Connect with us
Novo jogo de Fly Novo jogo de Fly

Games

Novo jogo de Fly, o Pequeno Guerreiro contará o final da história

Avatar

Published

on

A animação que foi exibida nos anos 90 no Brasil nunca teve fim.

Quem acordava cedo aos sábados no ano de 1996 para assistir o Sábado animado no SBT conhece muito bem a história de Fly, o pequeno guerreiro. Porém a animação nunca teve um final, mesmo no Japão.

Isso ocorreu por um desentendimento entre a Toei Animation e a Enix (atualmente fusionada com a Squaresoft, formando a Square Enix), que detinha os direitos de toda saga Dragon Quest. Originalmente chamado de Dragon Quest: Dai no Daiboken (ou a aventura de Dai).

Para quem quer mergulhar na nostalgia ou relembrar essa abertura memorável:

Sobre o game, na verdade serão os games. O criador Yuji Horii chama de “Dragon Quest: Adventure of Dai Game Project“.

O primeiro se chamará Dragon Quest: Dai no Daibouken – Tamashii no Kizuna (Laço da alma) e será produzido pela DeNA  e será lançado para Android e iOS em 2021.

Veja o trailer:

Já o segundo game se chamará Dragon Quest: Dai no Daibouken – Xross Blade (lê-se Cross blade), produzido pela TakaraTomy Arts e será apenas para máquinas de arcade.

Veja aqui o trailer: 

E, por fim, o terceiro jogo Infinity Strash – Dragon Quest: The Adventure of Dai. Este será um JRPG produzido pela própria Square Enix e com previsão para o final de 2021, contudo não foram divulgadas as plataformas para qua esse jogo sairá.

O produtor Ryutaro Ichimura disse que “o jogo levará um tempo até que seja finalizado”, portanto, será o último jogo desse projeto a ser lançado. Ichimura falou também que este título será uma “resposta direta às expectativas dos fãs” quanto às aventuras de Dai/Fly.

Provavelmente teremos que esperar até 2021 para conhecer o final da jornada de Fly.

Advertisement
Comments

Games

Resenha | Elden: Path of the Forgotten

Avatar

Published

on

Assim que Elden: Path of the Forgotten foi anunciado, o game gerou muito interesse na cena atual. Seja por ter sido desenvolvido por apenas uma pessoa, o australiano Dylan Walker, ou por ter sido inspirado por The Legend of Zelda. Durante quatro anos Dylan trabalhou sozinho no título, e finalmente podemos saboreá-lo agora.

Não contendo nenhum tipo de diálogo, o jogo se desenvolve por meio de cenas animadas e sua interação com o cenário. A jornada do protagonista tenta mostrar profundamente a psique do desenvolvedor, e cabe a você interpretar.

O jogo em si não te mostra muito desafio no começo, e como não possui tutorial, você deve aprender a movimentação sozinho (o quê não é muito intuitivo). Caso você possua alguma experiência em dungeon crawler, vai se sair muito bem.

Seu design inspirado nos clássico 8 e 16 bits agrada bastante, e faz do cenário uma visão bonita independente do ângulo. Entretanto, existem pontos que ficaram encobertos ou impossíveis de se acessar sem que tenha bastante custo.

Possui um sistema de movimentação bastante característico desse tipo de jogo, consistindo em andar e esquivar, além de poder atacar com a espada. A movimentação dos NPC’s deixa um pouco a desejar, sendo previsível e bastante repetitivo, deixando assim a estratégia de combate um pouco mais fácil.

A trilha sonora é muito agradável de se ouvir, por vezes acompanhando o desenvolver da história em seus momentos de grande ação. Os efeitos sonoros eram distintos para cada tipo de inimigo, e apenas se repetiram respeitando essa distinção. Os pontos fortes ficam nos sistemas de checkpoint e restauração de vida, consistindo em pontos no chão que brilham e/ou acendem (muito bem desenhados também).

Infelizmente, com 15 minutos de jogos, uma bruxa ficou presa entre duas árvores e eu não pude continuar a campanha (visto que era necessário matá-la para me libertar e prosseguir). Foi necessário que o jogo fosse reiniciado, e retornei ao último ponto de salvamento.

