Connect with us

Games

Red Bull Player One – Saiba tudo sobre o Segundo Dia do Campeonato!

Fique por Dentro de Como Ocorreu as Semi Finais e a Grande Final.

André Gimenes

Published

on

Neste Domingo (1) rolou o segundo dia do Campeonato da Red Bull Player One aonde aconteceram as Semi Finais (melhor de 5 jogos) e a Grande Final (melhor de 7 jogos).

Começamos com a Primeira Semi Final sendo entre Znd1 representante de Portugal e Ziviz representante da Suécia.

No primeiro jogo Znd1 começou jogando de Varus e Ziviz jogando de Caitlyn. Znd1 soube utilizar muito bem do seu teleporte colocando o Ziviz um pouco atrás e ele não conseguia chegar direito no Znd1, o Português não queria uma vitória passiva e colocou pressão e garantiu o abate em baixo da Torre inimiga.

No Segundo jogo tivemos uma lane espelhada entre Syndra x Syndra. Foi uma trocação de dano o tempo todo e quando pensavamos que ia morrer ambos saiam vivos, os dois ficaram numa troca no limite quando estava 93 minions a 91 para o Português, o Sueco voltou base e tinha teleportar mas Znd1 quis ficar para puxar a wave novamente e foi punido pelo Sueco que o finalizou por esse erro.

Esse Terceiro jogo foi aonde Ziviz mostrou que sabe jogar de Syndra, o Znd1 escolheu o Orianna ao invés de um match up espelhado novamente. Znd1 deu alguns vacilos nos tempos da wave e ficou complicado para ele pois isso comprometeu sua volta a base e fez com que mesmo dando recall na 2º torre Ziviz ignorasse isso e fosse abate-lo lá mesmo.

Nesse Quarto jogo Ziviz escolheu Azir e Znd1 escolheu Tristana. Foi um pula e da Dash o tempo todo, Znd1 pulava nele com bomba e instantaneamente Ziviz ia no soldado com o E porém num momento em que o pulo do Znd1 voltou antes que o avanço pro Soldado do Ziviz voltasse foi fatal para o Ziviz e fez com que o Portugues pulasse soltasse a bomba e resetou o pulo garantindo o abate em baixo da torre adversária.

E no último jogo que foi decisivo eles foram para o mesmo Match Up da passada Ziviz de Azir e Znd1 de Tristana. Dessa vez Ziviz parecia estar muito mais ligado nas jogadas do Znd1 porém quando Ziviz deixou ele embaixo de sua torre com pouca vida isso ativou a ganancia e achando que poderia mata-lo tentou o Dive mas foi extremamente rulado quando Znd1 pulo na sua cabeça com o Salto foguete e utilizou a sua bomba juntamente com a sua ultimate jogando Ziviz em baixo da Torre e conseguindo o abate numa jogada sensacional.

Indo agora para a Segunda Semi Final do dia entre Jumong representante do Canadá e Pr0totype representante da Irlanda.

A primeira partida foi um confronto que esperavamos ser complicado sendo Pr0totype de Yasuo e Jumong de Heimerdinger. Porém foi um jogo um tanto estranho e que não entendemos bem, ambos começaram tomando Hit da Torre adversária e quando chegou o nivel 2 Pr0totype saiu fatiando os carinhas (minions) e foi até Jumong que bateu forte nele com suas torres e mesmo com o uso de sua barreira Pr0totype morreu para as torres do Heimerdinger, que partida estranha meus caros.

No segundo jogo Pr0totype escolheu Irelia e Jumong viu Caitlyn livre e já logo escolheu ela. Pr0totype conseguia explorar bem colocando Jumong em baixo de sua torre e sempre que tinha brechas causava dano, porém em um dado momento em que deixou Jumong com vida baixa ele foi na emoção e buscou um Dive em Jumong que conseguiu dar 1 hit e saiu correndo e deixando a torre finalizar o seu adversário.

