Connect with us

#OMG

“Mulher-Hulk” Stan Lee se manifesta depois das declarações de Goyer

Edi

Published

on

LOJA DC 4

Você tem acompanhado a polêmica da Mulher-Hulk que está em erupção nos últimos dias? Então você sabe que o escritor do Homem de Aço David Goyer disse algumas coisas muito negativas sobre grande, alter-ego verde Jennifer Walters em um recente podcast – coisas como “Eu acho que Mulher-Hulk é a garota que você poderia f-k se você fosse Hulk, você sabe o que estou dizendo?”

Os comentários de Goyer foram não só improcedentes (Mulher-Hulk é realmente uma prima de Bruce Banner, uma
jovem e tímida menina que nunca foi destinada a ser qualquer tipo de interesse amoroso) – eles também insultaram uma personagem que era ou deveria ser vista como uma mulher afiada e inteligente. Criada em 1980, em resposta à enorme popularidade de O Incrível Hulk , numa época em que a Marvel estava para criar a sua própria versão da “Mulher Bionica”  Mulher-Hulk recebeu seus poderes por meio de uma transfusão de sangue de emergência de Banner depois de ser seriamente ferida. Enquanto seus poderes são semelhantes aos de sua prima e sejam aflorados  da mesma forma (pelo aumento da raiva), ela também mantém a sua personalidade – o que lhe permite manter o controle de suas emoções e sua mente. Na verdade, ela se torna ainda mais confiante e espirituosa. Ela é um membro de praticamente todas as
grandes e importantes equipes de super-heróis – os Vingadores, o Quarteto Fantástico – e foi 107também membro da
SHIELD.

Mas de alguma forma, tudo isso se resume para Goyer em uma heroína que é nada mais do que olhos doces

sexuais. Naturalmente, a Internet se revoltou e não demorou muito para o co-criador e visionário  Stan Lee retaliar. Lee disse ao  Washington Post  que a Mulher-Hulk foi criada como uma  “parte inteligente de Hulk” e também derrubou a sugestão de Goyer que Mulher-Hulk era para ser um interesse amoroso, alegando que “só um louco poderia pensar
nisso.”

Edi on FacebookEdi on InstagramEdi on Twitter
Edi
Produtor, escritor nas horas vagas, administrador, editor e fundador do site CDL.
Comments