Connect with us

Game Of Thrones

Produtor de Game of Thrones tenta explicar entrevista sobre estupro “Isto é Game of Thrones “

Avatar

Published

on

O Cabana do Leitor como toda a internet explodiu com a angústia de domingo passado. Sansa Stark foi brutalmente agredida e humilhada na noite de núpcias por seu novo marido o sádico Ramsay Bolton. Em cinco temporadas, o público assistiu Sophie Turner crescer. Mas na noite de domingo, o personagem perdeu a virgindade ao ser estuprada enquanto seu ex-amigo de infância Theon foi forçado a assistir.

Em entrevista ao EW, Bryan Cogman, que também escreveu o episódio disse

“Isto é Game of Thrones “, disse ele sobriamente. “Esta não é uma menina tímida andando em uma noite de núpcias com Joffrey. Esta é uma mulher endurecida que fez uma escolha e ela vê isso como um caminho para voltar a sua terra natal. Sansa tem uma noite de núpcias, no sentido de que ela nunca pensou que ela faria com um dos monstros da série. É muito intensa e horrível e o personagem terá que lidar com isso. “

O produtor também foi perguntado se como no livro A Dança dos Dragões, onde a noiva de Ramsay é uma outra personagem, se a cena seria tão sádica, como não esta na série. No romance de Martin, Ramsay força Theon a interagir sexualmente com sua noiva. Cogman parecia um pouco horrorizados com essa ideia. “Não!”, Disse. “Senhor não.  Não-não-não-não-não. Não É ainda uma forma compartilhada de abuso que eles têm de suportar, Sansa e Theon. Mas não é a tortura e humilhação extrema como a cena no livro é. “

Cogman acrescentou que a cena também é “um importante ponto de virada” para Sansa.

Em um update Bryan Cogman twittou o seguinte: “Olá a todos. Não vou fazer mais comentários, mas eu quero esclarecer algo em uma entrevista dada ao EW que foi feita a uns messes atras: “Eu estava me referindo a escolha de se casar de Sansa Ramsay e caminhar para aquela sala. Ela sentiu que se casar com ele é um passo vital na recuperação de sua terra natal. Não tento mudar a opinião de ninguém sobre a cena… De nenhuma maneira … De jeito nenhum com meu comentário eu “culpei a vítima”. Se pareceu que disse isso, estou profundamente arrependido. ” 

[alert type=white ]Então, o que você acha da declaração do produtor e escritor da série?[/alert]

Advertisement
Comments

CCXP 2018

CCXP 2018 – Divulgado teaser da última temporada de Game of Thrones

Avatar

Published

on

Durante o painel de Game of Thrones com os produtores e alguns dos principais atores da série de sucesso da HBO. Foi exibido o trailer da última temporada da série. Veja o trailer abaixo: 

Continue Reading

CCXP 2018

CCXP 2018 – Maisie Williams, de Game of Thrones, virá para o evento

Avatar

Published

on

Maisie Williams Arya Stark Game of Thrones

A organização da CCXP 2018 anunciou nesta quinta (29) que Maisie Williams, conhecida por interpretar Arya Stark em Game of Thrones, será uma das atrações do painel da série durante o evento.

Além da atriz, as presenças dos showrunners David Benioff e D.B. Weiss e do ator John Bradley (Samwell Tarly) já haviam sido confirmadas no painel, que acontece em 6 de dezembro (quinta), às 18h30.

De origem britânica, Maisie Williams atua em Game of Thrones desde seus 14 anos de idade, praticamente crescendo junto com o épico da HBO onde vive Arya Stark, terceira filha dos Stark de Winterfell que torna-se uma impiedosa e altamente treinada assassina, jurando vingança contra aqueles que feriram sua família. Desde então, a atriz também passou por séries de peso como Doctor Who e em filmes como Mary Shelley (2017) e no futuro longa Os Novos Mutantes (2019).

Além do painel, a HBO promete construir uma ativação dedicada exclusivamente à série na feira, transportando os fãs para o mundo de Westeros através de experiências únicas e atividades imersivas.

A CCXP 2018 será realizada entre os dias 6 e 9 de dezembro de 2018, no São Paulo Expo. Os ingressos estão à venda no site oficial do evento.

Continue Reading

Game Of Thrones

Anunciado game da HBO “Game of Thrones: Conquest” para iOS e dispositivos Android

Avatar

Published

on

By

A Warner Bros. Interactive Entertainment e a HBO Global Licensing anunciaram hoje o lançamento mundial de Game of Thrones: Conquest™ na App Store para iPhone e iPad e na Google Play para dispositivos Android. Desenvolvido pela Turbine e baseado na premiada série da HBO, Game of Thrones: Conquest permite que os jogadores se tornem os Senhores ou Senhoras de Westeros e definam uma estratégia para conquistar os Sete Reinos e sejam dignos do Trono de Ferro.

O game mobile segue o estilo MMO e estratégia e oferece a oportunidade de navegar pela perigosa cena politica de Westeros e criar uma casa personalizada, com seu próprio brasão e exércitos para marchar sobre as terras rivais. É possível também sabotar os inimigos utilizando espiões. Os jogadores podem esperar alguns rostos familiares da série da HBO, incluindo Jon Snow, Daenerys Targaryen, Petyr Baelish e outros.

“A manobra política de Game of Thrones sempre foi um dos elementos mais interessantes do show, e agora os jogadores podem viver essa fantasia enquanto competem com milhares de outras pessoas pelo controle do Trono de Ferro”, afirma Tom Casey, Vice-Presidente , da Turbine. “Existe também a oportunidade de trair seus aliados e revelar seus esquemas mais astutos para ganhar mais poder, o que pode levar a momentos muito intensos e divertidos”.

“Todo fã de Game of Thrones tem uma opinião sobre quem tem o direito de se sentar no Trono de Ferro e agora com o Game of Thrones: Conquest, esses fãs terão a oportunidade de tentar reivindicar o trono para si”, informa Jeff Peters, vice-presidente da HBO Global Licensing. “Nós acreditamos que todos vão adorar essa oportunidade para testar suas habilidades de batalha e estratégia enquanto exploram o mundo de Westeros”

Em Game of Thrones: Conquest, os jogadores podem capturar mais de 120 Pontos de Poder icônicos da série, como King’s Landing e Winterfell. Para controlar esses locais, você deve recrutar aliados, já que nenhuma guerra é vencida sozinha. Os jogadores devem criar seus exércitos e travar batalhas contra rivais para capturar essas fortalezas icônicas. Uma vez capturadas, será necessário defendê-las, já que cada Ponto de Poder confere ao jogador upgrades militares e econômicos. As fortalezas apontarão seus próprios pequenos conselhos e recompensarão aqueles mais fieis, tornando-os os defensores do ponto de poder.

Continue Reading

Parceiros Editorias