Connect with us

cinema

Mercúrio morreu e já foi tarde

Agustin Castro

Published

on

Essa é a coluna é a mais ingrata de escrever. E cada dia tá ficando difícil. Por que ela trata sempre da imbecilidade dos fãs ou dos que se acham fãs. Deve ser mais ou menos como a sensação de ser colunista policial e a cada dia ver crimes mais bárbaros e não ter esperança da situação melhorar. E eu verifico a mesma coisa navegando nos grupos de Whatsapp nos grupos do Facebook e em outros grupos estrangeiros.

O problema de hoje será sobre Vingadores 2- Era de Ultron e não é mais. Este filme trouxe mais problema do que diversão cada vez que eu vejo pessoas que assistiram. A Marvel fez um baita trabalho (ok, não tão bom quanto o primeiro Avengers ou o Soldado Invernal) e taca duma vez só quase dez Vingadores numa cena de luta contra centenas de robôs assassinos e outras tomadas intensas, salvam uma cidade inteira (acho exagero isso também) e pelo menos para ficar mais realista, o filme apresenta uma única baixa na equipe!!! Massa, isso é legal! Quem entra na chuva é pra se molhar! Mas aí ainda tem gente que vai pras redes sociais chorar a morte do defunto Mercúrio.

No primeiro filme  dos Vingadores, houve a morte do agente Coulson e muita gente ficou triste pois incrivelmente o personagem trouxe carisma já que ele vinha aparecendo em filmes anteriores e a história da sua morte e posterior ressurreição foi desenvolvida em Agentes da S.H.I.E.L.D. Mas será que se a Marvel usasse isso de não matar seus personagens  iria funcionar por muito tempo em convencer de um universo de heróis mas dentro do universo real?

Mercúrio foi a baixa deste segundo filme. Uma morte heróica, emocionante e impactante, mas mesmo assim os fãs foram chorar na net a morte do Mercúrio. Cinquenta postagens com o personagem perguntando se achavam que o cara deveria voltar, se ele tava morto mesmo? Que era uma injustiça, que a Marvel não poderia fazer isso, bla bla etc etc piriri pororo waka waka e muito mais.

VÃO SER CHATOS ASSIM NO INFERNO BANDO DE MIMIZENTOS DO CÃO!!!

Não quer ver herói morrendo vá ler turma da Mônica, Luluzinha, Disney. Disney!!!  A dona da Marvel é a Disney!!! Então vocês querem que ninguém morra mais no final dos filmes, que a Disney coloque um final feliz em todo filme aonde todos cantam e dançam juntos no final?  Vai tomar no cú, caralho!!!!!

Dá nojo essa imundície travestida de fã, as viúvas do Mercúrio, assim como os punheteiros da viúva, as maria-martelo do Thor, que compram um ingresso, assiste ao filme vai em casa entra na rede social para chorar mazela por um personagem. Pra dar um fim nessa esculhambação, o presidente da Marvel Studios , o Kevin Feige, já talvez puto com os mimizentos, avisa que em uma cena  alternativa, o Mercúrio  estava vivo, mas que como não entrou na edição final do filme, então ele continuará morto!!! MORTO!!!MORTO!!!! MORTO!!! MERCÚRIO IS DEAD!!! Nunca fiquei tão feliz com a morte de um personagem e não por causa dele, mas dos fãs nojentos que ele atraiu, a pior escória que se pode ter como público espectador.

 Vai!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mas depois do que o Kevin Feige disse, você acha que os “fãs” ficaram satisfeitos? Ficaram dizendo que era mentira, brincadeira e ignoraram o que o cara-manda-chuva-da-bagaça-marvel disse!!!! PQP!!! Tu quer o que? Que mate o ator e enterre pra comprovar que não tem mais Mercúrio? Só porque o cara tem contrato pra sei lá quantos filmes? E se isso for  mentira só pra não entregar que ele ia morrer? E se ele quiser fazer outro personagem já  que é só tingir o cabelo de outra cor?

E o mais importante: isso muda alguma coisa na tua vida, ser miserável?  Um mês antes do filme ninguém queria saber do merda do Mercúrio, um lixo de personagem, um bolha que perde pro Kid Flash e agora parece que tu é viúva do cara? Não consegue dormir direito por que ele te faz falta? Vai rasgar os pulsos ( sempre na vertical os cortes viu, gente?), vai fazer o que?

Essa geração escrota que tá aí  merece mesmo é filme da Disney  com borboletas, musicais e finais felizes. A Disney tá trazendo ótimos produtos com a Marvel Films , não mudou a característica dos personagens e está de parabéns pela Iniciativa Vingadores. O Aaron Taylor-bebê-Johnson também de parabéns juntamente com Joss Whedon, afinal aquele é o Mercúrio dos quadrinhos, rápido mas não exageradamente veloz como o mostrado pela Fox em Dias de um Futuro Esquecível que tá mais pra uma versão do Flash.