No geral, o game possui um história interessante, mas deixa a desejar no quesito gameplay (joguei a versão de Switch). Vale o investimento se você for grande fã do estilo.

Elden: Path of the Forgotten chega ao Switch e PC dia 9 de julho, mas segue sem data para Xbox One e PS4.

Continue Reading

Games

Harry Potter: Wizards Unite | Evento de julho é divulgado

Bruxos terão que devolver bebes magis em Harry Potter: Wizards Unite

Avatar

Published

on

By

O evento de julho do jogo mobile Harry Potter Wizards Unite teve sua divulgação oficial, e vai se basear na missão que bruxos e bruxas que é devolver bebes de animais mágicos que estão desaparecendo misteriosamente.

Dia da comunidade de julho: Todo o dia 11 de julho, das 00:01 às 23: 59h, horário local

  • Ilumine a coleção de objetos e criaturas encontradas no Knockturn Alley, incluindo Thestrals, Swooping Evils e muito mais.

Evento Brilhante das Bestas Bebês Parte 2: terça-feira, 14 de julho às 11 horas – terça-feira, 21 de julho às 11 horas

  • Continue ajudando a devolver adoráveis ​​animais mágicos bebês, incluindo Baby Unicorns e Baby Hippogriffs.

Fim de semana mágico de julho: sexta-feira, 24 de julho às 11h – segunda-feira, 27 de julho às 11h.

  • Passe um fim de semana contando heróis notáveis ​​de Hogwarts, onde você pode encontrar os Fundamentos de Legends of Hogwarts, como o jovem Remus Lupin e o próprio Albus Dumbledore.

Para permitir que o maior número possível de jogadores em todo o mundo possa participar com segurança, esses eventos foram ajustados para facilitar a reprodução de onde você estiver. Lembre-se de seguir as regras e regulamentos locais e respeite os outros e seus arredores.

Harry Potter: Wizards Unite está disponível para IOS e Android.

Continue Reading

e-Sports

CBLOL 20 | paiN vence clássico e Prodigy mostra bons resultados

A equipe da paiN abriu ainda mais vantagem no topo da tabela e a Prodigy deixou a Keyd no final da tabela, com mais uma vitória nesse final de semana.

Alexia Menezes

Published

on

cblol 2020

O décima rodada do 2º split do CBLoL 2020 aconteceu neste domingo (05). A equipe da paiN abriu ainda mais vantagem no topo da tabela e a Prodigy deixou a Keyd no final da tabela, com mais uma vitória nesse final de semana.

Santos HotForex 1-0 KABUM E-SPORTS

Gabriel “Hawk” que precisou se ausentar deste jogo por causa de uma lesão na mão que comprometia o seu jogo, Gabriel “Juzo” entrou para jogar e mostrou seu trabalho. Mesmo com os ninjas conseguindo vantagem no começo do game, os meninos da vila conseguiram voltar para o jogo e souberam se manter e levar as vantagens que conseguiram para vitória.

FURIA 1-0 Flamengo Esports

A Furia levou a vitória com atropelo neste domingo. Em um jogo rápido, as panteras puniram todos os erros por parte do rubro-negro e conseguiram se manter no jogo. Damage e Anyyy deram show e levaram o nexus do Flamengo com pouco menos de 30 minutos.

Prodigy Esports 1-0 Vivo Keyd

Com mais um jogo de atropelo, a PRG sai nesta semana com duas vitórias. Yan “Yampi” que foi MVP da partida e seu Volibear, foi destaque por conseguir manter o early tão bom para seu time. Em menos de 30 minutos, eles conseguiram objetivos, abates e foram concretizando seu resultado.

paiN Gaming 1-0 INTZ

Com o estilo de jogo agitado desde o sábado, a paiN passou por cima dos intrépidos neste domingo. Mesmo com o MVP dado para o caçador Cariok, todo o time poderia receber o “título”. Em um jogo clean, o clássico para cima da INTZ derrubou o game sem muito esforço em menos de 25 minutos.

A próxima rodada irá acontecer no próximo sábado (11) as 13h. Você pode acompanhar a cobertura do 2º Split do CBLoL 2020 aqui, no Cabana e em nossas redes sociais.

Continue Reading

Parceiros Editorias