liga da justica de zack snyder

Liga da Justiça de Zack Snyder diminui impacto de Falcão e Soldado Invernal

O lançamento da Liga da Justiça de Zack Snyder perto da estreia de uma das séries mais importantes do Disney+ não deve ser tratado como mero acaso

Parece que não importa, o quão significantes possam ser os lançamentos da DC Comics sob a batuta de Zack Snyder, eles jamais serão unanimidades para o público nerd e principalmente os que já não gostam do Universo DC nos cinemas, mas seja para criticar ou elogiar, Liga da Justiça de Zack Snyder se tornou tendência mundial nas redes sociais.

O primeiro grande filme original da plataforma HBO Max (que chega por aqui em junho) está sendo um dos assuntos mais comentados no Twitter e nas redes sociais, no Twitter a tag #ReleaseTheSnyderVerse está há dias entre os trading topics, enquanto a mais nova série da Disney e Marvel Studios mal são mencionadas com a mesma intensidade que o novo filme da DC.

Mesmo WandaVision teve mais impacto, porém vale ressaltar que justamente a série da Disney Plus da Feiticeira Escarlate não tinha qualquer concorrência na sua época de lançamento.

O lançamento do filme perto da estreia de uma das séries mais importantes do Disney+ não deve ser tratado como mero acaso, WarnerMedia e Disney estão lutando para conseguir cada vez mais assinantes para seus próprios serviços de streaming, então estes lançamentos um perto do outro devem ser tratados como uma forma de competição direta entre as duas.

Nos cinemas a Marvel e DC Comics também tiveram seus duelos, a DC lançou seu primeiro filme de um universo conectado, Batman vs Superman e a Marvel alguns meses depois entregou Guerra Civil, a Marvel utilizou um dos arcos mais importantes dos quadrinhos talvez até fora do tempo para competir diretamente com uma das rivalidades mais aclamadas da DC Comics.

Marvel no primeiro confronto direto entre as duas venceu, com Guerra Civil sendo muito elogiado pela crítica (fator importante para o sucesso do filme e sua bilheteria) e Batman vs Superman sendo bombardeado. Agora parece que quem leva a melhor é a HBO Max diante da Disney+.

Em Liga da Justiça de Zack Snyder, determinado a garantir que o sacrifício final do Superman (Henry Cavill) não fosse em vão, Bruce Wayne (Ben Affleck) alinha forças com Diana Prince (Gal Gadot) com planos de recrutar uma equipe de metahumanos para proteger o mundo de um ameaça de proporções catastróficas. A tarefa se mostra mais difícil do que Bruce imaginava, pois cada um dos recrutas deve enfrentar seus próprios demônios do passado antes que possam finalmente formar uma liga de heróis sem precedentes. Porém, pode ser tarde demais para Batman (Affleck), Mulher Maravilha (Gadot), Aquaman (Jason Momoa), Cyborg (Ray Fisher) e The Flash (Ezra Miller) salvarem o planeta dos vilões Steppenwolf, DeSaad e Darkseid e seus planos malignos.

Durante o evento DC Fandone no ano passado, Zack falou mais sobre os detalhes do novo corte. Para ele, todos os heróis são solitários: Batman em sua caverna, Mulher Maravilha sem Steve, Flash em seu laboratório, Aquaman longe de casa e Ciborgue tentando se entender como meio humano e meio máquina. Segundo Snyder, lidar com todas essas personalidades diferentes foi importante para uma grande parte do filme, assim como ver todos juntos no final como uma família.

Neste novo corte, podemos esperar uma nova visão do Ciborgue e do Flash. Segundo o diretor, “Ciborgue está no coração do filme. Acredito que é ele quem mantém todos juntos no final”. Os fãs também poderão ver um lado diferente do Flash, mais emocional e intenso, além dos novos usos de seus poderes.

O filme está disponível para aluguel em plataformas digitais como Apple TV, Claro, Google Play, Looke, Microsoft, Playstation, Sky, Uol Play, Vivo e WatchBr por três semanas, para ser assistido quando e onde você quiser

Após 8 de abril, o título retornará ao catálogo da HBO Max, que será lançado em junho de 2021.

Total
118
Shares
Related Posts
Total
118
Share