Connect with us

cinema

Justiça americana aprova a compra da Time Warner pela AT&T

Nesta terça-feira, o juiz federal permitiu que a fusão avançasse sobre o protesto do governo.

LOJA DC 4

O juiz da Corte Distrital dos EUA, Richard Leon, emitiu sua decisão no histórico processo antitruste sobre a fusão de US $ 80 bilhões entre a AT&T e a Time Warner. Nesta terça-feira, o juiz federal permitiu que a fusão avançasse sobre o protesto do governo.

O julgamento em si apresentou  visões concorrentes  do futuro da indústria de mídia. O governo argumentou que a fusão da AT&T/TW significaria que os consumidores teriam que pagar centenas de milhões de dólares a mais por programas populares, como o torneio de basquete universitário March Madness.

Como a AT&T também é dona da gigante de TV por satélite DirecTV, a equipe de julgamento do Departamento de Justiça liderada por Craig Conrath descreveu preocupações de que, uma vez sob o comando da AT&T, a TW estaria mais disposta a reter conteúdo nas negociações de licenciamento com rivais de cabo e satélite. O governo também sugeriu que a AT&T usaria seus novos ativos para impedir o crescimento de MPVDs virtuais.

AT&T e Time Warner, representados por uma equipe jurídica liderada pelo advogado Daniel Petrocelli, argumentou que a acusação do governo era falha, e que se houvesse alguma preocupação sobre as exigências de licenciamento enormes e a possibilidade de retirada de determinado conteúdo, ia resolvido por uma oferta mediante a arbitragem com distribuidores terceirizados para chegar a um acordo com a Turner. Os réus também colocaram o  CEO da TW, Jeffrey Bewkes  e o  CEO da AT&T Randall Stephenson no banco das testemunhas para defender a fusão como um baluarte necessário diante da competição agressiva de publicidade de gigantes digitais, incluindo Amazon, Google e Facebook e competição de conteúdo da Netflix e do Youtube.

Agora que o juiz proferiu sua decisão, as partes passam para a próxima fase. Embora a AT&T e a TW tenham um prazo de até 21 de junho para concluir a fusão, a opinião do juiz pode ser levada ao Tribunal de Apelações para uma análise mais aprofundada.

Enquanto isso, grandes distribuidores como Comcast, Verizon, Charter e outros vão ler atentamente a decisão completa de Leon e decidir como proceder nas licitações para a Fox, CBS, Viacom, Discovery, Lionsgate e outros gigantes de conteúdo.

LOJA DC 4
Comments