Connect with us

cinema

O mundo de Warcraft: O Místico, o profano e a historia por trás do filme

Avatar

Published

on

ATENÇÃO! COMENTE ESTE ARTIGO E CONCORRA A DOIS INGRESSOS PARA O FILME WARCRAFT!

É chegado o tempo que muitos esperavam, que alguns, desde sua infância sonhavam em assistir, o esperado filme de Warcraft. Mas do que se trata? Muitos vão dizer: “Mas eu já conheço a história!”, porém o filme trás coisas que não estiveram presentes na série de Warcraft.

Warcraft antes de tudo, foi uma franquia famosa de jogos de estratégia em tempo real lançada pela Blizzard na década de 90, seu primeiro jogo: Warcraft: Orcs & Humans, o segundo Warcraft II:Tides of Darkness e sua expansão Beyond the Dark Portal e, já nos anos 2000, o Warcraft III: Reign of Chaos e The Frozen Throne foram um marco para a Blizzard transformar Warcraft em um jogo de RPG online (World of Warcraft, a partir de agora me referirei apenas como WoW) que se tornaria sua franquia mais famosa durante a primeira década do século XXI.

O filme segue a história do primeiro jogo, onde vemos o Herói dos humanos Anduin Lothar (Interpretado por Travis Fimell nos cinemas), conhecido como o Leão da Aliança, um dos maiores heróis da história encara o desafio de defender seu povo e seu reino dos Orcs, criaturas que viajaram de outro mundo através do Portal Negro (este que, espero eu, tenha sua devida apresentação no filme e não seja descartada sua explicação). Anduin Lothar é, sem sombra de dúvidas, uma lenda em toda a saga de Warcraft, pois ele é o último descendente da linhagem dos Arathi, a linhagem que fundou os primeiros reinos humanos de Warcraft, além disso, ele também é um grande amigo do rei de Ventobravo (Stormwind para quem preferir a versão original do nome) Llane Wrynn (Dominic Cooper) e foi também um dos exemplos para o filho de Llane, Varian Wrynn (Dylan Schombing).

anduin-lothar-in-warcraft-movie-horz

Travis Fimell e Anduin Lothar

Muito da história se passa no mundo de Azeroth, um é lar para muitas raças que fazem parte da história de Warcraft, este mundo é o palco de conflitos e mais conflitos que são tratados na história do jogo, sendo o que vai ser retratado no filme – o início de uma longa era que segue até hoje no jogo de WoW.- Outra parte da história se segue no mundo de Draenor, a terra natal dos Orcs, Draenor possuí um papel importante na história de WoW e até hoje ainda deixa suas marcas na história.

Seguindo a linha dos próprios trailers, muito do filme já difere do jogo em sua origem. Temos a aparição de algumas raças que fundaram a Aliança (anões e elfos), estas raças que só fazem sua aparição definitiva no segundo jogo da série, isso me trás uma expectativa extra, pois foi algo inesperado e também atrai muito dos fãs que não conhecem a história original mas tem contato com o jogo de WoW onde muitas dessas raças se fazem presente, outra coisa que me surpreendeu foi ver a aparição de Garona (Paula Patton), mesmo que Garona seja uma personagem presente na história original do jogo, ela tem uma relação com o mago Khadgar (Ben Schnetzer) enquanto nos trailers, vemos um Khadgar jovem demais e uma Garona que se aproxima muito mais de Anduin Lothar, particularmente, Khadgar e Medivh (Ben Foster) seu mentor, tem papéis muito importantes na história, sua relação com seu mentor já foi mostrada em alguns trailers que saíram, mas eu ficaria desapontado se o papel de Khadgar fosse colocado de escanteio no filme.

Temos presente a belíssima cidade de Dalaran, conhecida por ser uma cidade de Magos e feiticeiros, Dalaran de acordo com o jogo é uma Magocracia e um refúgio para aqueles que buscam estudar as artes arcanas sem a interferência de outrem. Dalaran foi um verdadeiro refúgio para muitos que jogaram WoW entre 2008 e 2010, deixando sua marca no coração dos jogadores. Vê-la retornar no filme vai trazer boas lembranças para aqueles que jogaram e surpreender aqueles que não  a conheceram. Temos algo inesperado no filme: uma coisa que eu fiquei realmente surpreso ao ver foi a presença de Durotan (Toby Kebell), sua esposa Draka (Anna Galvin) a aparição do filho deles, Go’el, este que assim como o pequeno Varian, possuí sua marca na saga de WoW e o amigo de Durotan, Orgrim (Rob Kazinsky) no filme. Não somente no filme como também eles terão um papel importante na história! Provavelmente o auxílio deles será necessário para combater os Orcs liderados por Gul’dan e seu mascote Mão Negra, o Destruídor (Clancy Brown).

Durotan a esquerda e Orgrim portando o Martelo da Perdição a direita

Durotan a esquerda e Orgrim portando o Martelo da Perdição a direita

O Mundo de Warcraft é dividido em dois extremos: por um lado temos a Aliança que aparentemente faz sua aparição no filme mostrando a união de algumas das raças nativas do mundo de Azeroth, Humanos, Anões, Elfos e Gnomos (que ainda não apareceram nos trailers, talvez venham no filme), para deter o mal que veio consumir seu mundo e a Horda, que foi a facção que mais mudou ao longo da história, inicialmente liderada por Mão Negra e Gul’dan que reunia os orcs de Gul’dan, Ogros e Trolls. Eu não espero que esta Horda em particular apareça no filme, pois ela não faz parte da história original do Warcraft Orcs & Humans; a Aliança também não, apenas aparecendo no segundo jogo da série. (PS: não entrarei em detalhes explicando mais sobre aliança e horda, pois pode se tornar uma zona de spoilers do filme e do jogo).

