Connect with us
Avatar

Published

on

“Não há mais como voltar atrás, nove reinos caíram, restando apenas um de pé.”

A Guerra dos Reinos começou, e o único campo de batalha restante é Midgard, o qual os heróis da Terra precisam vencer uma batalha impossível, em que soldados, mutantes, homens com armaduras tecnológicas e pessoas sem super-poderes enfrentam deuses, elfos e gigantes.

A realidade é que tal guerra já havia começado há muito tempo atrás, no coração de Malekith, que nasceu rodeado por conflitos em todos os lados, sentidos e formas, assim como há anos nas publicações da Marvel Comics, durante as aventuras que Thor, tanto Odinson quanto Jane Foster, viviam.

Em algumas histórias, o leitor pode presenciar A Liga dos Reinos, reunida em Thor n°7 de 2017, não sendo capaz de impedir o avanço de Malekith, assim como o genocídio de todo o reino dos elfos luminosos. Teve também a destruição da Ponte do Arco-Íris por Mangog, impossibilitando Odinson, agora Thor, de viajar entre os Reinos para lidar com o conflito.

Vale lembrar, que foram diversos os esforços do deus do trovão, em Thor Vol. 1: Renasce o Deus do Trovão e Vol. 2: Rumo à Guerra dos Reinos, para pôr um fim à guerra de Malekith, sendo todos sem sucesso. No tempo em que tais fatos ocorriam, o rei dos elfos negros reuniu seus aliados, como Laufey, o Rei dos Gigantes de Gelo, Sindr, a Rainha de Muspelheim, e Loki, o deus da trapaça e irmão de Thor.

Tal resumo foi necessário para os leitores que não acompanharam o desenrolar da guerra ao longo dos anos e dos quadrinhos de Thor, uma vez que os roteiristas Jason Aaron (Wolverine, Marvel Legado, X-Men) e os irmãos McElroy (A Zona de Aventura: Aqui Há Gerblins, em tradução livre), não perdoaram, e começaram o quadrinho já mostrando o desfecho dos eventos citados “pré-guerra”, assim como já dá o gancho para o inicio do conflito em Midgard.

Claro que não se pode deixar de lado o incrível trabalho de ilustração de Russel Dauterman (X-Men, Thor) e André Lima Araújo (Homem-Aranha, Pantera Negra, Thanos) que possibilitam o leitor a uma completa imersão na história, uma vez que apresentam traços simples, mas que exibem com detalhes o quão devastador a guerra está sendo para Midgard. E por fim, não menos importante, temos os coloristas Matthew Wilson (Thor, X-Men, Excalibur) e Chris O’ Halloran (Thanos, Rei Thor, Pantera Negra) que trazem vida aos desenhos de Dauterman e Araújo, através de suas cores e pinturas vibrantes.

Outro ponto a se destacar, é que o Volume 01 da Guerra dos Reinos, tem sua trama divida por títulos, que se iniciam por “O Último Reino de Pé”, passando por três histórias, até terminar com “Feitores da Comunidade”, o qual cada um possui sensacionais capas feitas pelos artistas Arthur Adams juntamente com Matthew Wilson, assim como Valerio Schiti com David Curiel.

Quanto à história, alertamos que a mesma possui um fluxo bom, o qual o leitor consegue acompanhar bem o que está ocorrendo com os heróis, visto que há narrativas distintas, cada qual na sua localidade com os seus grupos de heróis a lutar cumprindo com os seus deveres. É correto afirmar que este evento traz muitas surpresas para os leitores que não acompanhavam as histórias da Marvel Comics nos últimos anos, uma vez que exibe o retorno de alguns personagens importantes para o seu universo, assim como rende bons momentos cômicos, além de deixar perguntas no ar de como será o futuro do Universo da Marvel Comics após essa guerra.

Ficaram com curiosidade pra saber mais sobre A Guerra dos Reinos – 01? Bom, não precisam ficar assim, pois o primeiro volume já está a venda no site da Panini, basta clicar aqui.

Advertisement
Comments

HQs

DC Comics | Anunciado um novo evento para o inicio de 2021

Destaca-se que pela primeira vez, teremos um evento modelado pelo título Detective Comics.

Jacqueline Cristina

Published

on

Divulgado pela DC Comics, uma imagem de seu próximo evento nos quadrinhos, denominado como “Future State (Estado Futuro)”, que faz parte do catálogo recém-apresentado da DC Connect.

Está claro que a nomeação do título, remete-se a uma provocação de “Generations: Future State” do escritor Dan Jurgens, assim como da narrativa de “Generations: Fractured” do artista Kevin Nowlan e que está presente em Detective Comics #1027, que foi publicada nesta semana nos EUA. Confira abaixo as fotos divulgadas:

Havia rumores de que “Gerações” carregaria o enredo “5G” da DC Comics, examinando diferentes sucessões de super-heróis que lutaram no decorrer da extensa história do Universo DC, simultaneamente a criação de um novo futuro para eles. Todavia, o editor e diretor de criação, Jim Lee, sustentou a fala de que um reboot 5G não vai ocorrer.

