Connect with us

e-Sports

O “time do FalleN” é hoje a tão temida SK Gaming – O melhor time de CS:GO do mundo

Gabriel Reis dos Anjos Santos

Published

on

LOJA DC 4

Matéria por: Gabriel Reis Anjos

O time da SK Gaming é hoje uma das equipes de CS:GO mais temidas em todo o mundo. A formação atual está ocupando o top 1 de melhor equipe da modalidade de acordo com o site HLTV.org. Mas não são apenas números que tornam essa estatística verdadeira, são também os fatos. Não há quem seja fã do FPS e não fique encantado vendo essa equipe jogar. A empolgação no Brasil é ainda maior do que em outros países, levando em consideração que toda a line-up é formada por brasileiros, sendo que alguns estão no cenário competitivo a muito tempo.

Nem sempre esses jogadores estiveram no topo e acredite se quiser a tarefa não foi nem um pouco fácil. Acompanhe abaixo como foi a trajetória de FalleN e companhia até o topo do Counter Strike: Global Offensive.

KaBuM! e-Sports e KaBuM.TD

Na KaBuM! e-Sports tivemos Gabriel “FalleN” Toledo, Fernando “fer” Alvarenga e Lincoln “fnx” Lau atuando ao lado de Lucas “LUCAS1” Teles e Henrique “HEN1” Teles. O time foi anunciado oficialmente no dia 13 de abril de 2014.

Foto: Reprodução/Divulgação

Antes disso, FalleN, fer e fnx atuavam juntos pela PlayArt. A separação começou quando FalleN foi jogar pela ProGaming.TD enquanto fer e fnx foram juntos atuar pela Afterall Gaming. Os jogadores jogaram por esses respectivos times até 2014, quando foram anunciados pela KaBuM! nesse mesmo ano.

Juntos, esse time conquistou três títulos. O primeiro foi a BSOG 2014 (Brazilian Series of Games 2014) derrotando a equipe da ProGaming.TD por 2-0, o segundo foi o campeonato da X5 Mega Arena no qual eles derrotaram a equipe da GFX e-Sports por 2-1 e o terceiro foi o torneio de CS:GO da BenQ que aconteceu na BGS 2014, sendo esse vencido novamente contra a equipe da GFX e-Sports novamente por 2-1. Além desses campeonatos, os jogadores também conquistaram o BenQ AllStar Showmatch I contra a equipe da ProGaming.TD com um placar de 2-1. Esse time ainda chegou a disputar a ESWC 2014 mas ficaram na última colocação do seu grupo, saindo do campeonato com uma vitória, zero empates e quatro derrotas.

No dia 05/11/2014, fnx e os irmãos Teles foram desligados da KaBuM! e para o lugar deles foram contratados Lucas “steel” Lopes, Caio “zqk” Fonseca e Ricardo “Boltz” Prass. Isso tudo aconteceu um dia antes do anúncio da parceria entre a KaBuM! e-Sports e a ProGaming.TD que juntas formaram a KaBuM.TD, tendo como representante: FalleN, fer, steelBoltzzqk. Pela KaBuM.TD essa formação só conquistou o Brazil Qualifier da MLG Asper Invitational derrotando a Dexterity Team por 2-0.

Foto: Reprodução/Divulgação

Próxima parada: Keyd Stars

Classificados para a ESL One Katowice que aconteceu na Polônia, o time que representava a KaBuM deixou a organização e assinou com a Keyd Stars no dia 24 de fevereiro de 2015 e o contrato duraria até dezembro daquele mesmo ano. A saída da KaBuM.TD foi um tanto quanto polêmica. O problema começou quando a equipe foi disputar o classificatório para a ESL One Katowice, uma das competições do CS:GO mais importantes na época, com ajuda de doações da comunidade nacional e internacional. A partir daí o público começou a questionar o modo de patrocínio da KaBuM, que em meio a comunicados tentava se explicar e mostrar que não tinha culpa nenhuma no cartório.

Os jogadores FalleN, fer, steel, Boltz e zqk atuaram pela Keyd por aproximadamente quatro meses e meio. Durante esses poucos meses, os jogadores agregaram três títulos para a organização, sendo um deles internacional. A primeira conquista foi o r1seCup contra a equipe da Dexterity Team por 2-1. A segunda também foi depois de um 2-1 contra a Dex porém dessa vez foi em um campeonato realizado pela Games Academy e a disputa foi pra saber quem seria o campeão da primeira divisão. O terceiro e último título pelos guerreiros foi justamente o internacional. FalleN e companhia levantaram o troféu do iBUYPOWER Invitational 2015 após derrotar a equipe da Team Liquid por 2-0.

Foto: Reprodução/Divulgação

No dia 17 de julho de 2015, a organização da Keyd Stars anunciou o desligamento entre os jogadores e a organização. Foi especulado na época que eles iriam atuar por um time norte-americano. Dito e certo, os jogadores FalleN, fer, steel e Boltz assinaram com a Luminosity Gaming. Sendo criticado pela comunidade devido ao gameplay apresentado naquele tempo, Caio “zqk” Fonseca não participou da transferência e para o seu lugar foi contratado Marcelo “coldzera” David, que no ano de 2016 receberia o prêmio de melhor jogador do mundo.

Luminosity Gaming e topo do ranking mundial de CS:GO

A organização da Luminosity anunciou os ex-Keyd Stars no dia 28 de julho de 2015. A formação atual contava com Gabriel “FalleN” Toledo, Fernando “fer” Alvarenga, Lucas “steel” Lopes, Ricardo “Boltz” Prass e Marcelo “coldzera” David. O time tinha como técnico o  Renato “nak” Nakano, muito conhecido pelo CS 1.6.

A primeira conquista dessa equipe foi a vitória no Qualifier da FACEIT League 2015 no qual eles derrotaram a equipe da Conquest por 2-1. Nessa mesma competição, fizeram 9/1 (nove vitórias e uma derrota) e garantiram a classificação para a fase final. Essa foi a última conquista importante de steel e Boltz dentro da equipe. No dia 23 de novembro, a LG anunciou a saída de Lucas “steel” Lopes e Ricardo “Boltz” Prass da line-up, contratando Epitácio “TACO” Pessoa e Lincoln “fnx” Lau. Juntamente com os dois jogadores, foi embora também o técnico Renato “nak” Nakano e para substituí-lo veio Wilton “zews” Prado. Na época fontes apontaram que FalleN não queria realizar mudanças na equipe naquele porém se viu forçado a fazer isso logo após a derrota por 2-0 para a NaVi na Intel Extreme Masters X realizada em San Jose, na Califórnia.

Foto: Reprodução/Divulgação

Com as baixas, a line-up ficou o seguinte: FalleN, fer, TACO, fnx e coldzera. Os jogadores tinham como técnico  A primeira competição pela qual jogaram juntos foi a final do FACEIT 2015, o qual perderam para a equipe da Fnatic por 2-1.

Em 2016, garantiram a MAX5 Invitational contra a Keyd Stars por 3-0, o MLG Major Championship: Columbus 2016 por 2-0 encima da NaVi (O primeiro Major dos garotos), a DreamHack Austin 2016 depois de um 2-0 contra a Tempo Storm e a ESL Pro League Season 3 contra o time da G2 Esports por 3-2. O último desafio importante desses jogadores pela LG foi a final da Esports Champions Series: Season 1, o qual eles garantiu a 2ª colocação após perder para o time da G2. Além de todas essas conquistas, temos que destacar também a chegada ao top 1 do ranking mundial de CS:GO, que aconteceu no dia 10 de maio de 2016.

Foto: Reprodução/Divulgação

Os jogadores abandonaram a LG em julho de 2016 depois de uma grande polêmica envolvendo o seu futuro destino: SK Gaming.

Os melhores do mundo são brasileiros: SK Gaming

Atualmente, a antiga formação da Luminosity Gaming está jogando pelo time da SK Gaming, que anunciou a chegada dos jogadores no dia 1 de julho de 2016. FalleN e companhia teriam assinado contrato um dia antes de viajar para disputar o MLG Major Championship: Columbus 2016. Na época ele chegou a dizer que esse tinha sido o maior erro da vida deles. FalleN também disse que não queria mudar de organização mas seguiu a linha de pensamento dos seus colegas de equipe, que de inicio abraçaram a ideia de defender a SK Gaming.

A polêmica pode ser considera uma das maiores dentro do competitivo de Counter Strike: Global Offensive até hoje, uma vez que a SK foi acusada de aliciamento dos brasileiros, que desistiram de ir para a equipe alemã após ter assinado o contrato. No período da “treta” o dono Luminosity, Steve Maida, se pronunciou dizendo que os jogadores teriam sido pressionados a assinar contrato. No final, a organização alemã saiu livre de punições e com os melhores do mundo em suas mãos.

Foto: Reprodução/Divulgação

O primeiro desafio vencido por esse time foi a ESL One: Cologne 2016 contra a Team Liquid por 2-0.

A primeira baixa no time veio no dia 22 de julho daquele ano quando 21 dias após a transferência, o técnico da equipe, Wilton “zews” Prado anunciou a sua ida para o time da Immortals, no qual ele iria atuar como jogador profissional. Para o seu lugar não foi contratado um técnico e então as funções out game ficaram nas mãos do Manager, Ricardo “dead” Sinigaglia que está com o time até hoje. Com dead, eles conquistaram o cs_summit contra a Gambit Esports (3-1), a Intel Extreme Masters XII – Sydney contra a FaZe Clan (3-1), a DreamHack Summer 2017 contra a Fnatic (3-1) e a final da ECS Season 3 que aconteceu recentemente contra o time da FaZe Clan (2-1). Nas últimas conquistas do ano, fnx não se encontrava mais com o time da SK. O motivo da sua saída foi problemas de relacionamento dentro da casa. Para o seu lugar foi contratado temporariamente o português Ricardo “fox” Pacheco, que disputou alguns campeonatos pela equipe, sendo que em uma delas, o time garantiu a 2ª colocação.

Foto: Reprodução/Divulgação

Após a saída de fox, a vaga foi preenchida permanentemente pelo brasileiro João “Felps” Vasconcelos, que até então tem mostrado ser um jogador com nível suficiente para suprir as necessidades da equipe.

Foto: Reprodução/Divulgação

Atualmente o time ocupa a posição de melhor do mundo no ranking mundial de CS:GO de acordo pela HLTV.org. A diferença de pontos da SK Gaming para a FaZe Clan que ocupa a segunda colocação é de 223 pontos. Esperamos que essa diferença cresça ainda mais, já que a SK tem muitos campeonatos para disputar ainda esse ano.

O próximo desafio deles é o ESL One: Cologne 2017 que acontece entre os dias 4 e 9 de julho, na região de Cologne, na Alemanha.

Você é fã de CS:GO? Comenta ai embaixo se você já passou momentos de tensão assistindo esse time jogar e não deixe de acompanhar o Cabana do Leitor para mais informações sobre o mundo do e-Sports!!

 

Comments