Connect with us

Fandom

Lego Batman | J.K Rowling participou da criação do vilão Voldemort no filme

Published

on

LOJA DC 4

*AVISO: Esta matéria contém spoilers do filme Lego Batman!*

Depois de alguns áudios e vídeos que mostravam a possível aparição de vilões de outras franquias além dos já conhecidos no universo de Batman nas HQs, entretanto ninguém esperava pelo que veio parar nas telonas.

Aproveitando a tal da Zona Fantasma que Superman prende meio mundo, o Coringa decidiu armar um plano maligno e deu um jeito de se enfiar lá, ignorando todos os vilões que existem em Gotham, procurando novos amigos para provar que sim, ele era o arqui-inimigo do homem-morcego. Logo, ele estava rodeado dos vilões mais conhecidos do cinema, incluindo gente como Úrsula, a vilã de A Pequena Sereia, Gremelins, King Kong, Sauron, e até mesmo Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado, Lorde Voldemort.

A aparição de cada um deles é uma diversão à parte, principalmente nas falas cheias de referências aos seus próprios universos, até mesmo um “Wingardium Leviosa” sai de Voldemort, que é um dos vilões com mais destaques, e também não era para menos: J.K. Rowling estava envolvida diretamente na direção em que seu personagem tomaria no filme.

Segundo a entrevista que Chris McKay deu a EW, a escritora não criticou ou mudou nada que lhe foi enviado para aprovação, mas deu dicas valiosas para o personagem.

O próprio Ralph Fiennes, que interpreta o lorde das trevas nas telonas, está no filme, mas a voz do vilão ficou por conta de Eddie Izzard já que Ralph já fazia outro personagem: o mordomo mais amado dos quadrinhos, Alfred Pennyworth.

Comments