Connect with us

Games

REVIEW: Tooth and Tail, o jogo de estratégia em tempo real

Avatar

Published

on

Embora jogos com gráficos 2D não sejam o meu forte, pelo contrário, sejam o meu fraco, preciso dizer que algo nesse jogo me despertou. Pensei duas vezes, até três em começar uma partida, mas aos poucos, de fato, o game começou a me intrigar e o meu preconceito bobo, admito, sobre games em 2D foi desaparecendo.  O jogo Tooth and Tail é um jogo independente de estratégia em tempo real, lançado no dia 12 de setembro pela Pocketwatch Games. O jogo está disponível nas plataformas Playstation 4 e PCs nas plataformas GOG ( por onde eu joguei) ou Steam.

A parte que eu mais gostei, sem sombra de dúvidas, é que não existe tempo ruim nesse jogo. Ele não é monótono e permite que o player possa escolher entre o modo de história e o multiplayer no qual tem ranked, unraked e offline. O modo competitivo podem ir até 4 jogadores por vez. Na história apresentada, quatro facções vivem um dilema de uma guerra civil causada pela falta de comida e pelas atitudes de cada povo. Ai, minha gente, começa ficar boa a história, apimentando que cada facção tem sua personalidade e posição na sociedade, os Longcoats, são os aristocratas; os Commonfolk, representam os cidadãos comuns; a KSR é uma espécie de polícia secreta que busca a paz entre a nação (meu preferido); e os Civilized, são uma organização corrupta que gerencia a comida do povo.

Resultado de imagem para Tooth & Tail

Mas meu amor, se você estava pensando que o jogo é só isso ai está muito enganado, viu? A cada partida multiplayer é impossível pegar mapas parecidos, o que impossibilita, por exemplo, de você utilizar as mesmas estratégias sempre. Para os malandrinhos de plantão, esse jogo não tem vez, foi feito para usar a cabeça e se jogar nas artimanhas que esse game pode proporcionar. A jogabilidade, sobretudo é bem tranquila, fácil de aprender e com um tutorial bem auto-explicativo. As partidas no geral são bem rapidinhas, sem desconforto. Eu particularmente não gosto de partidas demoradas, anyway, então AMEI!

O jogo tem diálogo com outros personagens e te faz entender todo um enredo proporcionado propositalmente pela empresa que desenvolveu. Isso é um tanto dinâmico, eu diria. Outra coisa legal é que em cada partida você tem que escolher o que vai usar de “unidades”, ou quero dizer, exército para combater o inimigo. Cada player tem o mesmo número de tropas mas são infinitas as possibilidades de como usá-las e é isso que intriga.

De um modo geral, eu jogaria isso todo dia se eu pudesse. Não é jogo tipo League of Legends, que por sinal também é de estratégia. Mas me lembra um pouco Age of Empire na parte de ter que conquistar os territórios  e mover as tropas. Contudo eu achei o jogo bem  autêntico e é um game independente. Espero que esse lado do mercado cresça cada vez mais e traga bons produtos como esse.

Resultado de imagem para Tooth & Tail

 

Editora de Games e E-Sport do site, jornalista, amante das causas minoritárias, participante ativa do movimento negro brasileiro e do feminismo. Para sugestões de pauta enviar para: anaschuchd@hotmail.com

Advertisement
Comments

Games

NVIDIA lança placa de video de Cyberpunk 2077 e ela pode ser sua de graça

Avatar

Published

on

By

Existem poucos jogos tão esperados este ano quanto o Cyberpunk 2077. O título está previsto para chegar em setembro no PlayStation 4, Xbox One, Stadia e Microsoft Windows. Os jogadores que planejam comprar a última opção ficarão interessados ​​em saber que a NVIDIA revelou uma placa de vídeo exclusiva com o logotipo do jogo. 

Apenas 77 foram feitos pela empresa, no entanto, e para conseguir um, os fãs terão que retweetar o tweet abaixo e marcar um amigo nas respostas. Se selecionado, ambas as partes receberão a GPU exclusivo! 

Para jogadores de PC que precisam de uma atualização antes do lançamento do jogo, esta pode ser a melhor opção para fazer isso!

A GeForce RTX 2080 Ti Cyberpunk 2077 Edition é bastante única, mas faz sentido, dado o papel da NVIDIA no desenvolvimento do jogo. Em junho passado, a empresa anunciou uma parceria com o desenvolvedor CD Projekt Red para trazer o traçado de raios em tempo real para o Cyberpunk 2077

Como resultado da inclusão, a iluminação do jogo funcionará de uma maneira muito mais realista no tipo de ambiente da cidade em que os jogadores se encontrarão durante o jogo.