Na terceira partida Jumong foi de Lucian e Pr0totype foi de Karma. E vamos ser sinceros que essa foi a única partida que Pr0totype não deu aquela emocionada, Jumong foi unilateral nessa partida ganhando em troca de dano, posicionamento e principalmente Farming; Pois foi isso o que lhe concedeu a vitória tranquila em cima do seu oponente atingindo os 100 de Farm.

Agora vamos para a Grande Final entre o Jumong do Canadá e Znd1 de Portugal.

Nesse Primeiro confronto vimos Znd1 escolhendo Ryze e Jumong escolhendo Lucian. Foi um confronto equilibrado porém em uma decisão meio equivocada do Znd1 em puxar um pouco mais a Wave para de baixo da Torre do Canadense, ele foi prontamente punido com Exaustão em cima dele e todo o combo do Jumong com seu Lucian garantindo assim a eliminação e o 1×0 na Md7.

Fomos para o Segundo jogo da série que foi Znd1 escolhendo Cassiopeia e Jumong escolhendo Tristana. Esse jogo foi um jogo emocionante sendo definido nos pequenos detalhes, tivemos várias trocas entre os dois e ficou sendo decisivo no Farming quando Jumong iria completar o 100 de Farm foi iniciado uma troca fortissima entre ambos usando suas Ultimates mas Jumong conseguiu ainda sim ganhar farmando os 100 minions.

No Terceiro jogo tivemos uma lane espelhada de Varus x Varus. Assim sendo quem jogasse melhor mecanicamente ganharia e aparentemente Jumong tinha mais controle do campeão, assim colocando uma diferença gigantesca na partida com dano mais constante, uma troca mais bem feita e sempre colocando pressão no Znd1, o jogo foi decidido numa troca franca entre ambos e Jumong finalizou o Znd1.

Então no Quarto jogo tinha a pressão pro lado do Znd1 que não poderia perder essa partida ou seria eliminado por 4×0 e pelo lado do Jumong estava tranquilo pois já estava a 1 vitória de ser campeão, Znd1 escolheu jogar de Irelia enquanto Jumong foi para o seu Lucian. Foi um jogo aonde finalmente Znd1 apareceu um pouco mais e foi mais inteligente nessa partida, enquanto o Jumong estava sem seu Exaustão o Znd1 tinha seu Exaustão e seu incendiar, ele partiu para cima do Jumong indo até mesmo em um dive perigoso e arriscado, ele deu um Miss Click porém mesmo ainda tomando 1 hit da torre conseguiu a finalização no Jumong e assim ficando mais aliviado por conseguir a Vitória.

E fomos para o Quinto jogo da série sendo outra lane Espelhada de Lucian x Lucian. Foi nos mínimos detalhes essa partida, ambos equilibrados em suas trocas de dano, ambos tendo um bom controle de Wave mas Jumong era um pouco superior nesse quesito o que fez com que Znd1 ficasse um pouco atrás e quando a partida estava 98 a 97 de Minions para o Canadense o Portugues se viu obrigado a tentar algo mesmo ambos com vidas baixissimas ele tentou a troca mas foi derrotado por Jumong que garantiu um 4×1 no Portugues e assim conseguindo se consagrar o Campeão Mundial do Red Bull Player One 2019.

Advertisement
Comments

Games

Melhores jogos de 2019: Apex Legends

O campeão dos battle royales.

Nay Queiroz

Published

on

Esse é a ano da Respawn sem sombra de dúvidas. O jogo surpresa de battle royale Apex Legends, permaneceu como um dos jogos favoritos do ano desde que foi lançado. Apex Legends é um dos indicados à GameSpot para o Jogo do Ano de 2019.

Entrando no ano de 2019 pensamos que tinhamos visto de tudo termos do subgênero battle royale que explodiu em popularidade no passado recente. Para citar alguns, tivemos os Campos de Batalha do PlayerUnknown , Fortnite , Call of Duty: Black Ops 4 e o Firestorm do Battlefield V , então quem achou que precisávamos de outro? Respawn Entertainment, aparentemente e ela com ceteza estava certa.

