Connect with us
Jacqueline Cristina

Published

on

Alan Moore, escritor britânico mundialmente conhecido por suas obras na nona arte, como V de Vingança, que teve uma adaptação cinematográfica lançada em 2005, e Watchmen, o qual teve um filme dirigido por Zack Snyder, estreado em 2009, assim como uma série produzida pela HBO, de mesmo nome em 2019, teve uma narrativa inédita lançada pela Devir, que marca sua parceria com o artista Steve Parkhouse.

Atenção: Os parágrafos a seguir podem conter spoilers.

Naturalmente, que apesar de o título ser inédito para os fãs brasileiros, o mesmo teve sua estreia em terra estrangeiras, em meados de 1983, no qual as histórias foram publicadas de maneira branda em inúmeras revistas, de modo que perdurou quase uma década; até que resolveram unir todas as aventuras produzidas em um único livro.  

É evidente, logo em suas primeiras páginas, que Moore e Parkhouse não poderiam ser mais atuais nesta narrativa que aborda de maneira ácida e cômica, os problemas cotidianos familiares que poderiam ser enfrentados por qualquer um, seja normal ou enigmático.

Há também o fato de que em seu desenrolar, o leitor se vê envolvido em uma história que supera as expectativas do risível, uma vez que exibe através de suas ilustrações pragmáticas e de sua escrita objetiva, temas importantes como o feminismo, machismo e até mesmo o preconceito.

Portanto, mesmo em tons melancólicos e lívidos, “Bojeffries: A Saga” é um título que apesar de seu lançamento “tardio” em terras brasileiras, ele é mais atual do que nunca em trazer para os leitores assuntos cruciais para o âmbito social, sem contar os sentimentos de cada membro da família, que podem ser identificados em grande parte de grupos familiares pelo mundo.  

Bojeffries: A Saga, publicação da Devir se encontra a venda no site da Amazon.

HQs

Editora Skript lança Lovecraft para Colorir

O quadrinho já está disponível para pré-venda pela Amazon.

Avatar

Published

on

A Editora Skript lançou um quadrinho para colorir inspirado nas ilustrações do H. P. Lovecraft.

A obra apresenta quatro níveis de dificuldade: O inicial (“tô de boas”), intermediário (“dá para encarar), avançado (“preciso me concentrar”) e expert (“hoje eu só faço isso”).

Além das ilustrações, o quadrinho contará com uma história para colorir, sem diálogos, com narrativa “muda”, escrita por Eric Peleias e desenhada por Daniel Sousa. O conto de 7 páginas altera nos quatro níveis de pintura.

O quadrinho tem 40 páginas no tamanho europeu (20x28cm), com capa cartão e miolo em offset, todos de alta gramatura. Lombada quadrada e colada.

Confira as imagens liberadas abaixo:

Capa

Lovecraft para Colorir já está disponível para pré-venda pelo site da Amazon.

Continue Reading

HQs

Resenha | Nimona

O verdadeiro significado do ditado: “As aparências enganam”.

Mylla Martins de Lima

Published

on

A HQ Nimona foi lançada em 2016 pela editora Intrínseca e tem como autora Noelle Stevenson, uma ilustradora e quadrinista incrível!

Nimona é uma menina, as vezes raposa, tubarão, gato e até dragão em alguma parte do seu tempo. Na verdade Nimona é uma metamorfa muito enérgica, que consegue o tão sonhado cargo de comparsa do pior vilão que já existiu no mundo, o Ballister Coração-Negro.

O inesperado começa quando a garota, em sua primeira missão, descobre que seu chefe e ídolo não é tão malvado assim. Enquanto ela sugere acabar com o arqui-inimigo e ex-amigo do vilão, Sir Ambrosius Ouropelvis, matando ele e a quem estiver tentando protegê-lo, Ballister prefere a tradicional luta de espadas, sem sangue e sem morte.

A história começa quando a dupla descobre que a Instituição de Heroísmo & Manutenção da Ordem, empresa que em tese serviria para controlar o caos, planeja prejudicar a população e incriminá-los. Como será a reação do povo quando Coração-Negro levar essa informação à mídia?

Trata-se de uma publicação divertidíssima, ambientada na idade média mas utilizando de elementos futurísticos, mais presente na tecnologia. Os personagens carregam muitas histórias passadas e são muito bem trabalhados, do visual à personalidade. Várias páginas arrancam sorrisos e até mesmo gargalhadas, principalmente quando os quadros pertencem à menina e Ballister.

A trama é cheia de dramas também, e que não passam despercebidos nem com as cenas de humor ácido da personagem principal. O ritmo da narrativa é bem rápido, mas muito fluido e, mesmo com suas 275 páginas, Nimona é uma leitura simples, fácil e que pode ser lida em um único dia. E é impossível não ler!

Noelle sabe prender o seu leitor e isso não é nenhuma surpresa. Esta HQ lhe rendeu o Eisner Awards e a levou para a final do National Book Award. Além disso, a quadrinista garantiu o Slate Cartoonist Studio Prize de Melhor Web Comic e foi indicada ao Harvey Award. Que currículo!

Nimona é uma ótima leitura pós ressaca literária, é a melhor opção para quem ama fantasia e quer fugir dos clicês de heróis. É um misto de fofura, ação, risadas e lágrimas.

A história de uma menina, um vilão que não é vilão e um herói que não é herói.

Continue Reading

HQs

Prévia do quadrinho Batman #101 é revelada

Prévia liberada pela DC Comics mostra as consequências do Joker War.

Avatar

Published

on

DC Comics divulgou a prévia do quadrinho Batman #101, do escritor James Tynion IV (Batman: The Joker War) e dos ilustradores Guillem March (Catwoman) e Tomeu Morey (Detective Comics).

Em Batman #100, o Coringa lançou um ataque em grande escala em Gotham City, que caiu rapidamente graças a Punchline e sua nova iteração de Gás Risonho, que ela tentou usar para remover o Cavaleiro das Trevas da equação. Por fim, o herói, a Bat Família e a Harley Quinn conseguiram salvar a cidade. Agora, basta saber quais serão as consequências.

Confira a prévia abaixo:

Batman #101 está previsto para lançar no dia 20 de outubro.

Continue Reading

Parceiros Editorias