremacista branco.

O ilustrador brasileiro Joe Bennett foi demitido da Marvel, mas já tem um novo emprego, ele vai trabalhar para, Vox Day, considerado um supremacista branco.

Quem deu a notícia foi no próprio blog do editor Vox Day, Joe Bennett se junta à Arkhaven Comics que é de Theodore Robert Beale (Vox Day).

LOJA DC 4

Beale, mais conhecido por alguns pelo seu pseudônimo Vox Day (e para outros como Teddy Spaghetti), também foi descrito como um supremacista brancomisógino e racista. Beale já disse por exemplo que os homens negros são “500 vezes mais propensos a possuir uma variante genética que está ligada à violência e agressão do que os homens brancos americanos”.

Ele também disse que as mulheres não devem ter o direito de votar porque “elas estão significativamente inclinadas a votar em quem elas preferem foder”, e que a sociedade é prejudicada quando as mulheres são educadas além do ensino médio.

Beale elogiou o “golpe altamente eficaz” do assassino em massa norueguês Anders Breivik contra a máquina política, escreveu que ele poderia ser considerado um “herói”. Admitindo que Breivik “fez uma coisa terrível” ao assassinar 77 pessoas, a maioria crianças, Beale então argumentou que as crianças não eram inocentes, mas políticos.

“De qualquer forma, minha expectativa é que, se o Ocidente e a Noruega sobreviverem ao confronto contínuo de civilizações, Breivik será considerado seu primeiro herói”escreve.

Ele afirma que é um nacionalista cristão e negou ser intolerante. Ele disse ao Daily Dot que se identifica publicamente como nativo-americano e, portanto, considera o rótulo “supremacista branco” como “ofensivo“.

vinha

A Marvel Comics demitiu o artista e soltou uma curta nota dizendo que Bennett não estaria trabalhando em “nenhum projeto futuro da Marvel” e que ele havia sido dispensado de suas funções.

Benedito José Nascimento, nascido no estado do Pará, teria produzido um desenho polêmico em 2017, que representava apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Além disso, uma página inteira repleta de mensagens antissemitas, as quais teriam sido publicadas em fevereiro deste ano na revista O Imortal Hulk, também voltaram a circular nas redes sociais motivando a sua demissão da Marvel.

Antes de ser demitido, Bennett trabalhava na primeira edição de Timeless e acabou sendo substituído por Greg Land.

Total
35
Shares
Related Posts
Total
35
Share