Connect with us

séries

‘Suits’ os novos personagens podem preencher o vazio de Mike e Rachel?

8º Temporada de Suits estreia este mês.

Avatar

Published

on

O drama que se passa no mundo jurídico tem sido um marco no canal USA Network desde 2011. Mas, o final da 7ª temporada trouxe grandes mudanças para o elenco da série. Mike Ross (Patrick J. Adams) e Rachel Zane (Meghan Markle) finalmente se amarraram e deixaram Nova York para abrir sua própria firma em Seattle.

Na vida real, Adams estava pronto para sair e se concentrar em sua família, enquanto Markle começou um novo capítulo em sua vida na família real britânica como A Duquesa de Sussex. A jornada de Mike foi o foco principal da série quando ele passou de um brilhante (mas fraudulento) associado, para um advogado pleno direito com um coração para os casos de ação coletiva.

Curta a pagina SUITS BRASIL.

Seu relacionamento com Rachel foi um grande atrativo para os fãs, enquanto ela estava com ele durante todos os altos e baixos, incluindo um curto período na prisão. Mas, Rachel era uma força formidável, como a filha de uma advogada que esculpiu seu próprio caminho.

Sua amizade com Donna Paulsen (Sarah Rafferty) rivalizava com o bromance entre Mike e Harvey Specter (Gabriel Macht) e ela trouxe uma força silenciosa para a empresa.

Ex-sócia (e inquestionavelmente a “cola” da firma anteriormente conhecida como Pearson Specter Litt), Jessica Pearson (Gina Torres) deixou oficialmente a empresa e foi para Chicago na 6ª temporada, mas ainda voltou na 7ª temporada para guiar Harvey.

A nova jornada de Jessica no mundo corajoso da política de Chicago será narrada em Second City, uma série de spin-off centrada em torno do personagemSecond City é uma grande jogada para Torres como uma mulher afro-latina liderando sua própria série, uma raridade na indústria.

A espirituosa, inteligente, elegante e poderosa personagem capturou os corações dos fãs e trouxe uma dinâmica interessante para a TV como uma mulher negra em um mundo onde os homens brancos reinam supremos.

A ausência desses três personagens principais é suficiente para fazer a próxima temporada parecer uma nova série. Mas, de acordo com entrevistas do elenco, um novo começo é exatamente o que a série precisa no momento.

A USA Network sentou-se com veteranos do elenco de Suits, Gabriel Macht e Sarah Rafferty, que disseram que a influência de Mike e Rachel em seus personagens ainda será sentida em suas ausências. Rafferty acredita que este grande ponto de virada é um ótimo momento para novos espectadores, mas também para fãs dedicados não se sentirem como se a série que eles amam fosse completamente diferente.

Segundo Macht, as oportunidades para os personagens continuarem a crescer são infinitas e os novos personagens ajudarão a expandir este mundo. Amanda Schull, que interpreta Katrina Bennett, personagem de longa data, diz que é “uma série totalmente nova, com muitos dos mesmos ossos”.

Schull foi promovido a regular junto com Dule Hill, que foi apresentado como o velho amigo advogado de Harvey, Alex Williams, que recentemente se juntou à empresa. O elenco será finalizado com Samantha Wheeler, de Katherine Heigl, uma nova personagem cujo objetivo é agitar as coisas e superar suas contrapartes masculinas.

A substituta de Rachel parece ser Katrina Bennett, o que é uma boa escolha apesar de seu início difícil. Katrina tem vários anos de experiência de associada e existe desde a 2ª temporada.

Ela começou como uma espécie de antagonista, mas seu personagem cresceu e ela compartilha alguns traços de personalidade com Rachel – inteligente, afiada e uma paixão profunda por sua carreira. Ela tem uma ótima química com personagens proeminentes como Louis Litt (Rick Hoffman) e o pai de Rachel, Robert Zane, com quem ela trabalhou por um breve período.

Ela não tem laços românticos com ninguém na empresa (agora conhecido como Spectre Zane Litt… Ou talvez Zane Specter Litt?), Mas eu definitivamente posso vê-la construindo um relacionamento mais próximo com Donna e as duas se unindo para fazer a mágica acontecer.

