Connect with us

cinema

Mogli – O Menino Lobo “Carrega a essência da animação clássica consagrada pela Disney”

Avatar

Published

on

É difícil encontrar alguém que desconheça a história de Mogli, o menino órfão que é criado por lobos no coração de uma floresta na Índia Central. A história de Rudyard Kipling já teve algumas adaptações para as telonas, a mais famosa delas sendo a animação clássica da Disney de 1967. Depois do sucesso dos remakes live action de “Malévola (2014) e Cinderela (2015), chegou a vez de revisitarmos a história do menino lobo sob um novo olhar na nova empreitada dos estúdios Disney.

O visual e a ambientação do filme são deslumbrantes e a maior parte foi construída em computação gráfica. O único elemento live action é Mogli, interpretado pelo estreante Neel Sethi com a naturalidade de um veterano. Surpreendentemente o 3D foi bem aproveitado em alguns momentos chave do filme, transportando o espectador para dentro das cenas através dos elementos da natureza como a chuva e uma neblina.

A história dessa nova versão é bem mais elaborada do que a da animação de 67 e mais próxima ao texto original de Rudyard Kipling, e isso deu a chance de vários personagens serem mais bem desenvolvidos e mostrarem ao que vieram. O melhor exemplo disso é o tigre Shere Khan, dublado por Thiago Lacerda, que marca presença no filme desde os primeiros minutos. O tigre afetado e meio bobão que só aparece no final da animação clássica em nada se parece com o predador implacável desta versão, que fica tão obcecado em pôr as garras no menino que recorre à violência mesmo quando esta não é necessária. A alcateia onde Mogli foi criado e que só aparecia nos primeiros minutos da animação também ganha mais espaço nesse filme, e a presença deles nos permite visualizar com mais clareza o dilema de Mogli entre agir como um lobo ou confiar nos seus próprios instintos humanos.

Enquanto alguns personagens aparecem mais, outros como a cobra Kaa, aqui dublada por Alinne Moraes, perdem espaço. A cobra é uma das personagens que mais chama atenção nos trailers, porém só aparece em uma cena do filme e acaba funcionando como narradora, apresentando o passado de Mogli a ele e ao público. A construção perfeita da personagem pela Disney junto à dublagem envolvente de Alinne torna a aparição de Kaa um dos momentos mais memoráveis do filme.

O único erro do longa foi a insistência em manter a canção clássica “I Wanna Be Like You” na história mesmo o filme não sendo mais um musical. Além dela foi também mantida a canção “Bare Necessities”, que fala sobre a boa vida, cantada pelo urso Baloo (Marcos Palmeira). A segunda se encaixou bem no filme porque foi usada apenas como uma música que o urso e Mogli estavam cantando para se divertir, porém a primeira destoou da cena, quebrando totalmente o tom. O Rei Louie (Thiago Abravanel) é o segundo grande vilão do filme nesta versão, e quando ele começa a cantar no contexto de um musical, ou seja, continuando um discurso de forma cantada, a cena se perde porque parece um recorte colado no lugar errado. Além da música – que é alegre e animada – não combinar nada com a personalidade do personagem, o filme, que é uma aventura, de repente vira um musical por dois minutos, e quando a música acaba ele volta para uma cena de ação que não tinha nada a ver com o que estava acontecendo antes.

Uma das musicas da trilha sonora do filme Mogli – O Menino Lobo

Apesar disso o filme carrega a essência da animação clássica consagrada pela Disney e tanto diverte quanto emociona, sendo uma ótima opção para pessoas de todas as idades. Num saldo geral, a nova empreitada da Disney é um presente para os olhos e vai aquecer o seu coração como um copo de chocolate quente no inverno. Com direção de Jon Favreau (Homem de Ferro), “Mogli – O Menino Lobo” estreia hoje (14) nos cinemas e traz na versão brasileira as vozes de Thiago Lacerda, Marcos Palmeira, Julia Lemmertz, Dan Stulbach, Alinne Moraes e Thiago Abravanel.

Jornalista e apaixonada pelo universo Disney. Youtuber no canal Sugar Rush onde fala sobre cultura pop e viagens. #SomosTodosGeraldo

Advertisement
Comments

cinema

Star Wars vs Star Trek | Mark Hamill e Patrick Stewart falam sobre rivalidade entre as franquias

Star Wars e Star Trek são, sem sombra de dúvidas, duas das maiores franquias nerds de Hollywood.

Davi Alencar

Published

on

Star Wars e Star Trek são, sem sombra de dúvidas, duas das maiores franquias nerds de Hollywood. Ambas contam com milhões de fãs e é muito comum vermos alguém falando que acha uma melhor que a outra. Acirrando um certo tipo de rivalidade.

Em contraponto a isso, recentemente duas das maiores estrelas dessas franquias, Mark Hamill (Luke Skywalker) e Patrick Stewart (Capitão Picard) afirmaram que não há inimizade alguma e que os fãs devem gostar do que bem entenderem.

Star Wars e Star Trek colidem na nova campanha da Uber Eats que vai contar com os dois atores. A proposta é justamente brincar com essa rivalidade entre as franquias.

