Connect with us

É incrível como a atriz Meryl Streep continua a encantar e emocionar sua legião de fãs ao redor do mundo. A próxima personagem da atriz será Ricki, no filme “Rick and the Flash”, uma mãe roqueira que abandonou a família para realizar o sonho de se tornar uma estrela de rock. Entretanto, sua filha Julie, que será interpretada pela atriz Mammie Gummer (filha de Meryl Streep na vida real) está se divorciando e passando por problemas psicológicos. Desta forma, o ex-marido de Ricki, Pete (Kevin Kline) pede para que a ex mulher volte para Chicago, com o intuito de ajudar na recuperação da filha.

Como se não bastasse a excelente atuação de Streep, a vencedora do Oscar vai cantar e tocar guitarra de verdade. Não é a primeira vez que ela interpreta personagens que cantam. A atriz já estrelou musicais como “Mama Mia!” e “Caminhos da Floresta”. Foi divulgada uma das músicas originais da trilha sonora do filme. A faixa “Cold One” foi foi composta por Jenny Lewis e Johnathan Rice.

Além de “Cold One”, Meryl Streep cantará versões de outras músicas famosas no filme, como “I Still Haven’t Found What I’m Looking For”, do U2 e “Bad Romance”, da Lady Gaga.

“Ricki and the Flash” tem estreia agendada para 3 de setembro desse ano.

Confira o trailer do filme:

Advertisement
Comments

cinema

Morre o cineasta Zé do Caixão

Avatar

Published

on

By

Morreu hoje o cineasta José Mojica Marins, popurlamente conhecido como Zé do Caixão.

 A informação foi confirmada pela filha do diretor a Folha de São Paulo. A causa da morte foi broncopneumonia.

Zé do Caixão foi um cineasta, ator, roteirista de cinema e televisão brasileiro mais conhecido como Zé do Caixão, seu personagem mais famoso. É considerado o maior cineasta brasileiro de todos os tempos e “pai” do terror nacional, tendo sua obra grande importância mundial para o gênero, influênciando várias gerações.

Nascido em uma sexta-feira 13, Mojica é considerado um dos mestres do terror em escala mundial. Originalmente a crítica desprezou seus filmes.

Zé do Caixão ganhou fama com o filme A Meia Noite Levarei a Sua Alma, que gerou mais dois filmes (Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver, de 1967, e Encarnação do Demônio, de 2008), abraçando varias outras mídias como séries e quadrinhos.

Zé do Caixão, morre aos 83 anos.

Continue Reading

cinema

Mulan | O Imperador vai lutar no live-action

Avatar

Published

on

By

O remake de Mulan, live-action da Disney, apresentará uma grande mudança em relação à animação original – um Imperador que luta.

O Imperador está sendo representado pelo icônico ator de artes marciais Jet Li (também ex-campeão de Wushu), que fará muito mais do que apenas sentar-se no trono.

Em declarações ao Empire, o produtor Jason Reed disse: “Jet Li é um dos maiores mestres de Wushu de todos os tempos. O Imperador não se senta apenas no trono e lê pergaminhos em nosso filme“.

“O próprio Jet tem um coração enorme e uma alma palpável, mas ele é um guerreiro, ok? Então, em algum momento do filme, ele vai sair do trono e vai lutar”

Nós já sabemos que o remake da live-action será um pouco diferente do original. E no trailer mais recente de Mulan , tivemos um vislumbre de um vilão novinho em folha que certamente não estava no original.

Nesta versão, os hunos têm uma poderosa bruxa chamada Xian Lang à sua disposição, que parece pronta a apresentar um tipo completamente diferente de ameaça.

Continue Reading

cinema

Crítica – O Chamado da Floresta “O cachorro de CGI agrada”

Avatar

Published

on

O longa é uma adaptação de um homônimo clássico literário norte americano, uma obra que conta a história de Buck, um grande São Bernardo que foi levado de sua casa na Califórnia e vendido para puxar trenós em Yukon, no extremo-oeste do Canadá durante a corrida do ouro no Alasca.

Um ponto interessante foi a escolha da direção por fazer Buck e os outros cachorros serem CGI, o que nos dá uma segurança que nenhum animal foi ferido ou abusado durante as filmagens. Outro ponto é que o Harrison Ford, apesar de estar no trailer e no cartaz do filme, só entra na história de fato na segunda metade da película.

O filme retrata a jornada do cachorro que era mimado e vivia na família rica do Juiz Miller (Bradley Whitford), sendo sequestrado, levado para longe de casa, tendo que puxar trenós durante o inverno, aprendendo a lidar com outros cachorros e seus companheiros de viagem, o carteiro Perrault (Omar Sy) e sua parceira Mercedes (Karen Gillian).

Ele aprende a se impor, a lutar pelo que acredita e defender sua matilha até que o carteiro precisa ir embora e todos os cachorros são vendidos. Quando seu terceiro dono tenta abusar da força é quando John Thornton (Harrison Ford) entra em cena e fica com o cachorro para si. A jornada final de John e Buck mostra o quanto o cachorro amadureceu e está mais próximo de sua verdadeira natureza, ser um cão livre e viver com sua matilha.

Com um visual incrível ao retratar a paisagem e a natureza do Alasca dentre o inverno e a primavera. Atuação muito consistente de Harrison Ford e ótimas participações de Omar Sy e Karen Gillian. O roteiro é muito bem desenvolvido ao acompanharmos Buck superando todos os desafios de sua jornada como um verdadeiro herói.

Quem gosta de aventuras emocionantes e filmes sobre cachorros é uma ótima pedida. Um longa que nos faz sair do cinema com um quentinho no coração.

O Chamado da Floresta estreia nos cinemas dia 20 de fevereiro.

Continue Reading