“Não haverá um projeto chamado ‘5G’, ou um grande reboot, ou o que seja. Nós realmente queremos focar em títulos individuais, e construir organicamente personagens ao longo do próximo ano”, disse Jim Lee durante a exibição de um vídeo pré-gravado que passou no DC FanDome.

“Se você está esperando por grandes desenvolvimentos no Universo DC… Os maiores [serão] em todo o quadro de 2021, mas novamente ele se espalha e se aproxima organicamente quando faz sentido dentro de um título específico, então nem tudo tem que se amarrar em um grande evento épico de uma só vez”, acrescentou Lee.

“Future State” tem previsão de lançamento nos EUA, entre Janeiro e Fevereiro de 2021.

Continue Reading

HQs

Marvel homenageia o lendário artista Chris Claremont com ilustração especial

Em dezembro, comemore cinco décadas de incríveis contribuições do escritor para os quadrinhos!

Jacqueline Cristina

Published

on

Nos últimos 50 anos, Chris Claremont agraciou a leitores e fãs do Universo Marvel, com sua forte narrativa, inventando e definindo alguns de seus mais notáveis heróis, além de conceber a estrutura para a conhecida franquia dos X-Men.

Em vista disso, será lançada no mês de dezembro deste ano, uma nova história que marca o retorno do escritor ao mundo dos mutantes, através de um Especial de Aniversário, em que Claremont se une a diversos artistas, incluindo Brett Boot e Bill Sienkiewicz.

Em uma entrevista recente, o editor-chefe C.B. Cebulski disse, “UNCANNY X-MEN foi onde tudo começou para mim como um jovem fã, e é uma honra para todos aqui na Marvel celebrar o 50º aniversário de Chris Claremont como escritor conosco! Neste especial, Chris tece com maestria uma história totalmente nova que nos leva à rota da memória e revisita muitos dos personagens favoritos dos fãs que ele ajudou a criar ao longo dos anos, junto com alguns dos artistas clássicos com quem ele colaborou. Com algumas surpresas ao longo do caminho!”.

Confira abaixo uma ilustração junto à sinopse revelada do título:

Dani Moonstar é convocada a uma missão através do tempo e espaço para um incrível confronto psíquico contra o Rei das Sombras, o qual unirá forças com outros personagens estabelecidos por Chris Claremont!”.

Vale lembrar que Chris trabalhou em obras inovadoras de sucesso da Marvel Comics, como as clássicas sagas dos X-Men, “Fênix Negra” e “Dias de um Futuro Esquecido”, além de “Novos Mutantes” e “Wolverine”, do mesmo modo que participou de narrativas memoráveis nos quadrinhos de Ms. Marvel e Quarteto Fantástico.

Especial de Aniversário de Chris Claremont #1 chegará as lojas físicas e digitais dos EUA em dezembro.

Continue Reading

HQs

DC Universe Infinite | Plataforma de quadrinhos chega em 2021

Novidade! O serviço de streaming DC Universe agora será uma plataforma de quadrinhos de outro nome.

Avatar

Published

on

O serviço de assinatura DC Universe estará passando por uma transformação no próximo ano. O editor e diretor de criação da DC, Jim Lee, já vinha prometendo um grande anúncio sobre o futuro da plataforma e agora é oficial. A DC anunciou que o serviço de streaming será agora conhecido como DC Universe Infinite, um serviço premium de assinatura de quadrinhos.

O serviço será lançado nos Estados Unidos no dia 21 de janeiro, oferecendo títulos de catálogo DC seis meses após a data de venda, o que é uma melhora, já que o DCU tem atualmente uma espera de um ano. Também será concedido acesso à linha de títulos digitais, incluindo DCeased: Hope at Worlds End, Harley Quinn: Black + White + Red e Injustice: Year Zero; abrangendo mais de 24.000 títulos das oito décadas.

Além disso, o serviço vai estrear DC Universe Infinite Originals, um novo conteúdo exclusivo criado para o serviço e apresentando personagens favoritos dos fãs. Uma expansão global está planejada para o serviço a partir do verão.

“Nossos fãs amam a robusta biblioteca de quadrinhos da plataforma e, com a transformação, não decepcionaremos. Estou animado em compartilhar que não apenas os membros do DC Universe Infinite ainda poderão ler todos os grandes quadrinhos de que gostaram, mas novas edições estão estreando na plataforma mais rápido do que antes, os primeiros exclusivos digitais estão sendo criados, e os eventos exclusivos para membros começarão o mais rápido possível. Nunca houve melhor momento para ser um fã da DC!”, disse Jim Lee em um comunicado.

O DC Universe Infinite também apresentará uma comunidade de fãs disponível para todos os assinantes, com eventos planejados até 2021. As assinaturas existentes do DC Universe serão transferidas para o DC Universe Infinite.

Esta transição ocorrerá devido as séries originalmente criadas (Young Justice, Titans, Doom Patrol) para o serviço estarem passando para a HBO Max. Uma terceira temporada de Doom Patrol já foi anunciada pela própria HBO Max.

Fique ligado no site do Cabana do Leitor para saber de mais novidades.

Continue Reading

Parceiros Editorias