Connect with us

Colunistas

O machismo sem limites em League of Legends

Avatar

Published

on

O machismo existe em nossa sociedade há muito tempo. Nós convivemos com ele, combatendo todos os dias, pois ele está em vários ambientes no nosso cotidiano, seja na família, na escola, nas redes sociais da Internet e dentre outros. A falta de respeito e intolerância a luta da mulher na sociedade é gritante, e por vezes, rotulada pelos homens como ”vitimismo”.

Só que machistas não passarão e a nossa luta jamais será confundida com quaisquer “desculpinhas” que os homens queiram designar. O comportamento nos jogos online não são diferentes. As mulheres sofrem ainda muito preconceito sim e é preciso falar disso abertamente para que possamos fazer as mesmas coisas que os homens em paz.

mf-spine

A comunidade do videogame é extremamente tóxica, principalmente do jogo League of Legends. As pessoas que costumam jogá-lo gostam de xingar (as vezes com preconceito) e são impacientes com os outros participantes. No lolzinho de cada dia, tem que estar de boa com a vida para conseguir fazer todas as ”plays” tranquilamente. Mesmo sem comando de voz, o chat é tomado por xingamentos, críticas e jogadores que sempre buscam um culpado pela derrota no histórico do jogo. Agora imagine se você é mulher e joga lol? Imagine uma área de lazer que sempre pela sociedade foi destinada para meninos e de uns tempos para cá foi tomado por meninas? Os homens levaram um choque de realidade recentemente quando nas pesquisas afirmaram que mais de 53% de mulheres jogam videogames e são realmente boas nisso. Eu não sei se os comentários agressivos destinados a nós mulheres se tratam de uma defesa de uma possível ameaça na mente insana deles, ou se eles realmente são apenas tóxicos.

A grande realidade é que a comunidade inteira do Lol sempre foi um ”câncer”, principalmente no Brasil. Com a chegada das mulheres no joguinho, os comentários passaram a ser cotidianos como: ”vai lavar uma louça porque lol não é para mulher, seu lugar é na cozinha” ; ”jogue apenas de suporte” ; ”você só pode ser elojob” ; ‘‘você é mulher, por isso joga mal desse jeito”. Antes que vocês me perguntem, elojob é um sistema ilegal de pessoas que sobem o elo (nível) para as pessoas que não dominam bem o jogo, então considere isso uma ofensa SIM.  E essa ideia de que mulher tem que jogar apenas de suporte também é uma ofensa, pelo fato do suporte ser a posição do jogo que mais se submete aos outros jogadores, e também por ser considerada a mais fácil por muitos especialistas no League of Legends. Veja bem antes que você me critique: mulheres podem jogar aonde elas quiserem, inclusive de suporte sim. Mas que seja da escolha dela, e não de um machista opressor que dita onde e quando ela deve jogar, ok?

perolas do chat do lol mulher eh suporte (1)-tile

Esse paradigma e preconceito de que mulher não consegue ser boa no videogame precisa ser quebrado para que possa promover a união e a igualdade dos gêneros nos jogos online, e que a comunidade do lolzinho consiga ficar mais limpa e com menos xingamentos.

Lugar da mulher é aonde ela quiser, e se ela quiser jogar ela vai jogar SIM e não vão se preocupar em se sentirem ofendidas com qualquer xingamento machista vindo de qualquer jogador. Não estou dizendo que todas as mulheres são boas, mas ser ruim não pode ser justificado pelo motivo da jogadora ser MULHER. Para aqueles que adoram dizer que esses comentários não passam de uma brincadeira, eu posso afirmar com toda a certeza que eu sei que toda brincadeira tem um fundo de verdade. Comentários como esses não podem virar normalidade, mas sim serem discutidos por todos nós.

As mulheres andam com medo de se expor no jogo, de colocar os ”nicknames” femininos, com medo de como ela pode ser julgada. As mulheres tem medo de jogar mal e um homem descobrir que ela é mulher e ela ser julgada por isso. As mulheres tem medo de escolher outra posição no jogo e os seus amigos de time criticarem só por ela ser mulher e não poder escolher nada além de suporte. As mulheres tem medo de opinar no jogo e saberem que ela é mulher. ‘‘Mulher não opina, mulher joga calada”.

Isso e outras coisas não devem mais acontecer. Não nos calaremos perante os machistas, vamos nos unir e transformar o lol em um jogo de amor e compreensão. Por menos ”rage” e mais amor.