O substituto de Mike é Alex Williams. Alex é um grande personagem e é sempre uma boa ideia trazer mais diversidade ao elenco, especialmente depois de perder Markle e Torres, ambas mulheres de cor.

E sua relação tensa com Louis Litt na 7ª temporada foi uma comédia de ouro. Assistir Louis ficar furioso com o fato de Alex tomar seu lugar sem querer como o melhor amigo não-oficial de Harvey trouxe alguns momentos risíveis em meio a situações pesadas.

Alex tem a mesma bravata e estilo de Harvey, então é fácil entender por que Harvey o trouxe como sócio sênior. Alex e Harvey sobreviveram a alguns altos e baixos em sua amizade, mas eles podem realmente coexistir como “Batman e Robin” entre Harvey e Mike?

Observar os dois pegarem casos e acertar oponentes com um soco no intestino na 11ª hora foi mágica da TV por tantos anos. Harvey preparou Mike da mesma forma que Jessica o preparou anos antes e agora essa tradição terminou com a saída de Mike.

Alex entrou em cena na 7ª temporada, então os Sukers não tiveram a chance de se relacionar com seu personagem da mesma forma. A oitava temporada será um importante arco para Alex, que continuará assimilando a empresa e construindo relacionamentos com seus colegas.

Pouco se sabe sobre Samantha Wheeler fora de alguns clipes. Ela é uma nova parceira na firma que dá algumas vibrações estilo Jessica Pearson.

Ela rapidamente coloca Harvey em seu lugar e entra na sala com a confiança e o domínio de uma chefe. Sua moralidade é questionável, seu guarda-roupa é impecável, e ela está determinada a fazer um nome para si mesma em um mundo dominado por homens.

Todas essas características podem torná-la uma personagem interessante para se assistir, mas é impossível andar nos saltos de Jessica Louboutin. Jessica pode ter feito algumas negociações obscuras, mas sempre foi ferozmente leal e protetora em relação à sua família de trabalho.

Samantha parece ser menos de um jogador que jogue em equipe, mas isso pode mudar à medida que seu personagem se desenvolve. Claro, Samantha não é uma substituta direta de Jessica Pearson, mas é bom ver outra mulher na empresa.

Mas eu gostaria que Suits tivesse outra mulher de cor no papel. Rachel Zane e Jessica Pearson foram explicitamente escritas como mulheres negras e seus desafios de gênero/raça trouxeram um discurso de boas-vindas ao programa sobre os desafios de ser uma minoria em seu campo.

Agora, não há uma mulher de cor no elenco fora Gretchen, uma mulher negra e secretária de Louis que é severamente subutilizada apesar de ser um personagem cômica mas sábia. Teria sido interessante ter uma mulher de cor chegando à firma e trazer mais representatividade para esta série.

Como um fã de longa data, certamente vou entrar em sintonia com a 8ª temporada do Suits , assim como como a série de spin-off de Jessica. Vai ser um mundo diferente sem Mike e Rachel, mas o carisma de Harvey, as palhaçadas de Louis e pura curiosidade sobre o que acontecerá a seguir são suficientes para manter a maioria dos fãs por pelo menos mais uma temporada atentos a Suits.

 

8º Temporada de Suits estreia este mês.

Advertisement
Comments

séries

Katy Keene, spin-off de Riverdale, tem sua estreia marcada na HBO

Avatar

Published

on

A série dramática KATY KEENE, baseada em personagens da Archie Comics, se soma ao catálogo de produções da HBO Latin America inspiradas em quadrinhos, como as recém-estreadas O MONSTRO DO PÂNTANO, SHAZAM e WATCHMEN, da DC Comics. Esta nova série de 13 episódios de uma hora cada, desenvolvida por Roberto Aguirre-Sacasa (Riverdale) e Michael Grassi, estreia no dia 6 de março, às 21h, na HBO e na HBO GO.

Katy Keene é um spin-off da série Riverdale e narra a vida e os amores de quatro personagens icônicos da Archie Comics – a futura lenda da moda Katy Keene, a cantora e compositora Josie McCoy, o artista Jorge López/Ginger e a “it girl” Pepper Smith – enquanto eles correm atrás dos seus sonhos em Nova York.

