Connect with us

e-Sports

Resumão 5ª semana de CBLoL: Veja como ficou a tabela

Gabriel Reis dos Anjos Santos

Published

on

LOJA DC 4

No último final de semana tivemos a 5ª rodada do CBLoL. Confira quais times ganharam, quais perderam e como se encontra a tabela no momento atual.

 

Sábado: “Um péssimo dia para ser Blumer”

A primeira série do sábado (01) foi uma disputa entre os representantes do Brasil no Rift Rivals, Keyd Stars e Red Canids. O primeiro jogo foi bem dominado pela equipe da Keyd, que conseguiu ler muito bem em vários momentos o que os Lobos queriam fazer no jogo. O problema é que mesmo sofrendo em boa parte do mapa, o time da Red manteve um jogo muito bem executado na rota inferior e por causa disso conseguiu a vitória da partida. O domínio da Matilha começou a partir do momento em que eles executaram o primeiro barão da partida e o fechamento desse domínio ocorreu após o atirador dos Lobos, Felipe “brTT” Gonçalves, mostrar todo o poder de um Jhin no late game. O destaque foi justamente para ele, que fechou o jogo com um K/D/A de 5/0/4.

Na segunda partida, a Keyd Stars optou por diferenciar o seu estilo de jogo e utilizar três atiradores em sua composição. Com um Lucian nas mãos do Yang, o Graves nas mãos do Revolta e a Ashe nas mãos do Juzinho, a equipe da Keyd conseguiu travar o jogo da Red Canids e garantiu a vitória da segunda partida. O destaque ficou nas mãos do Takeshi, que com a sua Taliyah conseguiu se movimentar mais do que o Tockers (e sua Orianna) pelo mapa. O resultado dessa movimentação foi essencial para a belíssima partida executada pela Keyd Stars e pelo K/D/A de 9/2/3 do capitão, que não deixou o brTT clicar na partida.

Históricos das partidas:
Jogo 1: Clique aqui
Jogo 2: Clique aqui

A segunda série do sábado (01) foi entre o time da CNB e-Sports Club e a equipe da Team oNe. Foi visto uma melhora no time da CNB, mas essa melhora não foi o suficiente para que o time garantisse a vitória da primeira partida. Os Blumers começaram mostrando um ótimo jogo pra cima dos Golden Boys, porém acabou errando em vários momentos na passagem do mid/late game. Aproveitando desses erros e mostrando calma durante toda a partida, a equipe da Team oNe executou a sua composição e garantiu a primeira vitória na partida. O destaque ficou nas mãos do Marf, que mostrou um perfeição como se utiliza o R da Cassiopeia para realizar um pick-off. O jogador terminou a partida com um K/D/A de 6/1/2.

No último confronto do dia, o time da CNB resolveu colocar a Fiora nas mãos do LEP, certamente visando o conserto dos erros cometidos durante a primeira partida. O que eles não esperavam era a resposta de Riven pelo VVvert. O jogador mostrou porque a campeã é um dos seus principais bonecos do jogo e com maestria dizimou LEP e companhia, que diferente do primeiro jogo, não conseguiram executar os picks em nenhum momento da partida. O destaque ficou justamente nas mãos do VVvert, que finalizou a partida com um K/D/A de 7/1/2. Questionado pelo pick após o final da partida, o jogador da rota superior afirmou que a escolha não foi combinada antes e que ele puxou a responsa na hora dos picks e bans. Com a derrota, o time da CNB e-Sports Club tem o seu pior momento de todos os tempos no CBLoL.