Foto de capa do artigo: Ronaldo Pasianot 

Modelo: Camilla Aloy

Editora de Games e E-Sport do site, jornalista, amante das causas minoritárias, participante ativa do movimento negro brasileiro e do feminismo. Para sugestões de pauta enviar para: anaschuchd@hotmail.com

Advertisement
Comments

Colunistas

Westworld | O quê você precisa saber antes da estreia do 3º ano da série

Nova temporada do sci-fi estreia neste domingo (15) na HBO.

Avatar

Published

on

By

Depois de quase dois anos de espera, chega às telas da HBO a terceira temporada de Westworld. Com exibição marcada para este domingo (15) às 23 horas, a série trará oito episódios em uma odisseia sobre o despertar da consciência artificial e o nascimento de uma nova forma de vida na Terra. Confira a seguir mais detalhes sobre a história:

A TRAMA

Westworld começou apresentando um futurista parque temático que simula o velho-oeste americano e habitado por androides – conhecidos como anfitriões – que estão ali para servir aos visitantes, que pagam por esta experiência milionária. Com o passar dos episódios, os anfitriões começaram a tomar consciência da sua natureza e se rebelaram contra os seus criadores. Durante a terceira temporada, alguns anfitriões que conseguem fugir do parque buscam experimentar o mundo real – nesse processo, descobrem que a vida lá fora talvez não seja tão diferente da que eles conheciam em seu antigo habitat.

A TECNOLOGIA

Ao retratar uma sociedade futurista, o seriado traz a tecnologia em um foco central. Será interessante descobrir como a inteligência artificial e outras consciências robóticas ganham vida. Algumas talvez já existam, em seu estado mais simples, na atualidade. Que outras máquinas do futuro serão mostradas nos novos episódios?  

QUALIDADE DA PRODUÇÃO

Localizada em uma “Neo Los Angeles” (como já mostrado no trailer oficial – CONFIRA ACIMA), esta terceira temporada promete ser um deleite visual para o o público, ao apresentar uma versão moderna da famosa cidade americana.

PERSONAGENS QUERIDOS E OUTROS NOVOS

A nova temporada traz de volta personagens conhecidos das edições anteriores, interpretados por Evan Rachel Wood como a implacável Dolores, Thandie Newton interpretando Maeve, Ed Harris no papel de William (O Homem de Preto), Jeffrey Wright como Bernard, Tessa Thompson interpretando Charlotte Hale e Luke Hemsworth como Stubbs.  Entretanto, este ano o elenco passa a contar ainda com outros grandes talentos, no papel de novos personagens que provocarão uma guinada na história: Aaron Paul (Breaking BadBojack Horseman), Vincent Cassel (Cisne Negro), Lena Waithe (A Black Lady Sketch Show; Master of None), Scott Mescudi (We Are Who We Are), Marshawn Lynch (Brooklyn Nine-Nine), John Gallagher Jr. (The Newsroom; Olive Kitteridge), Michael Ealy (Stumptown) e Tommy Flanagan (Sons of Anarchy).

CONVITE À REFLEXÃO

Westworld continuará convidando o expectador a refletir e debater sobre as possibilidades da evolução por meio da inteligência artificial, seus limites e o que diferencia os seres humanos das máquinas. Até que ponto nós e elas podemos convergir e conviver? Quem domina quem?

As duas primeiras temporadas de Westworld estão disponíveis na HBO GO.

Continue Reading

cinema

MENTIRA! Nenhum site confirmou que Henry Cavill está em negociações para fazer Wolverine

Avatar

Published

on

By

Foi noticiado que Henry Cavill estaria em negociações para ser o novo Wolverine nos cinemas… Bom a história caiu como uma bomba, afinal, o ator ainda esta no DCU como Superman e já afirmou varias vezes que não desistiu do papel.

A ida de Henry Cavill como Wolverine no MCU poderia acabar com as esperanças dos fãs do Superman do DCU, tudo porque a Marvel como já sabemos, gosta de fazer contratos que não permitem que seus principais atores façam filmes para a DC Comics.