Katy (Lucy Hale) cria roupa para qualquer um que pedir, como sua amiga e vizinha Josie (Ashleigh Murray), cujo talento como cantora chama a atenção de Alexander Cabot (Lucien Laviscount), CEO de uma gravadora que busca reerguer o império empresarial do pai. Mas o sonho de Alexander assinar um contrato com Josie encontra resistência da vice-presidente sênior de Cabot Media, Alexandra (Camille Hyde), que além de sócia também é irmã gêmea dele.

Enquanto isso, Jorge (Jonny Beauchamp) – vizinho de Josie e Katie que trabalha na vinícola da família e sonha em chegar à Broadway – espera poder desenvolver com sucesso sua carreira como a drag Ginger depois de várias tentativas frustradas. Já a misteriosa Pepper Smith (Julia Chan) planeja abrir sua própria versão da famosa Factory de Andy Warhol: ela tem as conexões, mas ninguém sabe claramente como conseguiu o dinheiro, nem se realmente conta com os recursos para isso.

.

Já Katy tenta lidar com as pressões do seu trabalho na rede de lojas Lacy e da sua exigente chefe Gloria (Katherine LaNasa), uma famosa personal shopper. Felizmente, Katy conta com o apoio do namorado, KO Kelly (Zane Holtz), cujo sonho é ser lutador profissional de boxe.

Enquanto buscam seus espaços nas passarelas, na gravadora, na Broadway e na vida social de Nova York, estes jovens vão encontrar algo a mais do que uma carreira na cidade das oportunidades: uma amizade para a vida toda.

A série KATY KEENE tem direção de Maggie Kiley e roteiro de Roberto Aguirre-Sacasa e Michael Grassi.

A série é uma produção da Berlanti Productions, em associação com A Archie Comics, a Warner Bros. Television e a CBS Television Studios.

O aguardado spin-off de Riverdale chega na HBO e na HBO GO no dia 6 de março

Continue Reading

#OMG

5 motivos para assistir Gabby Duran: Babá de Aliens, da Disney

Avatar

Published

on

Ser uma babá de crianças alienígenas disfarçadas de humanos é a temática principal da nova série do Disney ChannelGabby Duran: Babá de Aliens. A produção conta com a atriz Kylie Cantrall como a protagonista Gabby Duran, uma jovem que se muda para uma nova escola e encontra seu momento de brilhar ao conseguir um emprego na casa do diretor. O que Gabby não imagina é que essas crianças são seres de outro mundo e que sua missão será proteger suas identidades secretas.

Para conhecer melhor a personagem e se apaixonar pela série, confira alguns motivos para não perder os episódios desta nova produção que passa diariamente, às 18h30, no Disney Channel:

GIRL POWER

As meninas estão com tudo! Gabby Duran é uma garota aventureira, fashionista e divertida. Na vida real, Kylie Cantrall é quem dá a vida à babá e, assim como sua personagem, a atriz também possui similaridades com a protagonista, como a espontaneidade, a afeição por moda e a descendência latina. Kylie ama cantar e dançar e é possível conferir várias músicas da atriz no YouTube.

MÚSICAS QUE GRUDAM NA CABEÇA

A série conta com diversas músicas e videoclipes divertidos para dançar e se divertir. “I Do My Thing” é uma das músicas de destaque, que inclusive é interpretada pela própria Kylie Cantrall na abertura da série.

SERES APAIXONANTES

Será impossível não se apaixonar pelas crianças extraterrestres que Gabby Duran cuidará. Entre elas, o destaque vai para Jeremy, um jovem Gor-Monite disfarçado de sobrinho do diretor Swift. Ele é uma criança esperta, que aparenta ser incontrolável, mas que se torna grande amigo de Gabby. Sua forma alienígena se parece com uma grande bolha azulada.

TEM BRASILEIRO NA ÁREA

Gabby tenta conquistar e chamar a atenção do seu “crush”, Jace – interpretado pelo brasileiro Ricardo Ortiz – que estuda na mesma escola dela.