Sempre achei que se bem feita, a morte de um personagem traria um efeito e até por que como já disse, é normal haverem baixas até do lado dos mocinhos. Mas depois de tanta churumela, não duvido que os “fãs” possam influenciar a acontecer aquilo que todo mundo tinha medo de que a Marvel virasse quando a empresa do Mickey Mouse comprou a casa das idéias. Afinal eles são os consumidores e a Marvel quer vender o produto principalmente se surgir um mercado de viúvas do Pietro? Quer Mercúrio, pois sirva-se:

Físico, nerd, quadrinheiro e dono do Enquadrinhados - enquadrinhados.blogspot.com.br Sua frase preferida é “Só pode haver um”. Qualquer dia desses ele perde a cabeça.

Comments

cinema

Kevin Feige responde aos comentários de Scorsese

E a polêmica continua.

Ígor Howtelaire

Published

on

Em uma entrevista para o podcast Awards Chatter, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, comentou sobre as críticas de Martin Scorsese, que dizia que os filmes da Marvel “não são cinema”.

Kevin Feige comentou o seguinte:

“Eu discordo, acho que foi uma declaração infeliz. Todos têm uma definição diferente para cinema. Algumas pessoas não acreditam que é cinema. Todos têm direito a ter suas próprias opiniões. Todos têm direito a repetir ou escrever sobre essas opiniões, e estou ansioso para ver o que vai acontecer em seguida. Mas, nesse meio tempo, vamos continuar produzindo filmes.”

Além de Martin Scorsese, o espanhol Pedro Almódovar também criticou os longas – sua reclamação era da falta de sexualidade nas obras, enquanto Francis Ford Coppola os chamou de “desprezíveis”. Porém os comentários de Scorsese se destacaram por terem sido os primeiros, e impulsionadores do que veio a seguir.

O cineasta, Martin Scorsese publicou no início de novembro um artigo pessoal no New York Times para esclarecer suas declarações sobre a Marvel.

“Muitos filmes de franquia são feitos por pessoas de talento e habilidade consideráveis. Você pode ver isso na tela. O fato de que os filmes em si não me interessam é uma questão de gosto pessoal e temperamento. Eu sei que se eu fosse mais jovem, se eu tivesse me tornado adulto mais tarde, eu poderia ficar empolgado por esses filmes e talvez até quisesse fazer um. Mas eu cresci e eu desenvolvi um gosto por filmes – do que eles eram e do que poderiam ser – que é tão longe do Universo da Marvel quanto nós na Terra estamos de Alpha Centauri.

Para mim, para os cineastas que eu aprendi a amar e respeitar, para meus amigos que começaram a fazer filmes mais ou menos na mesma época que eu comecei, cinema era sobre revelação – estética, emocional e espiritual. Era sobre os personagens – a complexidade das pessoas e suas contradições e às vezes a natureza paradoxal, a maneira que eles ferem uns aos outros, amam uns aos outros e de repente tem que encarar a si mesmos.”

Continue Reading

cinema

Ilha da Fantasia | Reboot de terror ganha seu primeiro trailer

A antiga série dos anos 80 vai virar filme.

Daiane de Mário

Published

on

A Blumhouse divulgou nessa segunda (11) o primeiro trailer oficial do reboot de ‘Ilha da Fantasia’. Confira:

Segundo a sinopse oficial:

“O enigmático Sr. Roarke (Michael Peña) faz os sonhos secretos dos seus convidados sortudos se tornarem realidades em seu luxuoso, porém remoto, resort tropical. Mas quando essas fantasias se transformam em pesadelos, os convidados precisarão solucionar o mistério da Ilha para escaparem vivos.”

O elenco conta com Lucy Hale (Verdade ou Desafio), Michael Rooker (Guardiões da Galáxia), Charlotte McKinneyParisa Fitz-Henley e Austin Stowell.

Ilha da Fantasia estreia de 14 de fevereiro de 2020.

Continue Reading

cinema

Scoob | Nova animação ganha seu primeiro trailer oficial

Longa irá mostrar primeiro encontro entre Salsicha e Scooby.

Daiane de Mário

Published

on

Nessa segunda (11) a Warner Bros. divulgou o primeiro trailer para a animação Scoob. Além de mostrar o primeiro encontro entre Salsicha e Scooby a trama também irá revelar que Scooby tem um destino maior e mais épico do que qualquer um poderia imaginar.

A animação tem a dublagem dos atores Zac Efron (Fred), Amanda Seyfried (Daphne), Gina Rodriguez (Velma), Will Forte (Salsicha), Tracy Morgan (Capitão Caverna) e Frank Welker (Scooby). A direção fica por conta de Tony Cervone (O Show dos Looney Tunes).

Scoob estreia dia 14 maio de 2020. 

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido