Connect with us

cinema

“Primeiros Amigos” é um retrato sobre a geração Y

O filme conta com a história de Joaquim (Vitor Novello) que é mimado pelos pais, mas quer ser reconhecido como adulto.

Michele Sa

Published

on

O filme conta com a história de Joaquim (Vitor Novello) que é mimado pelos pais, mas quer ser reconhecido como adulto. Quando seus primeiros amigos da escola se reúnem de surpresa na sua casa para comemorar seu aniversário, ele sente-se desconfortável com o ato.

Thomás (Ramon Francisco), Júlia (Maria Clara Parente), Amanda (Thuany Andrade) e Felipe (Guilhermo Mercondes), combinaram de fazer uma festa surpresa para Joaquim, já que, o mesmo nunca ia aos encontros marcado pelos amigos. 

“Primeiros amigos”, é um filme que lembra a vida real, de como a maioria dos jovens sentem-se ansiosos, como querem ser reconhecidos como adultos e os pais que nem sempre notam o comportamento dos filhos, como também as pessoas se afastam com o passar o tempo.

Amigos que antes eram uma “gang” hoje em dia mal se falam. Além disso, o telespectador se vê pelo menos em um dos personagens, isso vale até para os pais, tios, avós e afins.

Matheus Benites de apenas 21 anos, já dirigiu dois filmes, Antes Que Ela Vá (2017) e Primeiros Amigos (2019) numa conversa com ele, o mesmo fala sobre a diferença da gravação de cada filme, um dos pontos que os diferencia foi que “Primeiros Amigos” foi gravado totalmente dentro do seu apartamento com sua família num cômodo a parte. Outra diferença foi a participação da Malu Mader e do Eduardo Galvão atuando como pais de Joaquim, que estavam apoiando e ensinando-os o tempo todo.

A escolha dos atores para os personagens não poderia ter sido melhor, cada papel se encaixou perfeitamente nos artistas. Contudo, a forma como algumas cenas foram filmadas causam um certo desconforto, pela forma que a câmera vai sendo rotacionada rapidamente.

Primeiros Amigos esta sendo exibido no MAM do Rio de Janeiro.

Comments