google stadia

Stadia fecha estúdios internos e mudará rumo dos negócios

Ideia boa com execução ruim?

Noticiado em primeira mão pelo Kotaku, as informações foram confirmadas pela Google em seu blog após a matéria se expandir rapidamente pela internet.

“Em 2021, iremos expandir nossos esforços para ajudar desenvolvedores e publishers a ter vantagem à tecnologia de nossa plataforma e trazer jogos diretamente a seus jogadores” Phil Harrison, executivo do Stadia.

“Acreditamos que esta é o melhor saída para transformar o Stadia em um negócio sustentável e que a longo prazo que ajude a crescer a indústria.” Completou Phil em seu texto.

A Google fechará estúdios da Stadia Games & Entertainment, essa decisão deve afetar aproximadamente 150 desenvolvedores.

“Durante os próximos meses, a maioria da equipe da Stadia Games & Entertainment seguirá para outros papéis. Temos o compromisso de trabalhar com esta equipe talentosa para encontrar novos cargos e dar apoio a eles.” Foi a mensagem de apoio no blog.

A diretora criativa do Google Stadia, Jade Raymond, deixou a companhia. Ela passou por empresas como EA e a Ubisoft, onde participou da criação de Assassin’s Creed.

Fraco desde o lançamento

O Google Stadia foi lançado em Novembro de 2019 prometendo ser um console com uma nova maneira de jogar. Onde bastaria você ter o controle e uma plataforma do Google conectada à internet para ter acesso ao catálogo de jogos via streaming.

O console recebeu elogios pela qualidade técnica da tecnologia e as parcerias de peso que foram formadas, como a Ubisoft, porém o serviço nunca conseguiu ter destaque satisfatório no mercado de games.

Nenhum dos jogos que estavam em desenvolvimento exclusivo para Stadia chegou a ser lançado nesse ano de vida. Jogos famosos como Red Dead Redemption, Destiny 2, Borderlands 3, Assassin’s Creed Odyssey e Doom Eternal chegaram ao console, mas sem o impacto esperado.

Google Stadia não chegou oficialmente a ser lançado no Brasil

Total
1
Shares
Related Posts
Total
1
Share