Então, essa informação se sustenta? Pesquisando só um pouquinho percebemos que não. Um dos maiores sites brasileiros de cinema, pautou que a informação veio do site Just Jared (famoso por postar fotos de filmes em produção, como Coringa por exemplo). Pesquisando dentro do JustJared eles afirmam que na verdade nada foi confirmado, ou seja, um site brasileiro afirma que o JustJared afirmou que Cavill fará parte do MCU, mas o próprio site usado como fonte por eles desmente isso:

Relatos não confirmados foram divulgados na quinta-feira (27 de fevereiro), alegando que o ator de 36 anos de idade, de The Witcher, se juntará ao elenco de Capitã Marvel 2

“De acordo com os últimos rumores virais do MCU, Henry interpretará Wolverine no filme ao lado de Brie Larson como Carol Danvers”

O jornalista especializado em Marvel, Jeremy Corad também desmentiu os rumores:

“As pessoas que inventam, lançando histórias com grandes nomes para Wolverine não parecem se lembrar de que Jackman era desconhecido quando ele foi escalado e nem sequer foi a primeira (ou segunda) escolha. Feige estava lá naquele primeiro X-Men e viu isso. Não seria surpreendente se eles fossem atrás de um desconhecido novamente”

Por último, um outro grande veículo do Brasil, usou como fonte o The Digital Weekly, portal que desconhecia. Logo no inicio eles dizem que Henry Cavill esta negociando fazer Wolverine no MCU:

Fontes afirmaram que Henry Cavill está em negociações para desempenhar o papel de Wolverine em Capitã Marvel 2 de Brie Larson

Porém logo abaixo o site desmente o que disse na inicial do texto e fala:

No entanto, a notícia não foi confirmada, nem sabemos para qual personagem ele está se aproximando. Os fãs especulam que Henry Cavill esta para interpretar Wolverine no Capitã Marvel 2.”

Ou seja, o próprio site desmente a informação de que ele ficou sabendo disso por uma fonte da Marvel como diz inicialmente.

Sem qualquer confirmação de qualquer site, nem mesmo um desconhecido no Reddit, Henry Cavill no MCU segue sendo somente um hoax (rumor falso) do Twitter.

Continue Reading

Colunistas

A Warner vai comprar a Disney? Saída de Bob Iger pode significar a venda da Disney

Avatar

Published

on

By

Se você clicou nesta matéria deve ter achado o titulo, ou sensacionalista ou uma grande fake news, mas acredito que você acertou no sentido de que ele deveria classificado como uma fake news. Afinal como a Warner Bros. poderia comprar a Disney, a mãe de todas as franquias de sucesso do ano passado?

Este é um possível titulo de matéria do We Got This Covered, já falamos sobre este site e sobre como ele funciona como um grande agregador de noticias falsas na internet. Porém alguns sites como a Rolling Stone Brasil ignoram este fato e continuam lucrando grana encima das fake news deste site em prol de acessos em seus veículos.

Recentemente a Rolling Stone Brasil publicou que a Marvel poderia comprar a DC Comics, tudo porque segundo eles, um executivo da DC, Dan Didio, deixou a editora e isso significaria que o grupo Time Warner estaria disposto a vender sua divisão de quadrinhos… Você consegue pensar em como uma empresa bilionária e uma das maiores do mundo se desfaria de um dos seus ativos mais valiosos? Segundo eles, o grupo Fox fez o mesmo, se desfazendo do seu estúdio. Porém a Fox na verdade apenas queria ser uma empresa de mídia de informação e não mais de entretenimento. Coisa bem diferente da Warner que é muito mais uma empresa de entretenimento do que informação.

O Grupo Time Warner controlado pela AT&T é um dos maiores grupos de entretenimento do mundo, dono da Cartoon Network, Turner, Esporte Interativo, TNT, CNN, EW, People e etc… Imagine que a Warner que lucra bilhões com seus personagens de quadrinhos todo o ano, decide se desfazer de tudo isso… que gostaria de dar isso a sua empresa rival de mão beijada?

Imagine que a Warner Bros. estudios venda a DC, faria sentido a Warner vender uma divisão de filmes dela e dar a sua maior rival justamente no cinema que e a Disney? Porque dar mais poder de fogo a sua concorrência? Faz sentido isso pra vocês? Para a revista Rolling Stone Brasil, isso faz.

Então por favor, se a saída de um executivo da DC significa a venda da empresa para a Marvel então a saída de Bob Iger da Disney pode significar a venda da Disney para a Warner Bros.?

Pensem nisso antes de clicarem em determinados conteúdos.

Continue Reading

Parceiros Editorias