O Legado de Júpiter | Tudo o que você precisa saber sobre a nova série da Netflix

Para aqueles que não conhecem a obra de Mark Millar e Frank Quitely vale a pena conferir essa matéria especial.

Recentemente foram reveladas pela Netflix as primeiras imagens da sua próxima grande série original, ‘O Legado de Júpiter’, que é baseada nos quadrinhos de Mark Millar e Frank Quitely, lançado pela Image Comics.

Estrelada por Josh Duhamel (Utopian), Ben Daniels (BrainWave), Leslie Bibb (Lady Liberty), Elena Kampouris (Chloe Sampson), Andrew Horton (Brandon Sampson), Mike Wade (The Flare), Anna Akana (Raikou) e Matt Lanter (Skyfox); a produção é a primeira adaptação do serviço de streaming referente ao trabalho de Millar, desde a aquisição da editora Millarworld em 2017.

A obra de Millar e Quitely foi lançada em 2013, como uma personificação do Sonho Americano, onde sua narrativa se passa em um mundo onde a primeira geração de super-heróis viajou para uma misteriosa ilha remota no Oceano Pacífico em plena Grande Depressão na década de 30. Lá, um jovem chamado Sheldon Sampson e seus amigos “conquistam” superpoderes durante sua exploração, voltando para casa determinados a restaurar a antiga glória dos Estados Unidos. Para tal, cada um deles assume um alter ego “heroico” para cativar a população a seguir seu exemplo, criando assim uma equipe de super-heróis chamada de a União.

Liderados por Sheldon como o Utópico, um personagem com poderes semelhantes ao do Superman, enquanto seu irmão mais novo, Walter, tornou-se o super-herói Brainwave, tendo poderes de voo e habilidades psíquicas. A esposa de Sheldon é Grace Kennedy, que assume o codinome de super-heroína Lady Liberty, enquanto que Fitz e George Hutchence completam a equipe como The Flare e Skyfox, respectivamente.

Todavia, O Legado de Júpiter mostra aos leitores os descendentes dos membros da União, enquanto os próprios heróis fundadores entram em uma fase escura de suas vidas coincidindo com o país que encara seu próprio declínio no cenário global mediante ao definhamento da economia. São também expostos os filhos de Sheldon e Grace, Brandon e Chloe, que lutam com a vida nos holofotes enquanto desenvolvem suas próprias personalidades “heróicas”.

Apesar de suas tentativas de emergir da sombra da geração anterior, inimigos familiares e traição arrasam a equipe de super-heróis que tentam salvar o Sonho Americano de sua última crise, para assim inspirar a todos nos dias atuais.

Vale lembrar que a série inicial dos quadrinhos, teve uma continuação através dos títulos O Círculo de Júpiter e O Legado de Júpiter Vol. 2 de Millar e Quitely.

Portanto, a narrativa da obra em questão, cria um olhar pós-moderno sobre a Era de Ouro dos Super-Heróis e seu impacto no avanço dos Estados Unidos no início do século XXI, uma vez que duas gerações de heróis se encontram em meio a um país em declínio.

O Legado de Júpiter tem estreia marcada para 7 de maio na Netflix, enquanto os quadrinhos estão disponíveis para compra no site da Amazon.

Total
1
Shares
Related Posts
Total
1
Share