Continue Reading

Games

GWENT: The Witcher Card Game chegará ao Android no próximo mês

Avatar

Published

on

Após o enorme sucesso de The Witcher na Netflix, os fãs estão ansiosos por mais material. Os trabalhos de Andrzej Sapkowski viram uma demanda crescente, e The Witcher III: Wild Hunt registrou um grande fluxo de jogadores, graças à série de streaming. Os fãs ansiosos por mais Witcher estão com sorte, pois GWENT: The Witcher Card Game está programado para ser lançado nos dispositivos Android no próximo mês! Desenvolvido pela CD Projekt Red (a equipe por trás do Wild Hunt ), o GWENT apareceu anteriormente no PlayStation 4, Xbox One, PC e iOS. Como tal, não é tecnicamente um material novo para os fãs conferirem, mas deve dar a mais fãs da série a chance de apreciar algum material de Witcher!

Embora essas outras plataformas tenham aproveitado um pouco mais o GWENT, os usuários do Android ficarão felizes em saber que isso significará um número maior de pessoas para jogar. O título suporta cross-play com as versões para PC e iOS, embora não PS4 e Xbox One, pois o CD Projekt Red deixou de oferecer suporte para essas plataformas . O cardgame é baseado no sistema de turnos para dois jogadores onde quem fizer mais pontos dentro das três rodadas ganha o jogo.

GWENT é um título gratuito para começar, baseado no jogo de cartas que apareceu pela primeira vez nos romances de Sapkowski. Os jogadores podem expandir seus decks no jogo através de microtransações ou ganhando rodadas. A jogabilidade é semelhante à versão apresentada em The Witcher III: Wild Hunt , mas a versão autônoma expande significativamente a versão daquele lançamento em particular.

A GWENT foi nomeada para o Mais Promissor Novo Jogo de eSports no SXSW 2019, perdendo para o grande público que é Fortnite. Ainda assim, dada a crescente base de fãs de The Witcher, e o fato de o jogo estar agora disponível em várias plataformas diferentes, parece que o jogo poderia muito bem começar a cumprir essa promessa nobre! Será interessante ver se o sucesso da série Netflix terá impacto no sucesso da GWENT .

Os fãs podem se pré-registrar no GWENT: The Witcher Card Game agora. Fazer isso desbloqueia um avatar do Golem Imperial quando o jogo for lançado em dispositivos Android em 24 de março. Você é adora Cardgames como eu e já jogou GWENT ? Você está animado com o lançamento do jogo no Android? 

Continue Reading

Games

Digimon Survive revela novos detalhes sobre personagens e jogabilidade

Avatar

Published

on

Desde o anúncio do jogo em 2018, os fãs de Digimon estão ansiosos por mais informações sobre o próximo título da Bandai NamcoDigimon Survive. Com lançamento previsto para o final deste ano, o jogo parece apresentar uma abordagem um pouco mais sombria da franquia. No jogo, um grupo de estudantes do ensino médio em um campo de estudos históricos são transportados para outro mundo. Enquanto tentam encontrar o caminho de volta, os jogadores devem tomar uma série de decisões, o que aparentemente terá um grande impacto na narrativa do jogo. As decisões no jogo podem resultar em múltiplos finais, e nem todo personagem conseguirá sair vivo, aparentemente. A editora revelou agora novas informações sobre um par de personagens que aparecerão no jogo: Shuuji Kayama e Lopmon.

Shuuji é um calouro do ensino médio com um talento especial para assumir papéis de liderança. No entanto, seu desejo de ser líder tem menos a ver com suas habilidades naturais e mais com impressionar seu pai estrito. Como resultado, Shuuji assumiu o papel de assistente no campo, a fim de impressionar sua família, mas ele imediatamente se encontra lutando na nova situação em que o grupo se encontra. Enquanto Shuuji é geralmente uma boa pessoa, ele acaba culpando outros por sua situação, quando ele começa a exercer pressão sobre si mesmo.

Lopmon, enquanto isso, é um Digimon jovem, com uma personalidade inocente. Infelizmente, Lopmon é um daqueles que Shuuji atacou, confundindo a inocência da criatura com preguiça. Como resultado, Shuuji rejeita Lopmon, deixando o Digimon se sentindo sozinho. O tempo dirá se os dois personagens podem ou não trabalhar juntos para escapar da situação!

A Bandai Namco também puxou a cortina para um novo recurso do jogo: um dispositivo semelhante a um smartphone. O grupo se vê admirado com o novo ambiente. Como qualquer outro adolescente em situação semelhante, os personagens pegam seus smartphones para tirar fotos e gravar vídeos. No entanto, os telefones no jogo têm um objetivo adicional, pois permitem que o grupo veja coisas que normalmente não seriam visíveis. Parece que os dispositivos serão usados ​​para resolver quebra-cabeças durante o jogo, talvez um jogo dentro do próprio jogo.

Digimon Survive será lançado para PlayStation 4, Nintendo Switch , Xbox One e PC em 2020, mas ainda sem data certa.

Continue Reading

Parceiros Editorias