Warcraft é um jogo e futuramente um filme que envolve o místico e o profano, tudo acontece, pois existe magia envolvida, seja ela benigna ou maligna, seus traços são o que fizeram o jogo se tornar magnífico e agora a expectativa para ver em prática como será trabalhado a importância desse aspecto para a história e as relações diferentes que o filme tem com o jogo.

Warcraft estreia dia 2 de junho. A minha Expectativa é grande! E a sua?

Revisado por: Bruna Vieira.

Amante de Astronomia, fã de RPGs e RPGs de mesa, louco pelas sagas de Warcraft e Final Fantasy e um aficionado por jogos de estratégia. Adoro um bom livro e AINDA não comecei a acompanhar as Crônicas de Fogo e Gelo.

Advertisement
Comments

cinema

Your Name | Adaptação live-action encontra seu diretor

Longa irá adaptar o anime lançado em 2016 no Japão.

Avatar

Published

on

E a adaptação com atores reais de Your Name (Kimi no Na wa) enfim encontrou seu diretor: segundo o Deadline, o cineasta Lee Isaac Chung (Minari) foi o escolhido pela Paramount para escrever e dirigir o longa. Chung irá trabalhar a partir de um roteiro escrito por Eric Heisserer (A Chegada).

JJ Abrams (Star Wars) será um dos produtores – por meio da sua produtora, a Bad Robot – juntamente com Genki Kawamura, que produziu a animação original. A Toho cuidará da distribuição do filme no Japão, enquanto que a Paramount será responsável em todos os outros territórios.

Nesta versão reinventada do anime, dois adolescentes descobrem que estão trocando de corpo de maneira mágica e intermitente. Quando um desastre ameaça destruir suas vidas, eles devem viajar para encontrar e salvar seus respectivos mundos. O longa animado foi lançado originalmente em 2016 e foi um dos grandes sucessos do cinema japonês na época, arrecadando US$ 303 milhões somente em seu país de origem.

Outras informações sobre a produção, como elenco ou início de gravações, não foram divulgadas até o momento. A data de lançamento do filme também não foi revelada.

O anime de Your Name está disponível na Netflix.

Continue Reading

cinema

Mulan pode ter arrecadado US$ 260 milhões com lançamento no Disney+

Dados de analistas apontam que 29% dos assinantes da plataforma adquiriram o longa.

Avatar

Published

on

Apesar das críticas recentes, algumas informações dão conta de que o Disney+ pode ter arrecadado uma bela quantia com a ida de Mulan para a plataforma via on-demand. Analistas relataram para o Yahoo! que cerca de 29% dos assinantes – no momento, por volta de 9 milhões de lares – adquiriram o longa no valor de 30 dólares. Assim, o remake poderia ter arrecadado US$ 261 milhões somente nos EUA.

Em comparação com filmes que entraram somente no circuito de cinemas tradicionais, a estratégia parece ter sido a mais acertada para a empresa: Tenet, o novo filme de Christopher Nolan, obteve US$ 29,5 milhões no mesmo período de tempo, por exemplo. Entretanto, a nova produção da Disney está com dificuldades em arrecadar uma boa bilheteria na China – um dos principais mercados para o lançamento. Na estreia em território chinês, onde os cinemas foram reabertos, o live-action somou somente US$23,2 milhões.

Roteirizado por Rick Jaffa, Amanda Silver, Elizabeth Martin e Lauren Hynek, a produção comandado pela diretora Niki Caro (Encantadora de Baleias) tem a atriz chinesa Liu Yifei na versão em carne e osso da protagonista. Jet Li (Os Mercenários) é o Imperador da China, enquanto que Donnie Yen (Rogue One) interpreta Tung – um mentor e professor da heroína – e Gong Li (Memórias de Uma Gueixa) encarna uma nova vilã feiticeira. Utkarsh Ambudkar, de A Escolha Perfeita, e Ron Yuan (Marco Polo) também estão no elenco.

Assim como no original, o épico irá mostrar a jornada da jovem destemida que se disfarça de homem para combater (no lugar de seu pai) os guerreiros vindos da Mongólia, que invadiram o norte da China. Entretanto, esta adaptação seguirá um tom mais sóbrio e ‘realista’ do que a animação, fugindo de elementos cômicos e musicais vistos neste último, o que despertou a ira de alguns fãs do desenho.

Mulan está disponível no Disney+ via on-demand.

Continue Reading

cinema

Filmagens de Batman foram retomadas no Reino Unido

Não há notícias, no entanto, de que Robert Pattinson voltou ao set.

Avatar

Published

on

Ao que tudo indica, as gravações de Batman foram retomadas no Reino, de acordo com informações obtidas pelo Deadline. As filmagens haviam sido interrompidas há 15 dias, quando Robert Pattinson – que protagoniza o longa – foi diagnosticado com o coronavírus. Não há, até o momento, notícias de que o ator se recuperou e está de volta ao set.

O novo filme, dirigido pelo cineasta Matt Reeves (Planeta dos Macacos), mostra o mascarado em seu segundo ano como vigilante e está tentando resolver uma série de assassinatos misteriosos. O elenco de Batman terá Pattinson no papel-título, Zoë Kravitz  (Big Little Lies) como a Mulher-Gato, John Turturro (de O Grande Lebowski e Transformers) como o mafioso Carmine Falcone e Paul Dano (Sangue Negro) como o vilão Charada. Jeffrey Wright, o Bernard de Westworld, será o Comissário James Gordon, Colin Farrell (Dumbo; Animais Fantásticos) como Pinguim e Andy Serkis (Pantera Negra) viverá Alfred Pennyworth, mordomo e tutor do bilionário Bruce Wayne.

Batman chega aos cinemas em 2021.

Continue Reading

Parceiros Editorias