Em uma entrevista para o Men’s Journal, Hamill afirmou que, enquanto vê Star Trek como ficção científica, encara Star Wars como uma obra de fantasia. Por isso, não há motivo para brigas.

“Em diversas ocasiões me perguntaram sobre uma rivalidade entre Star Wars e Star Trek, mas eu tenho que dizer que é não há como comparar coisas diferentes. Você pode gostar tanto das duas quanto de nenhuma. Por isso a campanha foi engraçada para mim. Eu sabia que eles estavam nos colocando um contra o outro.”

Dentre as milhares de especulações dos fãs, normalmente alguns confrontos são traçados. Como quem ganharia em um combate espacial? Um Star Destroyer ou a Enterprise?

Para Patrick Stewart, as duas franquias são similares o suficiente para gerar um crossover (e ele diz que adoraria ver algo assim).

“Eu vou ter que admitir que nós, o pessoal de Star Trek, estamos sempre fantasiando sobre um universo compartilhado com Star Wars. Já houveram diversas ideias para juntar esses dois mundos icônicos e colocar todos esses personagens incríveis em contato. Eu iria me divertir muito com isso.” Uma proposta como essas é bem ousada e difícil de acontecer. Enquanto alguns fãs comprariam fácil, os mais puristas, contrariando Stewart, dizem que as franquias são diferentes o suficiente para não se sobreporem.

Certamente uma junção das duas soa bem estranho, por enquanto nós teremos de ficar apenas com o comercial que já é bem engraçado.

Continue Reading

cinema

Monster Hunter | Live-action estrelado por Milla Jovovich ganha sinopse completa

Previsto para final de 2020, filme inspirado no jogo de RPG foi adiado para 2021.

Nataly Souza

Published

on

A Sony divulgou uma nova sinopse cheia de detalhes sobre o enredo de Monste Hunter, protagonizado por Milla Jovovich e com direção de Paul W.S. Anderson

 Anteriormente, havia sido revelado que a tenente Artemis (Milla Jovovich) e seu exército seriam levados para o mundo dos monstros e lá conheceriam um personagem misterioso. Com a nova sinopse, revela-se o que realmente acontece com a tenente e seus comandados.

Confira;

“Por trás de nosso mundo há outro: um mundo de perigos e poderosos monstros que comandam seus domínios com ferocidade mortal. Quando uma tempestade de areia inesperada transporta a Tenente Artemis (Milla Jovovich) e sua unidade (TI Harris, Meagan Good, Diego Boneta) para um novo mundo, os soldados ficam chocados ao descobrir que esse ambiente hostil e desconhecido é lar de enormes e horrendos monstros imunes ao seu poder de fogo. Em sua desesperada batalha pela sobrevivência, a unidade encontra o misterioso Hunter (Tony Jaa), cujas habilidades únicas o permitem ficar um passo à frente das poderosas criaturas. Enquanto Artemis e Hunter lentamente constroem sua confiança, ela descobre que ele é parte de um time liderado pelo Almirante (Ron Perlman). Encarando um perigo tão grande que poderia ameaçar destruir seu mundo, os bravos guerreiros combinam suas habilidades únicas para se unir pelo combate definitivo.” 

Além dos nomes citados na sinopse, o Live-action terá um nome brasileiro no elenco; Nanda Costa.

Monster Hunter é uma franquia de RPGs da Capcom que teve seu início no PlayStation 2. O objetivo do jogo é caçar e capturar monstros em um universo cheio deles. Além do filme, o jogo já ganhou derivados como mangá, quadrinhos e jogos de carta.

Por conta da pandemia do COVID-19, Monster Hunter não chegará na data prevista anteriormente. 

A Sony anunciou a nova data de lançamento que será dia 23 de abril de 2021.

Continue Reading

cinema

Estreia de Viúva Negra é adiada para 2021

Shang-Chi e Os Eternos também sofreram mudanças em suas datas.

Nataly Souza

Published

on

Segundo o Deadline, os fãs da Marvel terão que esperar até 2021 para ver Viúva Negra nos cinemas. O site divulgou que a Disney oficializou a mudança nas datas de estreia de algumas produções. 

Anteriormente com previsão para outubro deste ano, o longa solo da Vingadora agora fará sua estreia no dia 7 de maio de 2021. Além de Viúva Negra, os filmes Shang-Chi e Os Eternos também tiveram suas estreias adiadas.

Enquanto o mestre do Kung Fu chegará às telonas no dia 09 de julho de 2021, o terceiro título da fase 4 da MCU, que conta com Angelina Jolie, irá estrear no dia 5 de novembro de 2021.

Inclusive, não foram apena as produções da MCU que tiveram mudanças em suas estreias. A chegada de Morte no Nilo, sequência de Assassinato no Expresso do Oriente, aos cinemas agora será no dia 08 de dezembro, já a adaptação de Steven Spilberg de Amor, Sublime Amor estreará no dia 10 de dezembro de 2021.

O filme da Viúva Negra contará, obviamente, com o retorno de Scarlett Johansson ao papel principal, além da chegada de três novos atores; Florença Pugh, Rachel Weisz e David Harbour. Cate Shortland comanda a direção.

Continue Reading

Parceiros Editorias