Históricos das partidas:
Jogo 1: Clique aqui
Jogo 2: Clique aqui

Domingo: “paiN x ProGaming rouba cena e Intrépidos vencem os Bodes”

A primeira série do domingo (02) foi realizada entre o time da T Show e a equipe da INTZ e-Sports. Era importante a vitória dos Bodes nessa série, principalmente para ajuda-los a subir e ficar um pouco distante do rebaixamento direto, ao lado da CNB. Visando justamente essa vitória (ou não), o time da T Show fez um pick um tanto quanto inusitado no primeiro jogo. A equipe jogou com um Xin Zhao na selva e por mais que o campeão consiga limpar os campos sem perder vida, não era o suficiente. Turtle com a sua Elise em mãos conseguiu ler muito bem a Selva do seu adversário e o dominou completamente. O resto foi o de sempre, erros dos Bodes, principalmente nos ganks executados pelo Ferchu e nas rotações realizadas. O destaque ficou nas mãos do Meio Intrépido, Envy, que garantiu um K/D/A de 4/0/5 coma Syndra em suas mãos. Além disso, vale ressaltar a vantagem de ouro (20mil) que o Ayel chegou a abrir sobre o b4dd na rota superior.

Na segunda partida, visando uma melhora na sincronia do time, os Bodes entraram com Danagorn na selva e DudsTheBoy na rota inferior como atirador. Já a INTZ fez a sua mudança de rotina e Shini substituiu o Turtle na partida. A mudança do lado da T Show não surtiu muito efeito mas as mudanças do lado Intrépido fez toda a diferença na partida. Mesmo com o Shini, a INTZ conseguiu um domínio total na selva da T Show e isso foi de muita importância para a vitória do time em todas as rotas. Foi um jogo fácil e um dos melhores realizados pela INTZ até agora, pelo menos em questão de mecânica. Falando em mecânica, o destaque ficou nas mãos do Shini, que além de vários Insecs, não morreu nenhuma vez, fechando a partida com um K/D/A de 3/0/10.

Históricos das partidas:
Jogo 1: Clique aqui
Jogo 2: Clique aqui

A última série dessa rodada aconteceu entre o time da ProGaming e-Sports e a equipe da paiN Gaming. O confronto foi considerado por ambas as equipes o mais difícil até o momento e foi visto durante as duas partidas o motivo dessa consideração. Na primeira partida, o time da paiN dominou completamente o time da ProGaming. O ponto crucial para a vitória da partida foi o Kha’zix do Tay, que conseguiu impôr um ritmo acelerado durante toda a partida. Além do Tay, o Suporte Loop também merece méritos pela vitória do time, principalmente pelas suas lanternas com o seu Thresh que salvou o time em vários momentos da partida. O destaque por sua vez ficou nas mãos do Tay, que finalizou a partida com um K/D/A de 5/2/3.

A última partida foi uma das melhores que aconteceu em toda etapa do CBLoL. O time da ProGaming realizou a sua mudança rotineira na Selva e colocou o Ranger para jogar no lugar do Zuao que não fez uma boa partida com o seu Zac no primeiro jogo. O Ranger de fato fez a diferença e foi um dos responsáveis pela vitória da equipe da ProGaming na última partida do dia. O time vindo do Desafiante dominou a paiN durante todo o jogo. O time de Kami e companhia ainda tentou a virada na partida com a realização do primeiro barão do jogo, porém não foi o suficiente uma vez que a equipe de Professor já tinha maior domínio em todo o mapa. Mesmo com o baile durante a partida, a equipe da paiN merece os méritos por ter dominado muito bem os dragões na partida. O fim do jogo se deu justamente na briga por um desses buffs, o do dragão ancião, que seria importantíssimo para manter a paiN viva na partida. O time da ProGaming leu isso muito bem e com um belo engage por parte do Galio, que estava nas mãos do SkyBart, juntamente com o Rakan, que estava sobre domínio do Professor, garantiu a vitória na última team fight e a derrubada do nexus inimigo. O destaque ficou nas mãos do Professor, que fechou o dia com um K/D/A de 2/1/10 na partida.

Históricos das partidas:
Jogo 1: Clique aqui
Jogo 2: Clique aqui

Com o fim da rodada, a tabela ficou da seguinte maneira:

Imagem: Reprodução/Riot Games

Próximos jogos (6ª rodada – após o Rival Rifts)

A cobertura completa do CBLoL 2017 e do Rival Rifts você acompanha aqui no Cabana do Leitor. Fiquem ligados!

Comments