Resenha | Black Science Vol. 1

“Todas as escolhas que fazemos …. cada uma, um único evento quântico…”

Ciência… a busca pelo inimaginável, levou grandes cientistas a fazerem “loucuras” em prol da busca pelas respostas que tanto almejavam. Muitos são os exemplos ao longo dos anos, seja na literatura, no cinema, teatro, entre outras artes, que trouxeram esta ideia para o público através de suas diferentes perspectivas. Mas o que poderiam mostrar de novo?

Bom, é possível encontrar essa resposta na obra Black Science (Ciência Sombria), publicada no Brasil pela editora Devir, que conta com roteiro de Rick Remender, ilustrações de Matteo Scalera e cores de Dean White.

Atenção: os parágrafos a seguir contêm spoilers.

É notório que logo nas primeiras páginas, o escritor Rick Remender consegue prender a atenção do leitor, ao trazer um cenário diferente da Terra, sem contar as poucas informações sobre o motivo dos personagens estarem “envolvidos” naquela situação inicial. Apesar disso, no decorrer da trama, as explicações que “desejamos” são apresentadas, gradualmente através de flashbacks do passado.

Claro que não se pode deixar de lado as artes de Matteo Scalera, que possuem um estilo único e fascinante em seus traços, os quais somados ao trabalho de cores de Dean White, conseguem trazer um espetáculo visual, empolgante e excitante, para todos apreciarem.

Desse modo, mais que uma aventura entre os universos e suas infinitas possibilidades, Black Science Vol.1 é uma obra envolvente e sensata, a qual mostra aos leitores que mais perigoso que desbravar o espaço, é a ambição do homem, que cego em seus pensamentos não vê o que realmente importa na vida. Sem contar a pergunta que este volume deixa no final: qual será o destino dos personagens, após todos os percalços que enfrentaram?

Black Science Vol. 1 está disponível para compra no site da Amazon.

Total
3
Shares
Related Posts
Total
3
Share