O desenvolvedor da conceituada série Titanfall adotou sua forte base de jogabilidade e deu seu próprio giro na fórmula battle royale de Apex Legends. Ao otimizar muitas das mecânicas principais do gênero, tecer magistralmente elementos de atirador de heróis e introduzir sistemas que tornam difícil voltar a outros royales de batalha (ou atiradores), o gênero é o melhor que já foi com o Apex Legends .

O jogo teve um forte lançamento em fevereiro, mostrando o quão inovador o Respawn pode ser no que parecia ser um gênero que já havia terminado.

O Apex Legends é um daqueles jogos que nos faz voltar ao longo do ano, seja para procurar novas atualizações ou apenas para desfrutar da emoção de afirmar ser campeão, não é atoa que com um mês de lançamento já alcançava 50 milhões de usuários.

O resultado de melhor jogo do ano será anunciado pela GameSpot no dia 17 de Dezembro. Até lá, esperaremos.

Continue Reading

Games

Melhores jogos de 2019: Resident Evil 2

Destaque como um dos melhores jogos do gênero.

Nay Queiroz

Published

on

Resident Evil 2 provou ser muito mais do que um simples remake do clássico de terror e sobrevivência e se destaca como um dos melhores que a série e o gênero têm a oferecer. Resident Evil 2 é um dos indicados à GameSpot para Game of the Year 2019.

É fato que é inapropriado chamar Resident Evil 2 de remake. Embora certamente seja exatamente isso, a Capcom fez mais do que recuperar o espírito de seu original; ele estabeleceu um precedente para a reinvenção da série e criou um novo padrão para todos os remakes de videogame a seguir. Depois de 23 anos, o remake de Resident Evil 2 é a versão mais refinada do que a franquia e o gênero sempre aspiraram a ser.

Com o Remake a Capcom conseguiu recuperar a ansiedade e o sentimento angustiante de encontrar um zumbi devorador de carne pela primeira vez, e reintroduzir esse terror indutor de pânico, apesar de a cultura zumbi ter empurrado nossas gargantas nas últimas décadas.

Resident Evil 2 apresenta o retorno bem-vindo aos quebra-cabeças. Isso é algo que Resident Evil 7 reintroduziu em quantidades modestas, mas RE2 se inclina para ele; e com esse retorno, vem a exploração e o retorno das assinaturas da série em seus ambientes. Mais uma vez, algo que RE7 reintegrou, mas em uma escala menor em comparação com as parcelas anteriores.

O remake de Resident Evil 2 fez retornar o sentimento de medo e pânico que havia se perdido no original de 1998 e é por isso que ele é um dos melhores jogos de 2019.

A GameSpot revelará no dia 17 de Dezembro qual dos indicados levará o tão cobiçado prêmio de Melhor jogo do ano para casa. Até lá, esperaremos.

Continue Reading

Games

Predator: Hunting Grounds ganha data de lançamento

Predator: Hunting Grounds chega ao Playstation4 em 24 de abril de 2020

Rebeca Pinho

Published

on

Predator: Hunting Grounds chega ao Playstation4 em 24 de abril de 2020. O anúncio foi feito nesta terça-feira (10) durante o State of Play. O game ganhou ainda um novo trailer, confira abaixo:

Predator: Hunting Grounds segue a fórmula presa VS caçador (Dead by Daylight). Nas palavras de Charles Brungardt (CEO da IllFonic) “Predator: Hunting Grounds é nossa carta de amor ao Predador de 1987”.

A pré-venda do game já está disponível, e ela garante alguns brindes: Skin exclusiva do Predador no filme de 1987 e acesso antecipado à arma “Ole Painless mini-gun”.

Predator: Hunting Grounds chega ao Playstation4 em 24 de abril de 2020

Continue Reading

Parceiros Editorias

error: Conteúdo Protegido