A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA

Gabby precisará lidar com conflitos internos ao ver sua mãe, Dina Duran, bem-sucedida, e sua irmã, Olivia Duran, mais nova e inteligente, enquanto ela se sente perdida e incerta sobre seu futuro. Entender a importância da família e o papel de cada membro no meio familiar é um assunto que a série aborda expondo que – apesar das diferenças – a família sempre será influente na vida de cada um.

https://www.youtube.com/watch?v=vsgBlpMRY-w&list=PLITcWu36oOU9zhCXOObY8hOSj4RbrtITJ&index=27&t=0s

A nova produção da Disney vai ao ar de segunda a sexta, às 18h30

Continue Reading

Colecionáveis

New York Toy Fair revela produtos Star Wars em primeira mão

Avatar

Published

on

Este ano, a Força é forte com os fãs que querem celebrar seu amor pelo universo de Star Wars™ através dos novos produtos ligados às histórias e personagens foram revelados na New York Toy Fair – feira internacional de brinquedos que acontece até 25 de fevereiro em Nova York.

Com lançamentos inspirados na famosa série do Disney+, The Mandalorian (criada por Jon Favreau e produzida por Dave Filoni, Kathleen Kennedy e Colin Wilson), a maior expectativa da feira é por brinquedos, produtos colecionáveis, livros, artigos de decoração, roupas, jogos e acessórios inspirados no personagem mais novo (e provavelmente mais bonito) da galáxia, The Child, carinhosamente chamado de ‘Baby Yoda’.

Os novos produtos chegarão ao varejo ainda este ano acompanhados de outros itens que serão lançados em breve.

Encontrar maneiras de envolver e surpreender o público com essa nova história de Star Wars tem sido uma tremenda oportunidade”, disse Jon Favreau – criador de The Mandalorian. “E deixar o desenvolvimento dos produtos após a estreia deu a todos a chance de descobrir mais sobre o personagem carinhosamente conhecido pelos fãs como ‘Baby Yoda’. Isso é algo especial na era dos spoilers. Aprecio muito a parceria com as equipes da Lucasfilm e da Disney que estão traduzindo esses personagens em produtos para os fãs gostarem.”

No ano passado, os produtos baseados em The Mandalorian rapidamente se tornaram alguns dos presentes mais procurados e os que eram inspirados em The Child foram intencionalmente retidos para manter a grande revelação do personagem. À medida que novos espectadores descobriam a aclamada série, a demanda por eles continuava a crescer. Tanto é que ‘Baby Yoda’era o resultado principal na pesquisa da palavra “baby” no Google, nos Estados Unidos, e as encomendas de produtos do personagem atingiram o primeiro lugar em e-commerce’s de varejo como Amazon, Walmart.com e Target.com. Além disso, recentemente, a Funko anunciou seu Pop Bobblehead ‘The Child’ que foi a action figure mais vendida em todos os tempos na pré-venda.

Também foram revelados lançamentos inspirados na série animada vencedora do Emmy, Star Wars: The Clone Wars, que também é produzida por Dave Filoni e está voltando para a sétima e última temporada exclusivamente no Disney+. Em comemoração à estreia, a Hasbro revelou um Mandalorian DARKSABER LIGHTSABER, além de produtos adicionais com os personagens favoritos da série como parte de sua nova linha de veículos e figuras de ação Mission Fleet, incluindo ANAKIN SKYWALKER JEDI STARFIGHTER, AHSOKA TANO AQUATIC ATTACK e CAPTAIN REX CLONE COMBAT.

A temporada final de 12 episódios de Star Wars: The Clone Wars estreia no dia 21 de fevereiro no Disney+ com novos episódios sendo transmitidos toda sexta-feira. Os fãs podem esperar mais revelações de produtos inspirados na série ao longo do ano. O aplicativo de streaming da Disney chegará em breve no Brasil.

Outros produtos ligados a momentos marcantes da saga, como o lançamento de Star Wars: Ascenção Skywalker e o 40º aniversário de Star Wars: O Império Contra-Ataca também chegarão às prateleiras em 2020.

De personagens inovadores como o The Child à saga Skywalker, a franquia Star Wars tem a capacidade de se conectar com fãs geração após geração“, disse Ken Potrock, President, CPC, Disney Parks, Experiences and Products. “É uma honra poder oferecer produtos e experiências que permitem que nossos fãs de todo o mundo celebrem seus personagens e histórias favoritos 365 dias por ano.”

Continue Reading

Parceiros Editorias